Boletim de informações COVID-19 n° 49 Tatuí, 08 de abril de 2020 - 16h

91
NOTIFICAÇÕES
44
SUSPEITOS
39
DESCARTADOS
8
CONFIRMADOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

A batata está até 60% mais cara na região

Do G1- A falta de chuva no início do ano ainda reflete no bolso dos consumidores. Na região de Tatuí o preço da batata aumentou 60%, e uma das causa foi a ausência de chuva durante o início da plantação.

O déficit na produção de batatas no Brasil atingiu mais de 200 mil sacas. O gerente de uma cooperativa agrícola em Tatuí, Elias Neves Da Silva, explica que os fatores que influenciaram no aumento dos preços dos hortifrútis foram as mudanças climáticas. “Foi um ano bem complicado em função das mudanças climáticas. A recuperação veio agora em outubro, novembro. A dona de casa começa a sentir na hora que vai a fera, passa a ter que comprar a batata por um preço que estava R$ 0,50 e agora R$ 2."

O gerente de supermercado Adnilton Piri diz também que as mudanças no clima desde o início da produção prejudicaram a safra. “No plantio houve falta de chuva, já na colheita houve um excesso de água. Isso fez cair a produção da batata que representa muito na mesa do consumidor.”

Além da batata, segundo uma pesquisa feita pela Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), em 2014 o preço dos itens do hortifrúti em geral subiu mais de 10%.

A dona de Casa Aparecida Zonati conta que a opção para fugir do preço alto é saber improvisar na hora das compras, trocando a batata por outros legumes. “Substituir por outras coisas e usar menos até que abaixe o preço.”

A aposentada Ilda Machado Ribeiro diz que escolher frutas e verduras está mais difícil para o consumidor porque eles estão mais caros este ano, por isso é preciso buscar os lugares com o preço mais em conta. “Tem que procurar o lugar mais barato. O salário não sobe então é preciso procurar.” (Foto: Reprodução/ TV TEM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário