Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Derac/Itapetininga tem "plano B" para jogar a Segundona em Tatuí

Com quase tudo definido, Derac/Esporte Clube Itapetininga ainda precisa resolver situação do estádio em que jogará


Itapetininga, SP, 25 (AFI) - Assim como outros clubes de região de Sorocaba, que se movimentam para a disputa do Campeonato Paulista da Segunda Divisão de 2017 (Bezinha), o Derac/Esporte Clube Itapetininga também se mexe para sua volta ao futebol. Está tudo praticamente pronto para o time canarinho, que tem elenco fechado, treinador acertado, mas ainda não divulgados.

O clube aguarda apenas a oficialização do Governo do Estado de São Paulo, já prometida através da Secretaria Estadual de Transportes, da passagem do Estádio Engenheiro Péricles D´Avila Mendes, “ninho do Canarinho” para o clube que deve gerenciar o local juntamente com a Prefeitura de Itapetininga.

Enquanto aguarda Governo, Canarinho tem "plano B" para jogar a Segundona em Tatuí

No entanto, se precavendo para qualquer “empecilho” de última hora, a diretoria do clube trabalha com um “plano B”, segundo informou ao FUTEBOL INTERIOR, o presidente canarinho, Adilson Ramos. Segundo ele, neste caso, conversa para jogar em Tatuí, a 40 minutos de Itapetininga, e que tem o belo Estádio do Sindicato dos Metalúrgicos, com capacidade para 5 mil pessoas e que já recebeu jogos da Copa São Paulo de Juniores entre outros torneios da Federação Paulista.

BREVE DEFINIÇÃO “Esperamos para muito breve essa oficialização do Estado, para atuarmos em nosso Estádio, que o clube usou durante praticamente toda a sua vida. “Conversamos com a Federação Paulista na quinta-feira, e estamos aguardando apenas a deliberação, após a entrega dos documentos para a publicação oficial no site deles do nome do clube. São trâmites normais que precisam ser feitos”, explicou Ramos.

Ainda em relação ao local que vai mandar seus jogos, o presidente relatou que algumas equipes, já teriam conseguido a liberação para jogar fora de seus campos provisoriamente, enquanto resolvem questões relativas ao seu campo. “Com essa autorização, estaremos nesta quarta-feira em Tatuí para conhecer o Estádio do Sindicato dos Metalúrgicos, e delinear a possibilidade do Derac jogar lá, se for necessário, até a definição de nosso estádio em Itapetininga”, esclareceu.

“Falei nesta semana com Luis Anselmo, assessor da Secretaria de Transportes e pedimos urgência no nosso caso de nosso estádio, porque precisamos correr contra o tempo. Temos o estádio parado, ocioso e precisamos da liberação dele urgente pelo Estado e foi isso que passamos para o assessor”, disse.

O clube deve participar do pré-arbitral do Campeonato Paulista desta quinta-feira, dia 26 de janeiro, às 15h na sede da Federação: “O pré-arbitral define detalhes do campeonato, dos times que vão participar, para quando a Federação marcar o arbitral definitivo, ter todos esses itens definidos, inclusive o número de participantes”, explicou.

TATUÍ DEVE CEDER ESTÁDIO A reportagem do FUTEBOL INTERIOR conversou com o Sindicato dos Metalúrgicos de Tatuí, através do seu diretor Luis Carlos Machado. A entidade tem como presidente Ronaldo da Mota. Segundo o dirigente, o Estádio de Tatuí tem a aprovação da Federação Paulista de Futebol e várias equipes já utilizaram o local para os certames da entidade como o Desportivo Brasil que jogou a Copa São Paulo, e o Atlético Sorocaba, que disputou o Paulista sub-20.

Segundo Machado, o clube pode sim liberar o seu estádio para o Derac/EC Itapetininga jogar a Série B, desde que não tenha custos. “Caso não tenha nem custo para nós aqui acredito, que não terá problema aí nos sentamos pra conversar com certeza. Vamos mostrar o estádio para o presidente do Derac e conversar com ele”, disse o dirigente.

Quanto, como seria a reação a cidade de Tatuí, a chamada “Terra da Música”, pelo fato de ter um dos mais famosos conservatórios musicais do país, em ter a oportunidade em receber pela primeira vez um time profissional, Machado disse que a cidade apoiaria. “Aqui em Tatuí, o futebol é uma paixão. E temos certeza,quem se o vir jogar aqui ( Derac), o estádio ficará lotado com certeza”, finalizou.

BASE EM FEVEREIRO Quanto à base e o feminino do Derac/EC Itapetininga, Adilson Ramos disse que está tudo sendo montado com detalhes, sendo que os campos já estão definidos e os trabalhos com expectativa de 150 meninos e meninas, deve começar com as peneiras no mês de fevereiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário