Boletim de informações COVID-19 n° 244 Tatuí, 27 de setembro de 2020, domingo - 11h

2691 CONFIRMADOS
2552 RECUPERADOS
65 ÓBITOS
74 POSITIVOS EM TRATAMENTO
24,42 INFECTADOS/DIA

Fonte: Prefeitura de Tatuí

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Programa Fique em Dia com a sua Casa atende 200 pessoas em Tatuí

Mutuários da CDHU puderam renegociar dívidas sem a cobrança de juros

A Prefeitura de Tatuí e a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) trouxeram à cidade o Programa Fique em Dia com a sua Casa. O atendimento aos mutuários aconteceu no próprio Paço Municipal, durante o último sábado, 23, no período das 9h às 15h.

Para o plantão para renegociação de dívidas foram convocados 501 beneficiários das moradias populares da CDHU, incluindo conjuntos de três cidades da região, Capela do Alto, Guareí e Iperó. A ação tem como meta regularizar a situação financeira e contratual, sempre levando em conta o orçamento de cada família. Outro benefício além da regularização, junto à Companhia, é a inexistência de juros.

Cerca de 200 pessoas, 39,9% dos convocados, compareceram à Prefeitura para renegociar parcelas em atraso.
O prefeito José Manoel Correa Coelho, Manu, lembrou que o programa é uma importante ferramenta para os moradores da CDHU, que encontram facilidades e isenção de juros. “São condições facilitadas para que os mutuários tenham a oportunidade de renegociar seus débitos. Aqueles que efetuaram algum acordo com a CDHU no passado e encontraram dificuldades em cumpri-lo também tiveram a oportunidade para renegociar toda a dívida”, comentou.

Secretário da Habitação - Manu lembrou que ações como esta foram acordadas com o secretário de Estado da Habitação, Silvio Torres, em audiência realizada em janeiro, que teve agenda e acompanhamento do também secretário de Saneamento e Recursos Hídricos, deputado estadual Edson Giriboni. “Também ficou acordada uma ação de levantamento das casas não ocupadas e invadidas do próprio Conjunto Habitacional Mário dos Santos - Tatuí E, que serão repassadas aos suplentes do sorteio da CDHU. Outro trabalho articulado será pela priorização do Projeto Cidade Legal, que prevê a regularização fundiária e de matrículas especialmente em bairros como o Jardim Gonzaga e Vila Angélica”, finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE