PUBLICIDADE

Boletim de informações COVID-19 n° 198 Tatuí, 12 de agosto de 2020, segunda-feira - 11h

1413 CONFIRMADOS
1335 RECUPERADOS
41 ÓBITOS
75 EM TRATAMENTO
24 HOSPITALIZADOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

quarta-feira, 22 de julho de 2020

Integrantes de quadrilha investigada por furto de veículos são presos

Na 'Operação Carrus', da Polícia Civil, quatro pessoas foram presas temporariamente em Tatuí, Porangaba e Ourinhos (SP)

Por G1, com edição do DT

Foto: Polícia Civil/Divulgação

21/07/2020 | Quatro pessoas investigadas por suspeita de fazerem parte de uma quadrilha especializada em furto de veículos foram presas em uma operação deflagrada pela Polícia Civil de Avaré (SP), na manhã desta terça-feira (21).

Segundo a Polícia Civil, durante a “Operação Carrus”, quatro pessoas foram presas temporariamente em Tatuí, Porangaba e Ourinhos (SP). Os agentes também cumpriram mandados de busca domiciliar e apreenderam celulares, peças, documentos e placas de identificação de veículos.

A investigação, que começou em fevereiro, apontou que a associação criminosa é responsável por causar prejuízo a pelo menos 20 vítimas em municípios das regiões de Avaré, Botucatu e Tatuí, ainda de acordo com a polícia.

O responsável pela quadrilha é de Ourinhos. Ele e os comparsas tiveram as prisões decretadas pela Justiça depois que a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Avaré reuniu provas dos crimes. Há suspeita de que o grupo também realizava adulteração de sinais identificadores dos veículos furtados.

A Polícia Civil também informou que os integrantes possuem fichas criminais por delitos contra o patrimônio e dois membros não foram encontrados na ação, mas a polícia busca por eles.

A ação foi coordenada pela DIG de Avaré e contou com apoio de policiais da Dise do município, delegacia de Cerqueira César e Piraju, bem como da DIG de Itapetininga, DIG de Ourinhos e Dise de Botucatu. Ao todo, 36 policiais civis e 12 viaturas participaram da operação.

Três homens presos serão encaminhados para a Unidade de Transição de Piraju; uma mulher será levada para a Penitenciária Feminina de Pirajuí.

Integrantes de quadrilha foram presos durante operação deflagrada pela Polícia Civil de Avaré (SP) — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Investigações

As investigações começaram em fevereiro deste ano, após o furto de uma caminhonete no bairro Vera Cruz, em Avaré. Desde então, a polícia passou a apurar a forma de atuação da quadrilha, coleta de informações, depoimentos, registro de dados, além do trabalho de campo e inteligência.

Segundo a polícia, as investigações apontaram que os criminosos praticavam os furtos de veículos estacionados nas ruas durante a madrugada. O grupo buscava por caminhonetes de marcas e modelos específicos, mas veículos de menor porte e até caminhões também chegaram a ser furtados.

“Esses veículos possuem fácil aceitação no mercado clandestino de revenda de peças automotivas. É um negócio que movimenta grande soma de valores. Nosso objetivo agora é tentar chegar aos receptadores para fechar o ciclo de trabalho”, afirma o delegado da DIG de Avaré, Fabiano Ribeiro Ferreira da Silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE