Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Provas de Canto e MPB/Jazz do Conservatório de Tatuí serão abertas ao público

Alunos de diferentes níveis de aperfeiçoamento apresentam-se entre os dias 16 e 20 de outubro no Salão Villa-Lobos com entrada gratuita



A música popular brasileira terá destaque nesta semana na programação cultural da cidade. Começam nesta segunda-feira, dia 16, as Provas Abertas de Canto e MPB/Jazz do Conservatório de Tatuí. Alunos de diferentes cursos e níveis de aperfeiçoamento se apresentarão para uma banca examinadora e todas as avaliações serão abertas ao público. As audições seguem até sexta-feira, das 08h20 às 12h00, no Salão Villa-Lobos, com entrada gratuita.

A Área de MPB/Jazz do Conservatório de Tatuí foi fundada em 1989 pelo professor Paulo Braga e é um dos setores mais concorridos da instituição. Em 1990, primeiro ano letivo do segmento, o corpo docente tinha Paulo Braga (piano e prática de conjunto), Paulo Flores (prática de conjunto, piano complementar e música eletrônica), Paulo Hildebrand (guitarra), Mário Campos (baixo elétrico), Ricardo Lobo (harmonia e arranjo), Rui Carvalho (bateria e rítmica) e Hudson Nogueira (saxofone).

Na época, os cursos de MPB/Jazz seguiam o modelo da “Berkeley School”. Por volta de 1994, os professores sentiram a necessidade de construir uma grade curricular mais voltada para a música popular brasileira e o novo conceito tornou-se o diferencial da Área de MPB/Jazz do Conservatório de Tatuí. As pesquisas também levaram ao desenvolvimento de um Departamento de Choro, que passou a funcionar como área independente em 2009, tamanha sua repercussão e procura.

Atualmente, a Área de MPB/Jazz é coordenada pela professora Érica Masson e tem corpo docente altamente qualificado. Os cursos têm como foco principal a improvisação e estimulam o aluno a desenvolver a sua capacidade técnica e perceptiva no instrumento de sua escolha, tornando-o apto a enfrentar o mercado de trabalho.

Durante todo o curso são abordadas as características de diversos estilos musicais, com ênfase nos ritmos brasileiros. O estudante é estimulado a participar de grupos com diferentes formações, como duos, trios, quartetos, combos e big bands. Desta forma, ele pode colocar em prática todo o material fornecido pelos professores nas aulas teóricas e de instrumento. Além dos grupos formados nas aulas de Prática de Conjunto, o curso ainda agrega a Big Band Jovem do Conservatório de Tatuí.

A área de MPB/Jazz do Conservatório de Tatuí compreende os seguintes cursos: bateria, baixo acústico, baixo elétrico, canto, clarinete, flauta transversal, guitarra, piano, saxofone, trompete, trombone, percussão e violão. Todos os alunos matriculados também participam das aulas de teoria e percepção, harmonia popular, história da música popular e arranjo. Também são disciplinas eletivas: maracatu, ritmos brasileiros, piano ou violão complementar, percussão complementar e prática de big band, além das atividades de Prática de Conjunto.

Érica Masson – Mestre em música pela Universidade de Campinas (Unicamp) com a dissertação “Elementos da Escrita de Nailor Azevedo ‘Proveta’ para Instrumentos de Sopro em seus Arranjos para Big Band”, sob orientação do professor-doutor Antônio Rafael Carvalho dos Santos. Desde 2000, atua como professora de Piano, Arranjo, Harmonia e Prática de Conjunto “Repertório” no curso de MPB/Jazz do Conservatório de Tatuí. É atual coordenadora da Área de MPB/Jazz da instituição. Formada em música – habilitação piano – pela faculdade “Carlos Gomes”, em São Paulo. Também formou-se pelo Conservatório de Tatuí no curso de piano MPB/Jazz. Lecionou Piano Popular e Prática de Repertório durante o I Festival de Música de Ourinhos (2001); ministrou aulas de harmonia, piano popular e performance no Conservatório Allegro em São Carlos (SP); integrou o Duo de pianos, juntamente com o pianista Paulo Braga (1999-2002); e participou, como convidada especial de algumas apresentações do grupo Bonsai Machine, formado pelo saxofonista Mané Silveira, o pianista Paulo Braga e o percussionista Guello.

Apoio cultural – O Conservatório de Tatuí orgulha-se em ter apoio cultural de Coop e CCR SPVias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário