Nosso Jornal Online

Tatuí, 


sábado, 14 de julho de 2018

Tatuí domina bateria da MX1 na 4ª etapa do Paulista de Motocross



Tatuianos ocuparam os 3 primeiros lugares na MX1 com Daniel Caputo, João Vitor Cardeli e Luiz Saron

Paulista de Motocross MX1 MX2 São Miguel Arcanjo - SP - 4ª etapa
Prova foi realizada durante 11ª Festa do Vinho de São Miguel Arcanjo
Redação MotoX.com.br - Texto e fotos: Luiz C. Garcia - com edição do DT

Largada MX4

13/07/2018 - Após uma pausa, o Campeonato Paulista de Motocross MX1 MX2 voltou com muitas disputas neste fim de semana, dias 7 e 8, na mesma cidade que recebeu a abertura da temporada 2018 no mês de fevereiro: São Miguel Arcanjo. Desta vez sede da quarta etapa do campeonato, o município promoveu a competição junto com a 11ª edição da sua tradicional Festa do Vinho, o que contribuiu ainda para atrair um bom público. O evento contou com corridas equilibradas e uma boa diversidade de pilotos vencendo as baterias.

Na primeira bateria do dia, da MX4, a pista se apresentou um pouco escorregadia e justamente algumas escorregadas dos competidores definiram as primeiras posições. Ériko Gonçalves foi o primeiro a patinar deixando a liderança da prova. Nesse sentido, o comando da bateria foi se desenhando a favor de Rodrigo Guedes, que saiu do meio do pelotão para o primeiro lugar. Ériko depois precisou ficar atento a outro rival, mas mesmo tendo em seu encalço Hermínio Oliveira, o Maninho, ainda ficou com o segundo posto. Luciano Panhozzi foi outro que começou muito bem, mas um grande deslize ainda nas primeiras voltas o forçou a uma prova de recuperação concluída na quarta colocação. Edson "Tatu" Costa fechou o pódio em quinto. 
 
A bateria da MXN teve muita briga pelo primeiro lugar. Pedro "Paraná" liderou a disputa em boa parte da prova tendo sempre por perto Gabriel dos Santos que assumiu a segunda posição após ultrapassar Marcelo "Buri", que por sua vez ficou um pouco trás. Na metade da prova, Gabriel conseguiu assumir a ponta e mesmo pressionado manteve a posição. Ao tentar recuperar a ponta, Paraná cometeu um erro e foi ao chão deixando o caminho mais tranquilo para Gabriel. Aproveitando a situação, Buri pulou para a segunda posição. Dinho Batista manteve um bom ritmo e, em uma corrida segura, ficou com o terceiro lugar. Antônio Oliveira fechou a prova em um ótimo quarto lugar seguido de Evandro Araújo.

Algumas coincidências marcaram a bateria da MX1. A primeira foi que os três primeiros colocados representavam a mesma cidade: Tatuí. A segunda foi o numeral "9" no number plate dos três. Quem largou de ponta foi Daniel Caputo (19) que começou com um ritmo impressionante. Luiz Saron (99), mesmo afastado das pistas por um tempo, conseguiu pular no segundo posto seguido por João Vitor Cardeli (149) em terceiro. Com um ritmo de prova melhor, Cardeli assumiu ultrapassou Saron que, sentindo a falta de ritmo, foi ficando para trás e no final ainda sofreu pressão de Rodrigo Guedes. Na ponta, Daniel Caputo, graças ao bom desempenho no começo da prova, administrou a diferença em relação a Cardeli. Rodrigo Guimarães ficou com o quinto lugar.

A bateria da MX2 começou com uma confusão logo após da largada. Com tudo resolvido, quem dominou a bateria foi Pedro Tavernaro que não permitiu que Stanley Feltrin se aproximasse. A terceira posição foi decidida na última volta com Hermínio "Maninho" Oliveira superando Felipe Paiva. Divanei Silva andou tranquilo no quinto posto.

Daniel Caputo

A nova geração andou forte na bateria que reuniu pilotos com motos 65cc e 50cc. Francisco de Paula foi o vencedor das duas categorias. Pela 65cc o segundo colocado foi Leonardo Lima e Diego Silva o terceiro. Tetezinho ficou em quarto. Na 50cc. a segunda posição ficou com Felipe "Burizinho" Moraes, com Tetezinho em terceiro e Matheus Godoy em quarto.

Após a manutenção da pista foi a vez dos mais experientes disputarem a bateria que contou com pilotos da MX5 e MX6. Luciano Panhozzi dominou a corrida e venceu a MX5. Reinaldo Piu Pinheiro andou forte e terminou em segundo mesmo tendo Hermínio "Maninho" Oliveira por perto na terceira colocação. O multicampeão Álvaro Cândido "Paraguaio" obteve a quarta colocação e Aristeu Gonçalves fechou o pódio. Na MX6, Júlio Maimone teve dificuldades durante a prova, mas mesmo assim conseguiu vencer ficando à frente de Marcos Loureiro. João Cardeli fechou na terceira posição aproveitando a pane seca de Luiz Moura na última volta.

Luiz Saron largou bem e assumiu a ponta da MX3, porém, não demorou muito para João Vitor Cardeli assumir a frente. Com os dois primeiros definidos, a atenção se voltou para a forte disputa entre Rodrigo Guimarães e Rodrigo Guedes, valendo a terceira colocação. Guimarães sofreu forte pressão, mas levou vantagem e segurou Guedes, terminando com um honroso terceiro lugar. Na parte final da prova, Felipe Paiva conseguiu se firmar na quinta colocação.

A bateria da categoria Intermediária foi marcada pela intensa disputa pelas primeiras posições. Após começar na liderança da bateria, Leandro Barros sofreu uma queda e teve que fazer uma corrida de recuperação que culminou com a terceira posição. Andando forte, Caio Araújo saiu do meio do pelotão para assumir a ponta na metade final da prova. Rodrigo Araújo tentou acompanhar o líder, mas precisou se contentar com o segundo lugar. Luan Santana também andou forte para ficar em quarto e Miguel Carvalho, que figurou entre os primeiros colocados desde o começo da prova, completou em quinto.

Na principal bateria para motos nacionais, a MXN Gold, Pedro "Paraná" Sampaio não demorou muito para sair da quarta colocação assumindo a frente do pelotão definitivamente. Gabriel dos Santos andou muito bem e segurou a segunda posição até a última volta quando foi surpreendido por Marcelo "Buri" Moraes. Evandro "Dinho" Batista foi mais um piloto que andou muito bem terminando como quarto colocado. Darci Orogato chegou a andar na frente no começo, mas sentiu o forte ritmo e terminou na quinta colocação.

Os pilotos iniciantes puxaram bastante o ritmo na categoria MXN2. Dayan e Matheus Góes começaram disputando a liderança e foram surpreendidos por Fábio Barros que assumiu a ponta na metade da prova e venceu. Dayan manteve Matheus atrás e ficou com o segundo posto. Após uma corrida de recuperação, José Oliveira obteve o quarto lugar trazendo Paulo Oliveira bem próximo na quinta colocação.

A MX Gold, principal categoria para motos importadas, começou com Daniel Caputo andando forte na frente seguido de perto por João Vitor Cardeli. Aproveitando um erro do ponteiro, Cardeli assumiu o comando e não deixou que Caputo tentasse um contra-ataque conquistando uma vitória convincente. A terceira colocação foi muito disputada em boa parte da prova: no fim Pedro Tavernaro perdeu o posto para Rodrigo Guimarães e Eriko Gonçalves ficou com o quinto lugar.

O Campeonato Paulista de Motocross MX1 MX2 terá sua próxima etapa nos dias 4 e 5 de agosto, na cidade de Tatuí. A organização da competição é do Vitória Moto Clube e a supervisão da FMESP (Federação de Motociclismo do Estado de São Paulo). A temporada 2018 conta com apoio de Matoba - compra e venda de motos off-road em Sorocaba e região (15) 3261-6501; Farmácia Avallone 3 - especialista em suplementos (15) 99714-2676, Uvas Segato, Açaí da Dri e Moura Motos - compra e venda de motos para Piraju e região (14) 99615 1515.

João Vitor Cardeli


Resultados

Pos Nº MX4
1 152 Rodrigo Guedes
2 2 Eriko Gonçalves
3 747 Hermínio "Maninho" Oliveira
4 251 Luciano Panhozzi
5 515 Edson "Tatu" Costa
6 15 Luiz Moura
7 13 Leandro "Nandão"
8 3 Alvaro Candido Filho
9 234 Aristeu "Chaveirinho" Gonçalves
10 90 Erineu Manoel

Pos Nº MXN
1 26 Gabriel dos Santos
2 37 Marcelo "Buri" Moraes
3 891 Evandro "Dinho" Batista
4 18 Marcos Medeiros
5 787 Antonio Carlos Oliveira
6 179 Evandro Araújo
7 3 Pedro "Parana" Sampaio
8 1603 José H. de Oliveira
9 911 Laudelino Filho
10 118 Elfren Gois Junior

Pos Nº MX1
1 19 Daniel Caputo
2 149 João Vitor Cardeli
3 99 Luiz Saron
4 152 Rodrigo Guedes
5 31 Rodrigo Guimarães
6 89 Reginaldo "Regis"
7 64 Fabricio Nalesco
8 53 Edvaldo Dial
9 251 Luciano Panhozzi
10 38 Neto Ortega

Pos Nº MX2
1 521 Pedro Tavernaro
2 33 Stanley Feltrin
3 747 Hermínio "Maninho" Oliveira
4 227 Felipe Paiva
5 91 Divanei Silva
6 159 Frederico Oliveira
7 2 Ériko Gonçalves
8 38 Neto Ortega

Pos Nº 50cc/ 65cc
1 6 Francisco Paula
2 5 Leonardo Lima
3 91 Diego Silva
4 337 Felipe "Burizinho" Moraes
5 84 Tetezinho
6 2 Matheus Godoy

Pos Nº MX5
1 251 Luciano Panhozzi
2 121 Reinaldo "Piu" Pinheiro
3 747 Hermínio "Maninho" Oliveira
4 3 Alvaro Candido Filho
5 234 Aristeu "Chaveirinho" Gonçalves
6 90 Erineu Manoel

Pos Nº MX6
1 53 Júlio Maimone
2 118 Marcos Loureiro
3 27 João Cardeli
4 15 Luiz Moura

Pos Nº MX3
1 149 João Vitor Cardeli
2 99 Luiz Saron
3 31 Rodrigo Guimarães
4 152 Rodrigo Guedes
5 227 Felipe Paiva
6 89 Reginaldo "Regis"
7 91 Divanei Silva
8 515 Edson "Tatu" Costa
9 38 Neto Ortega
10 44 Rodrigo Segato

Pos Nº Intermediária
1 78 Caio H. Bernardo
2 194 Rodrigo Araújo
3 27 Leonardo Barras
4 71 Luan Santana
5 89 Miguel Carvalho
6 26 Newton Furquim
7 9 Erineu Manoel
8 288 Lucas Demario
9 114 Silvio Luiz
10 90 Vitor Queiroz

Pos Nº MXN Gold
1 3 Pedro "Paraná" Sampaio
2 37 Marcelo "Buri" Moraes
3 26 Gabriel dos Santos
4 891 Evandro "Dinho" Batista
5 477 Darci Orogato
6 18 Marcos Medeiros
7 611 Frederico Oliveira
8 787 Antonio Oliveira
9 264 Marcelo Antonio
10 1603 João H Oliveira

Pos Nº MXN2
1 75 Fábio Barros
2 2 Dayan
3 70 Matheus Goes
4 91 José Oliveira
5 786 Paulo R. Oliveira
6 177 Luiz Almeida
7 414 Juliano Oliveira
8 14 Silvio Luz
9 94 Matheus Vieira
10 179 Maria Eduarda

Pos Nº MX Gold
1 149 João Vitor Cardeli
2 19 Daniel Caputo
3 31 Rodrigo Guimarães
4 521 Pedro Tavernaro
5 2 Eriko Gonçalves
6 89 Reginaldo "Regis"
7 64 Fabricio Nalesco
8 91 Divanei Silva
9 44 Rodrigo Segato
10 38 Neto Ortega

Nenhum comentário:

Postar um comentário