Nosso Jornal Online

Tatuí, 


quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Caixa divulga dados oficiais sobre as inscrições do “Minha Casa, Minha Vida” em Tatuí

Totalização tem 12.194 pessoas cadastradas em três faixas de renda diferentes

Os dados sobre o cadastro para o Programa “Minha Casa, Minha Vida” em Tatuí acabam de ser contabilizados. Os números oficiais foram divulgados pela Caixa Econômica Federal esta semana e já levam em conta a exclusão de inscrições em duplicidade e também candidatos que não atenderam aos pré-requisitos do Governo Federal. 

No total, 12.194 pessoas estão aptas a participar do programa, em três faixas de renda. A primeira é destinada a pessoas que têm rendimento familiar de até R$ 1.299, com 6.153 inscritos. A segunda faixa varia entre R$ 1.300 e R$ 1.599 e teve 1.918 candidatos. Já a terceira é destinada às famílias que têm renda superior a R$ 1.600, com 4.123 cadastrados. 

A secretária de Fazenda, Finanças e Planejamento, Lilian Maria Grando Camargo, explica que os inscritos na faixa 1 irão concorrer a sorteio das mil casas populares. Já os cidadãos enquadrados nas faixas 1 e 2 terão a oportunidade de adquirir sua casa sem sorteio, desde que sigam os critérios do “Minha Casa, Minha Vida” e da Caixa Econômica Federal. “O próximo passo é definir junto ao Ministério das Cidades o prazo para liberação dos recursos, início das obras e sorteios”, explica.

Na semana passada, o prefeito José Manoel Correa Coelho, Manu, esteve em Porto Feliz reunido com o novo ministro das Cidades, Gilberto Kassab. E a agilidade no desenvolvimento das várias fases do projeto esteve na pauta das reivindicações apresentadas pelo município. Todas as etapas serão amplamente divulgadas à população. “Estamos conseguindo realizar todos os procedimentos em tempo recorde. Em apenas um mês e meio, fizemos as inscrições e também as primeiras triagens dos candidatos, graças a um trabalho integrado e eficaz da Prefeitura de Tatuí, da Caixa Econômica e do Governo Federal”, finaliza.

CDHU - Também esta semana, a equipe da Secretaria de Infraestrutura, Meio Ambiente e Agricultura deram início à terraplanagem da área onde serão construídas 23 casas populares, destinada às famílias em situação de risco, no Jardim Europa. O trabalho de aterramento teve apoio de ceramistas do município que cederam equipamentos. O conjunto habitacional é fruto de parceria entre a Prefeitura e a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano).

Nenhum comentário:

Postar um comentário