Boletim de informações COVID-19 n° 125 Tatuí, 01 de junho de 2020 - 11h

157 CONFIRMADOS
117 RECUPERADOS
10 ÓBITOS
21 SUSPEITOS
1 ÓBITOS SUSPEITOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Cientista tatuiano é primeito latino-americano a integrar a Associação Internacional de Toxicologistas Forenses

O cientista tatuiano Rafael Lanaro juntou-se à equipe de jovens pesquisadores da Associação Internacional de Toxicologistas Forenses. Ele é farmacêutico e toxicologista do CCI (Centro de Controle de Intoxicações) da FCM (Faculdade de Ciências Médicas) da Unicamp e tornou-se o primeiro representante da América Latina a integrar essa instituição.

Lanaro recebeu o convite durante o 52º Encontro Anual de Toxicologistas Forenses. O evento aconteceu em Buenos Aires, na Argentina, que rendeu ao tatuiano o prêmio de “melhor trabalho oral” pela apresentação do caso do Hospital Vera Cruz.

O caso Vera Cruz ficou conhecido em todo o Brasil por causa da morte de três pessoas, no dia 28 de janeiro, após a realização de exames de ressonância magnética com uso do contraste no hospital. Laudos da Unicamp e do IC (Instituto de Criminalística) constataram o uso de perfluorocarbono na veia dos pacientes, o que provocou “embolia gasosa e parada cardiorrespiratória”.

Para descobrir a causa das mortes, integrantes da Unicamp realizaram programa de investigação policial. Lanaro juntou toda a técnica e perspicácia da equipe do CCI e contou com a cooperação de outros centros de investigação forense do Estado de São Paulo, laboratórios do Instituto de Química da Unicamp e de outras universidades brasileiras para chegar aos resultados.

O tatuiano também é professor do curso de farmácia da Universidade de Campinas.

Com informações de O Progresso de Tatuí

Nenhum comentário:

Postar um comentário