Nosso Jornal Online

Tatuí, 


sexta-feira, 2 de março de 2018

Adolescente apreendido por esfaquear colega em sala de aula foi ouvido nesta sexta-feira

Caso foi registrado como ato infracional de tentativa de homicídio, diz polícia. 

Por G1 Itapetininga, editado pelo DT

Aluno é esfaqueado dentro da sala de aula durante briga em escola

02/03/2018 - O estudante de 12 anos, que foi apreendido por esfaquear o colega de sala dentro da escola estadual Lienette Avalone Ribeiro, em Tatuí, passou por audiência nesta sexta-feira (2), segundo a Polícia Civil. O caso foi registrado como ato infracional de tentativa de homicídio.

A agressão ocorreu nesta quinta-feira (1º). A professora contou, durante depoimento à polícia, que a vítima de 13 anos tinha acabado de entrar na sala, quando foi esfaqueada pelo colega que tirou a faca da bolsa. O menor foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado ao pronto-socorro. O estado de saúde é estável e ele passa bem.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, a vítima, os pais do adolescente que esfaqueou o colega e a professora foram ouvidos na delegacia. Um boletim de ocorrência foi registrado e o delegado constatou que o adolescente premeditou o crime, já que saiu de casa com a faca. O Conselho Tutelar foi acionado e está acompanhando o caso.

Meninos estavam dentro da sala de aula na escola Lienette Avalone Ribeiro, em Tatuí, quando se envolveram em uma discussão (Foto: Jaime Rafael/TV TEM)

Motivação - A escola atende quase mil alunos do Ensino Fundamental II e Médio, entre 11 e 17 anos. Segundo a vice-diretora Vera Lúcia Furtado de Oliveira, ainda não se sabe os motivos da briga. Ela ressalta que desconhece qualquer discussão entre os dois e que este foi um caso isolado.

Além disso, a vice-diretora também descarta a possibilidade de bullying já que nenhuma reclamação foi registrada pelos alunos ou pelos pais. "Todas as providências já foram tomadas e um trabalho psicológico será feito com os alunos nos próximos dias", diz.

Os pais do aluno que desferiu o golpe serão convocados para reunião para definirem quais medidas pedagógicas serão adotadas.

Menino de 12 anos passou por audiência nesta sexta-feira, em Tatuí (Foto: Reprodução/TV TEM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário