Nosso Jornal Online

Tatuí, 


quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Falta de estrutura em pontos de ônibus gera reclamações em Tatuí

Do G1, editado- Em Tatuí a situação atrapalha a rotina de moradores nos bairros Jardim Nossa Senhora de Fátima, Residencial Atlântica e Vila Brasil. Questionada sobre os problemas, a prefeitura informou que encontra dificuldades para instalar pontos em algumas calçadas porque alguns moradores não permitem a colocação do ponto em frente ao imóvel.

No Jardim Nossa Senhora de Fátima, o ponto de ônibus não tem bancos e nem cobertura. A promoter Eliana Bueno Ferreira precisa pegar o transporte coletivo todos os dias. Como o ônibus passa a cada 45 minutos, tem que esperar de pé embaixo de chuva ou sol. “É sol e chuva na cabeça”, reclama.

A situação é ainda pior para os idosos. É o caso da aposentada Maria Aparecida Soares Coelho, de 81 anos. Ela consegue andar apenas com a ajuda de uma bengala, chega cansada ao ponto, e afirma que seria essencial um lugar mais adequado para esperar o ônibus. “É uma falta de respeito, pelo amor de Deus”, lamenta.

Pela cidade, vários outros pontos de ônibus são assim. Alguns com apenas um poste com a placa indicativa. Na Vila Brasil, parte do banco de concreto do ponto está destruída e a cobertura rachada. No Residencial Atlântica, a dificuldade é o mato alto que toma conta da calçada. O motorista Gabriel Alexandre costuma pegar ônibus no local e reclama: “Está ruim para nós aqui. É uma vergonha, logo na entrada da cidade. Está feia a coisa”, diz.

Mesmo com a falta de permissão dos moradores para instalar pontos nas calçadas, a Prefeitura de Tatuí afirma que implantou 25 novas coberturas desde agosto de 2014 e que continua fazendo a manutenção dos pontos pela cidade. E que recentemente foi firmado um novo acordo entre a prefeitura e a empresa que opera no município para que mais quatro unidades sejam instaladas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário