PUBLICIDADE

Boletim de informações COVID-19 n° 190 Tatuí, 04 de agosto de 2020 - 11h

1222 CONFIRMADOS
1158 RECUPERADOS
38 ÓBITOS
81 SUSPEITOS
14 HOSPITALIZADOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

sábado, 25 de julho de 2020

Conservatório de Tatuí participa do Intensivão #CulturaEmCasa com aula ao vivo na próxima terça-feira

Com o tema “Desvendando a Música do Passado”, a aula online e gratuita será ministrada no dia 28 de julho, às 17h, pelo Prof. Marcus Held, docente de História da Música e Performance Histórica

24/07/2020 | O Conservatório de Tatuí – instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (SEC) do Governo do Estado de São Paulo – participa, na próxima terça-feira, dia 28, do Intensivão #Cultura Em Casa. A aula ao vivo (live) terá como tema “Desvendando a Música do Passado” e será ministrada por Marcus Held, professor de História da Música e Performance Histórica na instituição. A transmissão será às 17h e pode ser acompanhada gratuitamente pelo site www.culturaemcasa.com.br

“O objetivo desta live é refletir sobre diversos conceitos que circundam a música do passado, que reverberam em nosso fazer musical da atualidade. Revisitando ideias da filosofia grega, medieval e moderna, vamos discutir a transversalidade de elos culturais perdidos no transcorrer dos séculos. Perceberemos que, quando revistos, enriquecem a experiência de executar, ouvir e transmitir a música de ontem no hoje”, descreve o professor.

Marcus Held atua no Conservatório de Tatuí como professor da disciplina de História da Música e no curso de Violino Barroco (área de Performance Histórica). É formado em Violino pelo Centro Universitário FIAM-FAAM, com especialização em Música Antiga (Violino Baroco) pela Escola de Música do Estado de São Paulo (EMESP Tom Jobim), Escola Municipal de Música de São Paulo e Escola Superior de Música de Catalunya (ESMUC-Barcelona), Mestre e doutorando em Música (Musicologia) pela Universidade de São Paulo (USP). 

Entre seus mentores, destacam-se Mônica Lucas, Emilio Moreno, Rodolfo Richter, Luis Otavio Santos, Juliano Buosi e Nicolau de Figueiredo. Com experiência internacional na prática e no estudo da Música Antiga, participou de diversos festivais e cursos de curta duração no Brasil e na Europa, como o Festival de Música Colonial Brasileira e Música Antiga de Juiz de Fora (2012-2014), o Encontro Internacional de Música Antiga EMESP (2013-2017), a Oficina de Música Antiga de Curitiba (2014-2018), The Parley of Instruments International Summer School (Universidade de Cambridge, 2013) e La Petite Bande Summer Academy (Itália, 2016). 

Nessas ocasiões, pôde aperfeiçoar-se com os principais nomes da cena da Música Antiga internacional, como Ricardo Kanji, Rebecca Huber, David Wish, Jennifer Morsches, Xavier Diaz-Latorre, Pedro Estevan, Pedro Memelsdorf, François Fernandez, Ryo Terakado, Judy Tarling, Peter Holman, Manfredo Kraemer e Sigiswald Kuijken. 

Com diversos artigos publicados em revistas especializadas, tem interesse voltado à pesquisa e à interpretação com instrumentos de época do repertório dos séculos XVII e XVIII. Academicamente, apresentou trabalhos em congressos e conferências no Brasil (USP, UNESP, UNICAMP, UFRGS) e exterior (Portugal, Itália e Estados Unidos); investiga a formação do Gosto inglês no século XVIII sob influência de Francesco Geminiani. Realizou, pela primeira vez no Brasil e à língua portuguesa, a tradução (acrescida de comentários) da íntegra da obra tratadística do violinista, compositor e autor Francesco Geminiani (1687-1762).

#CulturaEmCasa

O projeto #CulturaEmCasa é uma iniciativa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, criado no primeiro semestre deste ano após a suspensão das atividades de seus equipamentos culturais em decorrência da pandemia de Covid-19. A campanha tem como principal objetivo estimular o distanciamento social por meio da ampliação do acesso e oferta gratuita de conteúdos virtuais produzidos pelas instituições, corpos artísticos e programas culturais mantidos pelo Estado. 

A plataforma (www.culturaemcasa.com.br) disponibiliza materiais diversos, que incluem shows de música, concertos, visitas virtuais a museus, palestras, bate-papos, livros, filmes, espetáculos e aulas. A área “Intensivão” traz aulas e debates todas as terças e quintas, que podem ser acompanhadas ao vivo, às 17h, ou podem ser acessadas posteriormente pelo site. 

O Conservatório de Tatuí contribui ativamente com o projeto, por meio de vídeos publicados regularmente na plataforma e, também, em suas redes sociais. As gravações são feitas por professores da instituição, que apresentam miniaulas, dicas de estudo, interpretação de texto e outras curiosidades sobre o universo da música e das artes cênicas.

SERVIÇO
Intensivão #Cultura em Casa
Tema: “Desvendando a Música do Passado”
Marcus Held, professor responsável
Data: 28 de julho, terça-feira
Horário: 17h00 (live)
Participação gratuita

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE