Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Teatro do CEU das Artes receberá espetáculo sobre fé e ciência nesta sexta

Grupo tatuiano ArteemQ apresenta espetáculo com entrada franca.

O teatro do Centro de Artes e Esportes Unificados de Tatuí, o CEU das Artes, receberá um espetáculo sobre fé e ciência. A apresentação da peça do grupo ArteemQ, “A Pedra do Gênesis: por onde e com quem andas, Jesus?”, será nesta sexta-feira (17/11), às 19h30. 

O monólogo e palestra performática pretendem trazer mais uma vez a clássica e óbvia mensagem de Jesus Cristo (em pessoa) sobre amor e paz na Terra. Com base científica, e no livre arbítrio da ficção, a ação levanta questões sobre o existencialismo, sobre as prioridades que damos as coisas na vida e a importância das lutas sociais no mundo. Jesus, o personagem principal do espetáculo, é também o ator que acredita ser o próprio Jesus em pessoa. A discussão gira em torno da dificuldade do personagem de conseguir encontrar qual assunto é realmente relevante para ser mártir mais uma vez e morrer na cruz de novo. O espetáculo traz também a ideia de como podemos levar a espiritualidade a sério sem deixar de lado as respostas que a ciência conseguiu, e continua conseguindo, explicar: o poder da fé com a ciência.

Com autoria e interpretação de Gabriel Tonin, o espetáculo é inspirado na real mensagem do próprio Cristo, misturado com músicas de Raul Seixas e Chiquititas, Chico Xavier, Clark Kent, Harry Potter e Carl Sagan. O espetáculo tem como técnico de Som e Luz, Miguel Andrade.

O CEU das Artes está situado na Rua Ana Rosa Monteiro, nº 475, Vila Santa Helena. Mais informações pelo telefone: (15) 3259-5340.

Arteemq - O grupo ArteemQ surgiu em 2011 na cidade de Tatuí com o curta metragem “O Diabo de Macário”, inspirado na obra “Macário”, de Álvares de Azevedo, para fins acadêmicos. Durante o início, sem muito compromisso, produziu outros dois curtas: “Matheusa e Matheus”, inspirado na obra de Qorpo Santo, e “Morra, Beatriz!”, inspirado na obra “A Morta”, de Oswald de Andrade. A primeira experiência teatral foi com a intervenção/cena “La vie Boheme”, recorte do famoso musical da Broadway, “Rent”, apresentado como performance em um bar no fim de 2011. 




Em 2012 fez pequenas temporadas no palco italiano, com “Johny e Duda” e “Devo Engolir Senhorita Heart”, de Gabriel Tonin, “Benzedrino e Magnólio e a Sopa de Pedra”, adaptado do texto de Tatiana Belinsky e um quase monólogo experimental chamado “O Metamorfético”. Ainda em 2012, coproduziu um projeto educacional em um sítio recreativo com o espetáculo itinerante "Trilha Folclórica - Em Busca do Caçador Porco" e também um "espetáculo-teste" chamado "O Maníaco do Gato e a Mentira do Diabo". Ganhou uma Menção Especial para a Linguagem Dramatúrgica pelos textos O Metamorféticos e Deva Engolir Senhorita Heart? no XXV FETESP, em 2012. 

No ano de 2013 produziu em parceria com o Centro Cultural Alfredo Jacob, de Tietê, o curta-metragem "Aquário - A Grande Verdade", com texto e direção de Gabriel Tonin, contando com um elenco de mais de 30 atores. Seus últimos trabalhos foram os curtas "Gente de Bem", em parceria com a Cia Palavra de Arte, e o espetáculo "O Fantasma do Peixe", que teve estreia dia 13 de agosto de 2016. 

Estrearam no dia 8 e 9 de agosto de 2017 as duas primeiras partes da trilogia “Natura in Love”, de criação e concepção da artista Jenyffer Lisboa, co-criação de Iuri Proença, e textos de Gabriel Tonin.

Nenhum comentário:

Postar um comentário