Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Bombeiros salvam por telefone recém-nascida engasgada com leite no Jardim Tókio

Caso aconteceu na noite de domingo (23). Avô ligou para o Corpo de Bombeiros e recebeu orientação por telefone.

Do G1 Itapetininga e Região

Regiane, o marido e a pequena Lavínia de 19 dias (Foto: Arquivo Pessoal/Regiane Oliveira)

Uma recém-nascida de 19 dias foi salva na noite deste domingo (23), em Tatuí, após o Corpo de Bombeiros orientar por telefone a família a realizar os procedimentos necessários para a criança desengasgar do leite. Em entrevista ao G1, a mãe Regiane Viviane Machado de Oliveira, de 29 anos, contou que o susto foi acompanhado por toda a família. A pequena Lavínia Aparecida Domingues de Oliveira havia acabado de mamar, quando engasgou com o leite.

“Todos estavam em casa na hora que ela passou mal. Eu, meus pais, marido e minha outra filha, de 4 anos. Era por volta de 22h30. Ela já havia mamado e eu fui à cozinha comer. Ela estava com meu marido no sofá quando começou a ter refluxo. Ele até deitou ela de bruços e deu tapinhas para tentar desafogá-la, mas ela não dava sinal de melhoras. Então, começamos a ficar desesperados e meu pai decidiu ligar para os bombeiros. Foi aí que eles nos ajudaram e conseguimos salvar ela”, afirmou.

Segundo a mãe, apesar de já ter conhecimento de como agir nesses casos, o nervosismo de ver a filha passar mal a atrapalhou. “O bombeiro falou para deixar ela deitada, com a boca aberta e fazer a massagem. Eu sabia que era assim que tinha que fazer, mas não lembrava, de tão nervosa que fiquei. Porém, com a ajuda deles, graças a Deus, conseguimos salvar minha filha. Ficamos muito nervosos, com medo de que ela não voltasse”, relatou.

Ainda de acordo com Regiane, enquanto o atendimento era feito ao telefone, uma equipe foi enviada à casa da família, na Rua Professor Celso de Camargo, no Jardim Tókio. Conforme o Corpo de Bombeiros, a bebê foi socorrida no local e levada para um hospital, onde realizou exames. Ela já está com os pais e passa bem.

Para o soldado Thiago José Leme Lisboa, que foi um dos bombeiros que foram até a residência da família após o atendimento, é sempre gratificante ajudar. "É muito gratificante poder ajudar nestes casos. A sensação é de dever cumprido. Nos deslocamentos em dois minutos para o local e, quando a gente chegou lá, a menina estava fraca, mas já havia desengasgado. A mãe relatou que ela tinha ficado roxa. O nosso atendente pediu para que eles fizessem os procedimentos mais básicos, como colocar a menina de bruços e pressionar as costas até ela expelir o líquido. Deu tudo certo", contou.

Bombeiros foram até a casa da família após atendimento por telefone (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

Nenhum comentário:

Postar um comentário