Nosso Jornal Online

Tatuí, 


sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Rontan planeja crescimento e mais empregos para 2018


A Rontan está retomando suas atividades em Tatuí. Após um período difícil, a partir de 2016, quando entrou em recuperação judicial, a Rontan retomou as atividades em setembro do ano passado e hoje já tem em seus quadros 200 funcionários e algumas linhas de montagem em funcionamento, principalmente de veículos leves e sinalização. Até o fim do ano, a previsão da empresa é contar com mais 300 funcionários, devido às novas linhas de montagens que estão programadas. São esperados mais de 1.500 veículos para transformação.

A empresa tem no pátio, hoje, cerca de 250 ambulâncias do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que estão sendo finalizadas para a entrega ao Ministério da Saúde. Outros serviços também estão acontecendo, para empresas particulares.

“O crescimento da Rontan para Tatuí é muito importante. A empresa tem uma história com a cidade. Além de gerar empregos e renda, que impulsionam o comércio e os demais setores do município e até da região, desenvolvem tecnologia de ponta”, destacou a prefeita Maria José.

Um pouco de história - A Rontan iniciou suas atividades em 11 de agosto de 1970, no bairro do Tatuapé, na cidade de São Paulo, através do pioneirismo e da visão empresarial dos senhores Orlando Bolzan e João Alberto Bolzan, que vislumbrou naquela época excelentes perspectivas de negócio na produção de equipamentos de sinalização acústico/visual para o mercado industrial e automotivo.

Na década de 1970, diante da necessidade de expansão da fábrica, a Rontan adquiriu seu terreno em Tatuí, onde passaram a ser produzidos os equipamentos de sinalização. Em meados de 1989, a Rontan desenvolveu um protótipo de veículo Opala para a Polícia Militar de São Paulo, que constituiu um novo marco em suas atividades: a divisão de Veículos Especiais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário