Nosso Jornal Online

Tatuí, 


segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Falta de pediatra em pronto-socorro preocupa moradores em Tatuí

Pronto-Socorro fica sem pediatra em Tatuí
(Foto: Reprodução / TV TEM)
Médico foi demitido no fim de setembro.
Segundo a prefeitura, atendimento pode ser feito nos postos de saúde.

O pronto-socorro de Tatuí está sem pediatra desde o dia 30 de setembro. O único especialista que atendia no local foi demitido. Com isso, a unidade deixou de fazer o atendimento especializado, o que tem preocupado os moradores.

A dona de casa Andreia Dantas diz que a primeira coisa que faz quando o filho fica doente é leva-lo à emergência. “Eu fico preocupada porque ele tem que ser atendido por um pediatra, não por qualquer médico”, afirma.

Fátima Rodrigues também leva os netos ao pronto-socorro e da última vez foi atendida por um clínico geral. “Eles mandam ir ao posto de saúde, só que no posto a consulta demora para ser agendada. Se a criança está ardendo de febre, não podemos ficar esperando”, diz Fátima.

Carlos Eduardo, administrador da unidade, explica o motivo da dispensa do pediatra. “As atividades dele foram realocadas de pronto-socorro para atenção básica, que é a origem dos atendimentos que ele fazia aqui”, afirma.

Apesar das reclamações de moradores, a unidade deve continuar sem atendimento em pediatria. Sandra Santos, secretária de Saúde interina de Tatuí, afirma que as crianças podem ser atendidas nos postos de saúde e que há agenda disponível para o dia 26 deste mês. “Além dos postos, todas nossas Unidades Básicas de Saúde (UBS) tem pediatras”, diz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário