Nosso Jornal Online

Tatuí, 


terça-feira, 17 de julho de 2018

Falta de vacina contra a meningite afeta Tatuí e região



Segundo o Ministério da Saúde, a distribuição está sendo feita de forma reduzida, pois o laboratório atrasou a entrega.

UBS Aniz Boneder - o Postão

Por G1 Itapetininga e Região com edição do DT

Tatuí e cidades da região registram falta da vacina contra a meningite. Segundo o Ministério da Saúde, a vacina meningocócica C, que é a vacina contra meningite, está sendo distribuída aos estados de forma reduzida, pois houve atraso na entrega pelo laboratório da Fundação Ezequiel Dias (FUNED).

Segundo o órgão, normalmente são recebidas em torno de 800 doses por mês. Com essa redução, foram recebidas 300 doses em junho e neste mês ainda não foram recebidas novas doses. A previsão é que a situação seja normalizada em agosto em todo o país.

Entre as cidades que registram falta estão Tatuí, Tietê, Itapetininga, Boituva, Avaré e Itapeva. A dona de casa, Suelen Cristina Vioto de Oliveira, mora em Tatuí e afirma que não conseguiu vacinar sua filha.

“Eles me disseram que eu não ia achar em nenhum posto de saúde e que o problema é do Governo, mas eu não tenho condições de pagar porque uma vacina é 500 reais ”, diz.

Suellen Miranda de Almeida afirma que conseguiu dar a vacina em seu filho, porém com 15 dias de atraso.

“Atrasou 15 dias a vacina. Eu fui e a vacina estava em falta. Daí com 15 dias de atraso eu consegui dar a vacina nele. Porém é um absurdo as pessoas terem que pagar R$ 500 em uma vacina que é direito da criança”, afirma.

Vacina contra meningite está em falta na região de Itapetininga (SP) (Foto: Reprodução/TV TEM)

A reportagem da TV TEM entrou em contato com as prefeituras da região. O município de Tietê não tem mais estoque da vacina. A prefeitura afirmou que o problema é nacional.

Tietê também não conta mais com estoque e as crianças não estão sendo vacinadas por lá. Em Itapetininga, aproximadamente 97% das crianças estão vacinadas e a orientação é de que a mãe passe os dados da criança para quando a vacina chegar ela ser chamada.

Importância

O pediatra Jorge Sidnei Rodrigues da Costa afirma que a meningite C é muito perigosa para as crianças, e indica o que deve ser feito para que a criança não seja afetada.

“Meningite C é uma doença de crianças pequenas, de menores de 2 anos de idade. Então, quanto mais precoce se fazer a vacina mais protegida a criança está. Por isso começa com 3 meses de idade. A higienização das vias nasais com soro fisiológico é muito importante. Antes de vacinar, o correto é não viajar ou ir a lugares públicos onde pode haver outras crianças propagando o vírus”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário