Nosso Jornal Online

Tatuí, 


domingo, 22 de julho de 2018

Moradores do jardim Gramado relatam sensação de insegurança com assaltos frequentes

Roubos aumentaram 12% em relação ao ano de 2017, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP). Polícia Militar diz que faz patrulhamento diário pelo bairro

Por G1 Itapetininga e Região, com edição do DT

Moradores reclamam da insegurança no Jardim Gramado

22/07/2018 - Moradores de Jardim Gramado, em Tatuí, afirmam que estão se sentindo inseguros com os casos de furtos e roubos frequentes pelo bairro desde o início do ano. De acordo com eles, a maioria já teve a casa invadida pelos criminosos.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), os casos de roubo aumentaram nos cinco primeiros meses deste ano em comparação ao ano passado. Passaram de 390 para 538, o que representa um aumento de 12%.

Em uma das residências do bairro é possível ver o buraco feito pelos criminosos na porta da cozinha. De acordo com a vítima, eles entraram, reviraram os cômodos e arrombaram outras três portas da casa.

“Eles levaram furadeira, facão, levaram bujão. A gente vive assustado e com medo porque só espera coisa ruim. A gente quer viver bem, mas não pode”, diz o morador.

Roubos frequentes ocorrem no Jardim Gramado em Tatuí (Foto: Reprodução/TV TEM)

Outra moradora do bairro afirma que passou por uma situação parecida e por pouco os suspeitos não invadiram a casa em frente da dela. “Os cachorros estavam latindo muito 1h30 da manhã. Eu fui verificar e vi dois homens arrombando a casa de frente. Fiquei com muito medo e gritei, e então eles correram. Quando a polícia chegou, eles já tinham ido embora”, afirma.

Lucineide Da Silva Soares afirma que mora no bairro há dois anos e diz que tem medo de sair de casa devido aos inúmeros assaltos. “Ou sai eu ou sai o meu esposo. Não dá pra sair os dois juntos porque vem alguém e faz a limpa na casa. Tira tudo da gente”, diz.

Além da falta de segurança, não há iluminação pública nas ruas, apenas na rua principal. Os postes de distribuição de energia estão sem instalação. O técnico Eduardo Luciano Silva afirma que é difícil enxergar durante à noite. “É totalmente escuro aqui. É como se você estivesse dentro de um quarto com as luzes apagadas. você não enxerga nada", afirma.

Sebastião Nalin, assistente de RH, afirma que foi um dos primeiros moradores do bairro. Ele já teve sua casa furtada e, segundo ele, a polícia não aparece com frequência. Ele afirma que se houvesse rondas diárias o medo não estaria tomando conta dos moradores. “Você amedronta os bandidos, principalmente aqueles que querem roubar nossa casa. Essa rotina que os policiais deveriam manter seria bem-vinda aqui na região, porque somos carentes, nessa parte deixa a desejar pra gente”, diz.

Não há iluminação pública nas ruas do Jardim Gramado em Tatuí, reclamam moradores (Foto: Reprodução/TV TEM)

Em relação às rondas da Polícia Militar, a assessoria disse que a PM faz rondas diárias no bairro. E afirma que semana passada foram detidos sete suspeitos com vários produtos furtados no bairro.

A polícia reforça que a qualquer atitude suspeita, os moradores devem ligar imediatamente para o número 190 ou para o disque-denúncia. O número é o 181.

Sobre a falta de iluminação, a prefeitura de Tatuí afirmou que pediu à Elektro para que faça melhorias na instalação nas ruas do bairro. Em nota, a Elektro informou que os pedidos enviados pela prefeitura dizem respeito às solicitações de manutenção de iluminação pública em ruas do jardim Gramado e afirma que todas já foram atendidas. Informou ainda que não existe previsão para a instalação de novos postes de iluminação.

Um projeto de lei da prefeitura aprovado na Câmara dos Vereadores em maio permite que sejam realizadas parcerias público-privadas para a instalação de iluminação e asfalto no bairro.

Em julho, uma licitação foi feita, mas nenhuma empresa compareceu. Por isso, uma novo processo licitatório deve acontecer no dia oito do mês que vem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário