Nosso Jornal Online

Tatuí, 


quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Após mais de 6 horas, onça é retirada de árvore na metalúrgica Marapé, em Tatuí

Resgate mobilizou equipes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar Ambiental e Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Silvestres de Botucatu. 

Por Paola Patriarca*, G1 Itapetininga e Região, com edição do DT

Corpo de Bombeiros e Polícia Ambiental se mobilizaram para retirar onça de árvore em Tatuí (Foto: Reprodução/TV TEM)

22/08/2018 - Após mais de 6 horas, equipes do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar Ambiental e do Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Silvestres (Cempas) de Botucatu conseguiram retirar a onça parda que estava em cima de uma árvore na área da metalúrgica Marapé, nesta quarta-feira (22), em Tatuí.

O animal foi visto por volta das 6h30 quando a proprietária da empresa, de 80 anos, chegou para trabalhar na fábrica, que fica às margens do quilômetro 111 da rodovia Antonio Romano Schincariol, a SP 127.

Representantes da empresa informaram para a reportagem da TV TEM que acionaram o Corpo de Bombeiros às 7h. Contudo, a corporação informou que a Polícia Ambiental também deveria ser chamada.

Equipes dos bombeiros e da Polícia Ambiental chegaram ao local às 8h20 para capturar o animal. Porém, um veterinário do Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Silvestres (Cempas) de Botucatu também foi chamado para ajudar na captura.

Onça fica em cima de árvore em área de empresa em Tatuí. (Foto: Nohlan Hubertus/TV TEM)
Resgate

Onça-parda em cima de árvore assusta funcionários de metalúrgica em Tatuí

O especialista chegou meio-dia e, após reunião, foi decidido que seria aplicado sedativo, que fez com que a onça caísse da árvore.

"Como tem área urbana, estrada, foi a melhor alternativa para não levar perigo ao animal e para as pessoas. Se ele estivesse em outro lugar mais aberto, no solo, por exemplo, daria para jogar rede de contenção", explicou o capitão do Corpo de Bombeiros Paulo Vinícius dos Reis.

Após cair de árvore, bombeiros colocaram a onça em gaiola (Foto: Gabriel Bonfim/TV TEM)

Após o animal cair da árvore por volta das 13h, as equipes o cobriram e o colocaram em uma gaiola para que fosse levado até o Cempas.

Ninguém ficou ferido e a aparição da onça não atrapalhou o funcionamento da metalúrgica.

Onça será levada para o Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Silvestres (Cempas) de Botucatu (Foto: Gabriel Bonfim/TV TEM)

*Com informações de Nohlan Humbertus e Gabriel Bonfim, TV TEM

Nenhum comentário:

Postar um comentário