Boletim de informações COVID-19 n° 275 Tatuí, 28 de outubro de 2020, quarta-feira - 11h00h

3151 CASOS CONFIRMADOS
3035 PACIENTES RECUPERADOS
77 ÓBITOS CONFIRMADOS
39 INFECTADOS EM TRATAMENTO
9,71 INFECTADOS / DIA

Fonte: Prefeitura de Tatuí

domingo, 28 de agosto de 2011

Anunciada revitalização da 11 de Agosto

Rua terá nova pavimentação, rede de fibra ótica para semáforos e passagens elevadas

A partir de setembro, a rua 11 de Agosto começa a ser revitalizada. A via de maior movimento do município ganhará nova pavimentação, rede de fibra ótica para semáforos e passagens elevadas (como são chamadas as lombadas estendidas).

Segundo adiantou à reportagem de O Progresso o secretário municipal dos Assuntos de Segurança Pública e dos Transportes, José Roberto Xavier da Silva, as obras de revitalização devem ter início no mês que vem.

As mudanças compreenderão o trecho da rua 11 de Agosto entre as ruas São Bento (próximo da Etec – Escola Técnica “Salles Gomes”) e 7 de Abril (nas imediações do Mercado Municipal “Nilzo Vanni”). A revitalização incluirá, conforme Xavier, a instalação de um semáforo no cruzamento com a rua do Cruzeiro, na esquina da Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) “Eugênio Santos”.

“Os demais semáforos que funcionam no trecho a ser revitalizado pela municipalidade serão substituídos”, disse o secretário. A ideia é, segundo ele, substituir o sistema antigo por um moderno. A rede de fibra ótica vai tornar a sequência dos semáforos (troca dos sinais vermelho, amarelo e verde) mais segura.

O sistema permitirá, ainda, que a Prefeitura faça uso de outras aplicações. “Estamos na definição do que pode ou não ser feito, mas as discussões estão bastante adiantadas”, comentou Xavier. A instalação e a manutenção da rede ficarão por conta de uma empresa terceirizada – que não teve o nome divulgado.

Além dos semáforos (um deles a ser instalado na rua do Cruzeiro, em ponto a ser determinado), a secretaria municipal anunciou que vai trocar a sinalização de solo da rua 11 em toda a extensão. O projeto inclui, também, a substituição das atuais lombadas por passagens elevadas. A intenção é facilitar a vida do pedestre. O Executivo já fez um experimento, implantando uma passagem elevada na esquina da rua do Cruzeiro com a 7 de Maio.

De acordo com o secretário, os dispositivos serão instalados em outros pontos da cidade. “Já existem alguns locais definidos, os quais foram separados por zonas”, afirmou Xavier. A secretaria pretende implantar o novo modelo de lombada em diversos pontos da avenida Cônego João Clímaco de Camargo (avenida das Mangueiras), da avenida Salles Gomes e da rua 15 de Novembro, onde existem planos de extinguir o estacionamento do lado direito da via. A intenção é facilitar o tráfego de veículos.

Na opinião do secretário, com o lado direito livre, os veículos poderão utilizar uma segunda faixa da via, o que facilitará o fluxo durante os horários de pico (entre as 11h e 12h e 17h e 18h). “Entendemos que essa alteração vai facilitar em muito a vida de quem anda circulando por lá, seja de veículo ou a pé, porque a travessia, atualmente, não é nada fácil”, disse Xavier.

O secretário afirmou que os benefícios devem superar o “descontentamento” de alguns condutores. “Faço a mesma observação quando implantamos o corredor de ônibus na rua 11. Depois de algum tempo, a população entendeu que o dispositivo ajuda e facilita a passagem dos veículos”, comentou.

As novas passagens elevadas serão instaladas no mês em que o município realiza a “Semana de Trânsito”. O evento tem como foco, nesta edição, o respeito ao pedestre. “Nós escolhemos esse tipo de dispositivo (passagem elevada) porque ele é uma lombada e faixa de pedestres ao mesmo tempo. É o que se chama de ‘lombofaixa’”, explicou Xavier.

De acordo com o secretário, a Prefeitura não deverá substituir todas as lombadas do município pelo novo modelo. “Isso é impossível, mas vamos instalar as lombofaixas nos pontos principais, os quais nós consideramos de maior movimento”, afirmou.

Além dos dispositivos, Xavier disse que vai iniciar campanha de orientação junto aos motoristas. A iniciativa contempla a distribuição de um selo. “Vamos priorizar o pedestre, agindo em cima de quem não respeita a faixa de travessia”, comentou o secretário municipal.

O projeto da revitalização inclui, ainda, um avanço das calçadas da rua 11 de Agosto. As obras deverão ser fiscalizadas pelo Demutt (Departamento Municipal de Trânsito e Transportes) e pela Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura. A verba será proveniente do Funset (Fundo Nacional de Segurança e Educação de Trânsito), responsável por gerir parte dos recursos arrecadados com multas. “Nós pleiteamos a verba que deverá ser usada somente para a renovação do asfalto”, disse Xavier.

Segundo ele, os recursos para a implementação das passagens elevadas e da rede de fibra ótica, a ser utilizada pelos semáforos são à parte. “A revitalização está incluída no pacote que a Prefeitura está fazendo junto com a Praça da Matriz”, disse. “Ainda não temos os valores finais”, adicionou.


Do jornal O Progresso de Tatuí, edição 5.546, de 28.08.2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE