Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Concerto reúne Quinteto Cais e Jazz Combo do Conservatório de Tatuí

Com repertório voltado à música popular brasileira, apresentação será nesta quinta, dia 19, às 20h00, no Teatro Procópio Ferreira


Promover a música popular brasileira e a troca de experiências entre estudantes e instrumentistas profissionais: esta é a proposta do concerto que será realizado nesta quinta-feira, dia 19, às 20h00, no Teatro Procópio Ferreira. O evento vai reunir o Quinteto Cais e a Jazz Combo do Conservatório de Tatuí - instituição do Governo do Estado de São Paulo e Secretaria da Cultura do Estado. Os ingressos já estão à venda na bilheteria do Teatro.

“Será uma apresentação especial, pois os integrantes do Quinteto Cais têm milhas de experiência tocando em alto nível. Dois deles, inclusive, se formaram no Conservatório de Tatuí: Felipe Fidélis e Osmário. Desta vez, os profissionais da Combo não participarão, teremos apenas os alunos bolsistas tocando com o Quinteto, no intuito de adicionar experiência profissional em um outro contexto para eles”, comenta o coordenador da Jazz Combo e integrante do Quinteto Cais, Rodrigo Ursaia.

O Quinteto Cais é formado por Marcus Teixeira (guitarra), Felipe Silveira (piano e teclados), Rodrigo Ursaia (saxofones e flauta), Felipe Fidélis (baixo elétrico) e Osmário Marinho (bateria). Segundo seus integrantes, “a música do Cais poderia ser definida como Música Popular Brasileira Instrumental. A concepção de cada composição e também a busca pela sonoridade original do grupo foram elaboradas tendo sempre em mente a Música Popular Brasileira como ponto de partida. Daí seguindo por múltiplas direções, na intenção de encontrar a sua própria fusão da tradição com a modernidade”. 

O grupo lança seu primeiro CD, “Marcozero”, com composições autorais de Felipe Silveira e Marcus Teixeira, algumas delas parcerias entre os dois músicos. São estas obras que o Quinteto deve apresentar durante o concerto, incluindo: “Sarue", “Petit Pleur” e “Bluelelli” de Marcus Teixeira; “Bebeto Von Buettner”, “Boi de Carroça” e “Vindo de Encontro” de Felipe Silveira e “Samba Forte”, composta pelos dois. 

Criada em 1992, a Jazz Combo do Conservatório de Tatuí une professores e alunos bolsistas da Área de MPB/Jazz da escola, com a missão de pesquisar repertório, estudar, resgatar, praticar e divulgar a música instrumental. Nascido com o sobrenome “Combo” (do inglês combination ou combinação em português), o grupo tem uma formação não convencional e visa ao resgate da história da música brasileira em formações diferenciadas, com composições e arranjos inéditos. 

A Jazz Combo já realizou dezenas de apresentações em festivais, eventos e teatros paulistas, muitas delas ao lado de convidados renomados, como Monica Salmaso, Proveta, Teco Cardoso, Paulo Freire, Vinícius Dorin, Nenê, além dos trompetistas americanos Ed Sarath e Daniel Barry. Em 1998, lançou seu primeiro CD, “Rumo Norte”, fruto de um trabalho marcado por propostas harmônicas e melódicas bastante arrojadas. Em 2008, gravou o DVD “Será o Benedito!?!”, com releituras da obra de Benedito Lacerda e Pixinguinha. 

Rodrigo Ursaia – Coordenador da Jazz Combo do Conservatório de Tatuí, é saxofonista, flautista e compositor, bacharel pela Unicamp e mestre pela Manhattan School of Music em NY. Estudou também na Berklee College of Music e foi recipiente da 'Bolsa Virtuose' do MinC em 2000. Foi professor da Unicamp e leciona atualmente na Faculdade Souza Lima e no Conservatório de Tatuí. 

Apresentou palestras na Iowa University, Global Encounters/Carnegie Hall, California Brazil Camp e na Hartt School of Music, além de atuar como Teaching Artist pela renomada Midori Foundation em NY. Tocou com importantes artistas, como Milton Nascimento, Rosa Passos, Ivan Lins, João Bosco, Banda Mantiqueira, Grupo Pau Brasil, Toninho Horta, Nelson Ayres, Dom Salvador, Cláudio Roditi, Heraldo do Monte, Arismar do Espírito Santo, Jovino Santos Neto, Filó Machado, Edsel Gomez, Matt Wilson, Maurício Zottarelli, Sandro Albert, Santi Debriano, David Berkman, Joe Martin e Victor Jones, entre outros. 

Lançou dois CDs autorais em 2015: “Chamado” com Lupa Santiago/Rodrigo Ursaia Quinteto e “O Espantalho” com Daniel Marques/Rodrigo Ursaia duo. Em duo com Daniel Marques, apresentou-se em várias turnês pela Europa, inclusive para a família real da Suécia. Ao lado de Rosa Passos, tocou em turnês pela Europa, EUA e Ásia, em espaços como Lincoln Center, Blue Note NY, Umbria Jazz, Copenhagen Jazz Festival, Venetto Jazz Festival, Calle 54, Jazz House, A Trane e Blue Note Milan entre outros. Participou da gravação de vários CDs, dentre eles “Canta Caymmi”, “Amorosa” e “Samba Dobrado” de Rosa Passos e “The Art of Samba Jazz” de Dom Salvador, com o qual recebeu o Prêmio da Música Brasileira – “Melhor CD Instrumental” (2012).

Apoio cultural – Em 2017, o Conservatório de Tatuí tem apoio cultural de Coop e CCR SPVias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário