Nosso Jornal Online

Tatuí, 


domingo, 25 de janeiro de 2015

Saiba mais sobre o GERT Futebol Clube

O Grêmio Esportivo e Recreativo Tatuí (GERT) é um clube amador brasileiro de futebol, fundado em 1997, com sede em Tatuí, São Paulo. É um clube de relevância regional. Disputa amistosos aos sábados e campeonatos amadores oficiais da Federação Paulista de Futebol. O atual símbolo do clube já foi pensado e adotado por sua diretoria em seu primeiro ano de existência, sendo o saudoso Chico Geroto seu idealizador .Alcunha: azulão. Mascote: urso. Atual presidente: Maurício Madureira. Treinador: Daniel Antunes.

O GERT foi fundado no dia 10 de Abril de 1997 a partir da ideia de amigos que trabalhavam na antiga fábrica Alpargatas Santista Têxtil , daí vem seu primeiro nome Grêmio Esportivo e Recreativo Têxtil .A partir do desligamento de seus fundadores à fábrica têxtil ,o clube passou a adotar o nome Grêmio Esportivo e Recreativo Tatuí. Seu fundador e primeiro presidente foi Noel Amaro Granjeiro e seu primeiro vice Dirceu de Souza.

A partir do ano de 2010, em parceria com o Sindicato dos Metalúrgicos de Tatuí, o Gert FC passou a mandar seus jogos no Estádio do Sindicato dos Metalúrgicos, com capacidade para 5 mil torcedores.. Com estruturas modernas e um gramado impecável, o estádio foi eleito em 2014 o 3º melhor dentre todos os estádios que foram sede da Copa São Paulo de Futebol Junior, perdendo apenas para os renomados Pacaembu e Arena Barueri.

O Gert FC nos últimos anos vem se destacando na Categoria Veterana da cidade sendo o atual Tetra Campeão da Copa Rádio Notícias de Tatuí (renomado campeonato tatuiano que conta com presença de jogadores de toda região) , todos eles de forma consecutiva , sendo os três últimos de forma invicta e levando apenas um gol contando os três campeonatos.

Títulos

Campeão da Copa Rádio Notícias de Tatuí 2011, 2012, 2013 e 2014.
Campeão do Campeonato de Verão do São Martinho 2003, 2004, 2005 e 2006.
Campeão da Copa Tatuí 2000.
Campeão Amador de Tatuí 1998.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário