Nosso Jornal Online

Tatuí, 


sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Guarda Ambiental captura dois animais silvestres

Nos últimos três dias, A Guarda Civil Ambiental de Tatuí capturou dois animais selvagens na cidade: um tamanduá bandeira de 50 centímetros dentro de uma empresa, e um gambá próximo ao Paço. Décio Soares, diretor de planejamento ambiental da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, diz que é comum o surgimento de animais silvestres na cidade. Ele vê um fator positivo e outro negativo: a invasão dos homens no habitat natural desses animais e o aumento de sua população. 

Artigo do Estadão elogia Celso de Mello

Artigo publicado pelo desembargador aposentado Aloísio de Toledo César no jornal O Estado de S. Paulo nesta quarta faz o reconhecimento do trabalho do ministro tatuiano Celso de Mello, do STF, em defesa da liberdade de imprensa e expressão. No domingo, o DT publica o artigo na íntegra. Veja trecho: 

"No Supremo Tribunal Federal (STF), guardião das cláusulas pétreas, modificações redutoras da liberdade de expressão e do direito de imprensa esbarrariam em dezenas de decisões anteriores e contrárias à pretensão.

Um exemplo bem claro do respeito e da submissão daquela Corte às disposições da Constituição federal está em decisões do ministro Celso de Mello, o qual em diferentes oportunidades garantiu a criação de CPIs, mesmo quando formadas tão somente pela minoria.

Celso de Mello, paulista de Tatuí, entende que ninguém se sobrepõe, nem mesmo os grupos majoritários, aos princípios superiores consagrados pela Constituição da República. Nessa linha, decidiu que o direito de oposição, especialmente aquele reconhecido às minorias legislativas, para que não se transforme numa promessa constitucional inconsequente, há de ser aparelhado com instrumentos de atuação que tornem viável a sua prática efetiva e concreta."

JORNAL INTEGRAÇÃO COMPLETA 35 ANOS DE CIRCULAÇÃO

Do jornal Integração

No dia 24, o Jornal Integração completou 35 anos de circulação ininterrupta em Tatuí e região. Fundado pelos jornalistas José Reiner Fernandes, Francisco José Lang Fernandes de Oliveira (Chico Lang) e Roberto Antonio Carlessi, o semanário nasceu na Faculdade de Comunicação Social “Cásper Líbero”, uma das mais importantes do Brasil, onde os jornalistas ainda estudavam. 

Somaram-se à ideia o professor Acassil José de Oliveira Camargo e o artista plástico Ivan Gonçalves, dois cidadãos aficcionados pela imprensa.

Desde a circulação de seu primeiro número, no dia 24 de dezembro de 1975, o jornal tinha o firme propósito de se solidificar e defender os interesses da comunidade tatuiana. Para alcançar seu objetivo, recebeu a colaboração e o apoio de empresários e intelectuais que, através de suas páginas, expuseram ideias e defenderam posições, sempre procurando o bem estar da população.

Inúmeras foram as campanhas cívicas defendidas pelo Jornal Integração. Na época em que surgiu o semanário, Tatuí possuía carências nas áreas de Educação, Saúde e Infraestrutura. Com o passar dos anos, muitos problemas foram solucionados e o jornal sempre exerceu sua função em defender os superiores interesses da cidade. Mesmo que tivesse de responder no Judiciário por sua transparência, sem posturas dúbias e dissimuladas, fazendo com que o leitor tomasse conhecimento dos assuntos que realmente afligem a comunidade.

Curso de Capacitação tem 60 vagas

Em Tatuí, estão abertas as inscrições para um curso de capacitação profissional que preparará cidadãos em vulnerabilidade social para o mercado de trabalho. São 60 vagas disponíveis. O local de inscrição é o Cras - Centro de Referência de Assistência Social - que fica na Rua Alberto dos Santos nº 285, na Vila Dr. Laurindo.

Fonte: AI/Tatuí/Ternura FM

Pedaço de árvore cai em cima de carro e interdita rua em Tatuí

Corpo de bombeiros ainda teve que conter enxame de abelhas que estava na árvore; ninguém ficou ferido

Da Redação / TV Tem

A Guarda Municipal teve que interditar uma rua de Tatuí nesta quinta-feira (30) após a queda de um grande galho de árvore. Além de cair em cima de um carro, a árvore ficou atravessada no principal acesso à cidade, para quem vem da Rodovia Antonio Romano Schincariol.

O corpo de bombeiros teve que usar motosserras e também água com detergente para tentar conter um enxame de abelhas que havia construído uma colmeia na copa da árvore. A mistura, depois de aplicada, acaba sufocando as abelhas. Apesar do susto, ninguém se machucou. O dono do carro disse que tinha seguro.

FINANCIAMENTO PERMITIRÁ OBRAS DE INFRAESTRUTURA

Na terça-feira, dia 28, durante sessão extraordinária não remunerada, os parlamentares aprovaram projeto de lei de autoria do Poder Executivo, que autoriza a municipalidade a contratar e garantir financiamento com a Caixa Econômica Federal (CEF), até o valor de seis milhões de reais, cujos recursos serão obrigatoriamente aplicados em obras de melhoria da infraestrutura urbana, como travessias, pavimentação asfáltica, drenagem, recapeamento e serviços complementares. Os vereadores José Maria Cardoso Filho, o Zétakão (PR), e Vicente Aparecido Menezes, o Vicentão (PT), ocuparam a tribuna para falar sobre a importância deste projeto. Vicente disse que o financiamento e obtenção destes recursos permitirá a realização de várias obras em Tatuí, previstas na segunda etapa do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC 2), instituído pelo Governo Federal.

PROJETO INSTITUI TAXA DE COLETA DE LIXO HOSPITALAR

No dia 22, a Câmara Municipal de Tatuí realizou sessão extraordinária não remunerada, presidida pelo vereador José Tarcísio Ribeiro (PSDB) e aprovou seis projetos de lei, sendo três de autoria do Poder Executivo e três de autoria do Poder Legislativo. O primeiro projeto do Executivo institui a taxa de coleta de resíduos sólidos resultantes de serviços de saúde, o conhecido lixo hospitalar. A justificativa da propositura diz que a criação desta taxa é necessária em razão da administração municipal arcar anualmente com a coleta, transporte e destinação final do lixo hospitalar, assumindo despesa que gira em torno de R$ 260 mil. “A presente lei busca ratear entre os usuários os gastos com o referido serviço, bem como garantir que seja dada a devida destinação a este tipo de lixo”, completa o texto.

Prefeitura de Tatuí trabalha para reparar tubulação comprometida pela chuva


 Devido à intensa chuva ocorrida na última semana, um dos dutos da tubulação de água que passa pelo bairro Boqueirão, próximo ao Curtume, rompeu e alagou seis casas da Rua João Rodrigues Monteiro. Ninguém ficou ferido. As famílias foram assistidas pela Prefeitura de Tatuí, através da Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Social, informa o Setor de Comunicação. Por causa dos riscos de desmoronamento e possíveis doenças ocasionadas pelo contato com a água, a Defesa Civil interditou seis imóveis e aproximadamente 20 pessoas tiveram que deixar suas casas e se alojarem nas residências de parentes ou amigos. O secretário municipal de Obras e Infra-Estrutura, Marcello Ribeiro da Silva, explicou que, no local, existe uma galeria pluvial. Provavelmente por causa do grande volume de chuva, ela foi obstruída por terras que danificaram os dutos, ou foi entupida por sujeiras que impediram a passagem das águas, as quais, finalmente, acabaram retornando e alagando as casas. O prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo acompanhou de perto o trabalho ali realizado. A Prefeitura de Tatuí trabalhou nos últimos dias com nove máquinas e um efetivo de 25 pessoas para reverter as condições que favoreciam o alagamento no bairro e a auxiliar os moradores. Segundo a Secretaria Municipal de Obras e Infra-Estrutura, será necessário refazer a tubulação que atende à região, que é antiga. Nos próximos dias, a Prefeitura de Tatuí deverá ter a dimensão exata do problema que atinge a esta região da cidade. “É uma tubulação antiga e profunda, de cerca de 20 metros, com extensão de 180 metros, mais ou menos. Assim que pudermos avaliar onde deveremos agir o problema será sanado”, disse o secretário Marcello Ribeiro da Silva.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Prefeitura de Tatuí e CDHU entregam casas com três dormitórios


A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) e a Prefeitura de Tatuí entregaram nesta terça-feira, 28 de dezembro, 144 casas em Tatuí, Região de Sorocaba. O evento aconteceu no próprio conjunto habitacional, localizado na Avenida Teófilo Andrade de Gama, s/nº, bairro do Tanquinho.

As casas têm três dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área construída de 55,87m². As moradias foram construídas conforme o novo padrão da CDHU. O pé-direito foi ampliado de 2,4 para 2,6 metros, as áreas molhadas já vêm com azulejos, todos os cômodos têm piso cerâmico e laje e muro divisório entre os lotes.

O Gerente Regional da CDHU em Sorocaba, Benedito Carlos Pereira Paschoal, informou que em breve serão instalados aquecedores solares nas unidades, mais uma melhoria do novo padrão de construção da CDHU. "O sistema representará uma economia de até 30% nas contas de energia elétrica", disse.

O conjunto habitacional foi edificado em parceria com o município de Tatuí. A Companhia repassou os recursos e supervisionou todas as etapas dos trabalhos. A prefeitura doou o terreno e administrou as obras, que foram executadas pelos futuros moradores, selecionados por meio de sorteio público. Esta é a primeira etapa da entrega do empreendimento, que terá um total de 300 casas. As 156 unidades restantes estão previstas para serem concluídas em março de 2011. A CDHU está investindo R$ 12,6 milhões neste empreendimento.

O prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo ressaltou o empenho da CDHU em acelerar a conclusão das obras com todas as melhorias do novo padrão.

"Os moradores estão recebendo uma casa com loteamento aprovado. Cada imóvel com sua matrícula registrada no cartório; a documentação está perfeitamente em ordem", disse o prefeito.

Gonzaga ainda ressaltou que em breve a região terá uma nova unidade de saúde, cuja construção já está sendo licitada pela Prefeitura de Tatuí. O prefeito ainda destacou que tratativas estão sendo realizadas para que o bairro conte também, brevemente, com uma creche.

Os beneficiados terão prazo de até 25 anos para quitar o financiamento. As prestações serão subsidiadas pelo Governo do Estado e calculadas de acordo com a renda familiar. Quem ganha até três salários vai desembolsar 15% dos rendimentos. Em Tatuí, todas as famílias que receberão as chaves dos imóveis estão nessa faixa. O valor da menor prestação é de R$ 76,50. É o caso de Maria Paulina Paes Lopes, 49 anos, dona de casa, que antes morava em casa de amigos. "É muita felicidade receber as chaves da minha casa nova, depois de ter participado no mutirão e trabalhado bastante", disse.

Na solenidade de entrega das chaves esteve presente o deputado estadual Samuel Moreira (PSDB), vereadores e secretários municipais.

Novo padrão - As mudanças adotadas por meio do novo padrão construtivo 
são resultado do aperfeiçoamento das técnicas de construção desenvolvidas pela atual gestão da CDHU. Uma pesquisa realizada pelo IBOPE, em 2007, sobre as expectativas da população de baixa renda em relação à moradia, apontou a inclusão do terceiro dormitório como um item prioritário para a satisfação dos moradores, além de trazer uma série de benefícios para a qualidade de vida como, por exemplo, a diminuição do índice de morbidade (capacidade de produzir doenças) gerada pela aglomeração de pessoas, e a redução da defasagem escolar, uma vez que as crianças terão mais espaço e conforto para estudar.

Guarda Civil fecha bingo clandestino em Tatuí

A Guarda Civil Municipal cumpriu um mandado de busca e apreensão em um bingo clandestino ontem, em Tatuí. O Bingo funcionava na Rua 7 de Abril, 439, no Centro. Segundo a GCM, o Bingo funcionava há seis meses no local e faturava por volta de 30 mil reais por dia. Ali foram encontradas 14 máquinas caça-níqueis. Jogavam no momento 12 pessoas, que foram encaminhadas à Delegacia de Polícia para indiciamento por contravenção penal. O dono do estabelecimento ainda não foi identificado. O Bingo clandestino tinha uma câmera de monitoramento externo que cobria boa parte da rua. 

Fonte: CRTV

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Lula: bolinha de papel foi 'cena patética' e Serra deve desculpas

Ao ser entrevistado por blogueiros, o presidente e cidadão tatuiano Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que a cena da suposta agressão de petistas ao candidato derrotado, José Serra (PSDB), com uma bolinha de papel foi 'patética'. Lula disse que não deu entrevista na ocasião, mas quando assistiu a reportagem pela televisão, decidiu falar. Ele classificou o ataque como uma "cena patética". Serra foi supostamente atingido na cabeça por militantes petistas durante uma caminhada no Rio de Janeiro, no dia 20 de outubro.

"Realmente foi uma desfaçatez. Eu perdi três eleições, e poderia ter perdido a quarta, a quinta, mas jamais teria coragem de fazer uma mentira daquela", afirmou.

Lula disse que até hoje não mostraram o objeto que acertou Serra. "Fiquei decepcionado (com a reportagem) porque tentaram inventar uma outra história, tentaram inventar um objeto invisível", afirmou o presidente. Segundo ele, o objetivo era "culpar o PT".

"Foi desrespeito ao ser humano, por isso eu disse que Serra devia pedir desculpa ao povo", afirmou.


Do Portal Terra

Já está circulando na cidade a edição 6 da Revista GPS

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Tatuí assina convênios que representam R$ 500 mil em investimentos na Santa Casa


O prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo esteve em Sorocaba na última semana onde assinou dois convênios entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Tatuí. A assinatura dos convênios aconteceu na sede da DIR 23 (Diretoria Regional de Saúde), com a presença do diretor Antonio Carlos Nasi e do deputado federal Antonio Carlos Pannunzio (PSDB), responsável pela obtenção de R$ 450 mil dos recursos destinados a Tatuí. Aliás, segundo informou o prefeito Gonzaga, os R$ 450 mil serão aplicados na compra do mobiliário da nova Maternidade, que está em sua fase final de construção. No outro convênio assinado, de verba de R$ 50 mil, o responsável é o deputado estadual Salim Curiati (PP), que propôs emenda ao Orçamento do Estado. Este recursos, ainda segundo o chefe do Poder Executivo, será aplicado na compra de medicamentos e material hospitalar.“Graças à sensibilidade destes parlamentares, a Santa Casa de Misericórdia de Tatuí conseguiu importantes recursos. A entidade, sob intervenção municipal, ganha a cada dia, mais condições favoráveis para atender melhor a população de Tatuí e região”, destacou o prefeito Gonzaga.

Cosc edita informativo aos 47 anos

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Iveco Daily se transforma em furgão de dentista em Tatuí

    As 51 unidades entregues fazem parte de um lote de 160

Da Redação Interpress Motor

24/12/2010 - 06h36 - A Iveco entregou 51 Daily Furgão 45S14 convertidos como Unidades Odontológicas Móveis em Tatuí (SP). Os veículos fazem parte de um lote de 160 unidades adquiridas pelo Ministério da Saúde e que serão usadas por 51 municípios em 15 estados brasileiros.

As modificações foram feitas pela empresa Rontan Eletro Metalúrgica, especializada nas áreas de saúde, segurança e serviços. Foram instalados cadeira odontológica, kit de pontas (conhecido como "motorzinho do dentista"), mocho (cadeira do dentista), refletor, amalgamador e fotopolimerizador (que fazem o preparo dos materiais utilizados nas restaurações de dentes), raio-X odontológico e autoclave para esterilização do material.

Também há ar-condicionado, pia para lavagem de mãos, reservatórios de água, armários para armazenagem de material e, acoplado ao veículo, existe uma carroceria que transporta um gerador, responsável por fornecer energia ao consultório por um período de até 24 horas.


As 160 unidades vão atender ao Programa Brasil Sorridente, criado em 2003 pelo Ministério da Saúde por meio da Política Nacional de Saúde Bucal. Ao longo de 2011, se contratadas, serão entregues as demais 109 unidades.

Profissional tatuiano de beisebol está na cidade

Texto do Blog do José Reiner
O tatuiano Luís Galavotti Camargo (foto 1), um dos destaques do beisebol italiano, passa férias em Tatuí e aguarda a assinatura de um novo contrato com a equipe Telemarket Rimini, da Itália. A temporada começa em abril e o campeonato italiano conta com a participação de muitos estrangeiros nas equipes participantes, principalmente dos Estados Unidos e Caribe.

No último fim de semana, Luís Galavotti Camargo e outros atletas participaram do “Jogo dos Amigos”, no campo de beisebol da antiga Cooperativa Agrícola de Tatuí (foto 2). A partida entre “azuis” e “amarelos” reuniu companheiros de longa data. Após o amistoso, pelo quinto ano consecutivo, os jogadores foram até a Vila Angélica e entregaram um “kit” para 150 crianças carentes.


Fotos: Fábio Cabrera

Em Tatuí, cortadores de cana esperam por salários atrasados



quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Segunda vez em três dias que a inundação atinge os moradores em Tatuí




Prefeitura trabalha no antigo "barrocão" para reparar tubulação

Seis casas do Bairro Boqueirão, em Tatuí, voltaram a ser alagadas com a chuva desta quinta-feira. É a segunda vez em três dias que a inundação atinge os moradores. Os imóveis estão interditados por tempo indeterminado.

Os moradores passaram toda a manhã retirando o pouco que tinha sobrado da última enchente, na terça-feira. Na noite de quarta-feira uma nova pancada forte de chuva voltou a alagar as seis casas que já estavam interditadas.

Depois do susto de terça, Evanilde estava alojada no vizinho, mas entrou em desespero quando soube que ainda não vai poder voltar para casa.

Marta de Moraes Pinto também não pretendia passar o Natal fora de casa. Ela achava que o problema tinha sido resolvido e ficou surpresa ao ver pela segunda vez em uma semana a casa toda alagada.

A Defesa Civil esteve no local. Durante o dia integrantes da assistência social e o secretário do Trabalho e Desenvolvimento Social conversaram com os moradores.

Desde terça-feira quando ocorreu o primeiro alagamento homens da secretaria de obras estão no local tentando identificar o problema. O que se sabe até agora é que a galeria foi danificada com a forte chuva e obstruiu a passagem da água.

Por baixo das casas alagadas passa uma tubulação de águas pluviais, que segundo a secretaria de Obras, está a uns vinte metros de profundidade e é bem antiga.

Ainda não é possível saber quando o problema estará solucionado.

Paço Municipal de Tatuí (foto interna)


CDHU e Prefeitura de Tatuí entregam 144 casas populares no bairro Tanquinho na terça-feira

Gonzaga visitou as obras no Bairro Tanquinho

Na terça-feira, dia 28, às 11h, a Prefeitura de Tatuí e a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) entregam 144 casas populares para os moradores de dois novos conjuntos habitacionais que estão surgindo no Bairro Tanquinho. Eles foram denominados de “Jornalista Antonio Camargo Del Fiol” e “Industrial Orlando Bolzan”.

As casas populares a serem entregues são parte do projeto habitacional existente no bairro, que prevê a construção de 300 casas. As que serão entregues são as dos grupos 1 e 2. Elas foram construídas em sistema de mutirão, com ajuda de pedreiros e outros profissionais da Prefeitura de Tatuí.

A cerimônia de entrega das casas populares será na rua Teófilo Andrade Gama, esquina com a Quadra V/X, do Grupo 2.

“Assumimos o compromisso de entregar estas casas até o fim do ano e estas 128 famílias já poderão comemorar o reveillon em seus próprios lares”, destacou o prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo, que na última semana esteve visitando as obras.

Mais informações - As   casas  têm  três  dormitórios,  sala,  cozinha,  banheiro  e  área construída de 55,87m². As moradias foram construídas conforme o novo padrão da  CDHU.  O  pé-direito foi ampliado de 2,4 para 2,6 metros, as áreas molhadas já vêm com azulejos, todos os cômodos têm piso cerâmico e, na área externa, há muro divisório entre os lotes.

O  conjunto  habitacional  foi  edificado em parceria com o município de Tatuí. A Companhia repassou os recursos e supervisionou todas as etapas dos trabalhos.  A  prefeitura  doou o terreno e administrou as obras, que foram executadas  pelos  futuros  moradores,  selecionados  por  meio  de sorteio público.  Esta é a primeira etapa da entrega do empreendimento, que terá um total  de  300  casas. As 156 unidades restantes estão previstas para serem concluídas  em  março de 2011. A CDHU está investindo R$ 12,6 milhões neste empreendimento. Os  beneficiados terão prazo de até 25 anos para quitar o financiamento. As  prestações  serão  subsidiadas  pelo  Governo do Estado e calculadas de acordo  com  a renda familiar. Quem ganha até três salários vai desembolsar 15%  dos  rendimentos.  Em Tatuí, todas as famílias que receberão as chaves dos imóveis estão nessa faixa. O valor da menor prestação é de R$ 76,50. 

Seis casas voltaram a ser alagadas com a chuva

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Rompimento de tubulação causa alagamento no Boqueirão


Da TV Tem



No portão, a marca da água, no chão, os rastros da chuva. Na rua, famílias que perderam o lar. O retrato do alagamento que atingiu parte do Bairro Boqueirão, em Tatuí. Era noite quando a enchente começou.

Seis casas foram alagadas, vinte pessoas ficaram desabrigadas. Dona Hebe Aparecida da Silva Pasqual, teve tempo de salvar os quatro filhos e o resto foi levado pela enxurrada, ela encontrou abrigo na casa de uma amiga.

De acordo com a Secretaria de Obras, as seis casas estão construídas ao lado de um córrego por onde passa uma tubulação de águas pluviais. Com a forte chuva, parte da galeria foi destruída e a passagem de água ficou impedida.

A casa de Dona Valdeti Barbosa dos Santos, doméstica, foi a primeira a ser alagada. Ela estava no banho quando a água começou a sair pelo ralo, o banheiro foi rapidamente inundado. Durante o dia, integrantes da defesa civil, assistência social e secretaria de saúde estiveram no local.

A tubulação já foi consertada e, de acordo com a Secretaria de Obras, mesmo que volte a chover, os moradores não correm mais perigo.

A Prefeitura de Tatuí deve indenizar as famílias que perderam móveis e até as casas durante a chuva de ontem na cidade. O alagamento, segundo a secretaria de obras, foi causado pelo rompimento de uma tubulação.

veja vídeo da TV Tem




ALL cria empresa para mercado de contêineres

A América Latina Logística (ALL), maior companhia ferroviária do Brasil, anunciou ontem a criação de uma nova operadora logística para atuar no setor de contêineres


A América Latina Logística (ALL), maior companhia ferroviária do Brasil, anunciou ontem a criação de uma nova operadora logística para atuar no setor de contêineres. A empresa, chamada de Brado Logística, nasceu da fusão com a Standard, uma companhia especializada em transportes de cargas frigorificadas nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. A nova operadora será independente da gestão e administração da ALL, que tem 21,3 mil km de ferrovias. A empresa vai assumir a gestão dos terminais de contêineres de Tatuí, Porto Alegre, Uruguaiana (RS) e Araucária (PR) Também ficará responsável pelos contratos de transporte de contêineres assinados com a ALL. Além disso, a Brado contará com a infraestrutura da Standard Logística, que está presente em São Paulo, Mato Grosso, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. Tem cinco terminais intermodais, cinco complexos logísticos de cargas frigorificadas e um porto seco no interior paulista. Antes da fusão, Standard e ALL já haviam firmado parcerias em cinco terminais intermodais rodoferroviários. Dois deles escoavam a produção de indústrias para o Porto de Paranaguá (PR), dois para o Porto de Rio Grande (RS) e um para Santos (SP). Juntos, os terminais movimentavam uma média mensal de 3 mil contêineres. Com a fusão, a nova empresa terá R$ 1,5 bilhão em ativos. Nos primeiros cinco anos, vai investir R$ 1 bilhão em vagões e locomotivas, que serão destinados às rotas com potenciais cargas de contêineres. Os recursos também serão aplicados em melhorias e ajustes da via permanente da malha ferroviária. A Brado será responsável por um projeto pioneiro no Brasil, que é o transporte de vagões Double Stack (dois contêineres empilhados um sobre o outro). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

TJE vai apurar conduta de magistradas

Do Diário do Pará - A justiça do Pará tem uma batata quente nas mãos para resolver e não pode demorar muito em esclarecer o estranho caso da decisão tomada pela juíza da 5ª Vara Cível de Belém, Vera Araújo, que mandou bloquear R$ 2,3 bilhões no Banco do Brasil em favor de Francisco Nunes Pereira, conhecido pelos apelidos de “Mineirinho de Tatuí” e “Chico da Fossa”. Esse homem seria um “laranja” a serviço de uma quadrilha especializada na aplicação de fraudes contra o sistema bancário. A desembargadora Marneide Merabet também será investigada, porque foi ela quem, ao julgar recurso movido pelo Banco do Brasil contra a decisão de Vera Araújo, manteve o bloqueio no BB. O processo do caso não foi localizado em cartório, mas já existe ordem para que isso ocorra.

Pressionado pela atitude da corregedora do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Eliana Calmon, que concedeu liminar ao BB, suspendendo na sexta-feira a decisão das duas juízas paraenses, o Tribunal de Justiça do Estado (TJE), por intermédio de seu presidente, desembargador Rômulo Nunes, instaurou procedimento administrativo para apurar a conduta de Araújo e Merabet. A abertura de procedimento contra elas, segundo Nunes, faz parte do que é estabelecido na Resolução nº 30/2007 do CNJ, que dispõe sobre a uniformização de normas relativas ao procedimento administrativo disciplinar aplicável aos magistrados.

A comissão processante será presidida pela desembargadora Eliana Abufaiad, corregedora da Região Metropolitana de Belém, e terá como integrantes os desembargadores Leonardo Tavares e Célia Regina de Lima Pinheiro. O advogado Juarez Corrêa dos Anjos, defensor de Pereira, foi quem ingressou na 5ª Vara com a ação de “usucapião de dinheiro”. O Banco do Brasil teve como advogado Iziquiel Pereira Moura. A juíza reconheceu, em caráter cautelar, a existência dos valores depositados e decretou o bloqueio de R$ 2,3 bilhões, proibindo o banco de mexer no dinheiro, que deveria ficar à disposição da Justiça. Além da apuração sob o comando da corregedora Eliana Abufaiad, as duas juízas também serão investigadas pela Polícia Federal e Ministério Público Federal, de acordo com determinação de Eliana Calmon. O processo não foi localizado no cartório da 5ª Vara.

NEGATIVA

A juíza Vera Araújo nega a afirmação de que teria sofrido pressão para determinar o bloqueio de dinheiro do banco, segundo declaração da corregedora Eliana Calmon. Ela disse que fez o bloqueio porque “não teria outra alternativa”. Segundo a juíza, o Banco do Brasil entrou no CNJ com uma ação de incidência de fraude e bloqueou o processo. “Não afirmei que fui pressionada e vou dizer isso no CNJ, quando for notificada”, resumiu. Marneide Merabet não foi encontrada em sua residência em Belém para falar sobre o caso. De acordo com vizinhos, ela estaria fora da cidade, provavelmente em Marapanim.

Os advogados do BB alegaram na liminar ao CNJ que, ao decretar o bloqueio, Vera Araújo teria desconsiderado laudos e decisão da justiça do Distrito Federal, que comprovariam a fraude, desrespeitando o princípio da prudência que integra os deveres éticos da magistratura.

Pereira responde a 67 processos

Quem é, afinal, Francisco Nunes Pereira, o “Mineirinho de Tatuí”, ou “Chico da Fossa”, o homem que ganhou na Justiça do Pará o reconhecimento de uma fortuna de R$ 2,3 bilhões depositada no Banco do Brasil, mas que a justiça do Distrito Federal ignorou por desconfiar de grotesca fraude? Casado, 44 anos, três filhos, ele reside na periferia da cidade de Tatuí, interior de São Paulo. A conta bancária dele é tão farta quanto a coleção de processos a que responde. No Fórum de Tatuí, ele tem 67 processos e ainda responde a seis inquéritos policiais, quatro deles por estelionato.

Suspeito de fazer parte de uma quadrilha que fraudava depósitos bancários, Pereira é o único até agora identificado de um esquema que pode ter rendido mais de R$ 100 bilhões em golpes. Quando o caso ganhou as manchetes nacionais, no ano passado, Pereira sumiu da cidade. Ele disse que sua estranha fortuna foi declarada à Receita Federal. A metade do dinheiro está em um banco.

O que chama a atenção é o fato de a fortuna ter sido descoberta no começo do ano, depois que a Justiça decretou o bloqueio de parte do dinheiro para pagamento de uma dívida de R$ 100 mil. O juiz Caio Moscariello Rodrigues, da 1ª Vara Criminal de Tatuí, ao fazer o bloqueio, descobriu as contas correntes no Banco do Brasil em nome de Pereira. Em apenas uma delas encontrou nada menos que R$ 965.418.112,98.

GOLPES

No total, descobriu-se que o homem que alega ser desempregado é dono de R$ 2,3 bilhões em depósitos. O que faz dele a 16ª maior fortuna pessoal do país, ao lado, por exemplo, de Constantino de Oliveira Júnior, dono e presidente da Gol Linhas Aéreas, que na semana passada foi preso acusado de mandar matar o genro. Policiais de Tatuí ouvidos pelo DIÁRIO informaram que Pereira começou a se envolver com fraudes há sete anos. O Banco do Brasil não percebeu inicialmente como os golpes eram aplicados. Tudo começou com uma falha técnica do BB, permitindo que extratos fossem emitidos com erros de digitação e valores elevados. A quadrilha agia na surdina. A maior parte desses extratos foi parar nas mãos de clientes que recorreram a advogados para fazer a instituição liberar o dinheiro. O dinheiro vivo cresceu como bola de neve, engordando as contas. (CM)

DECISÕES

A juíza Vera Araújo, da 5a Vara Cível de Belém, decidiu pelo bloqueio de R$ 2,3 bilhões no Banco do Brasil em favor de Francisco Nunes Pereira. O homem responde a 67 processos e seis inquéritos policiais, quatro deles por estelionato. Decisão anterior da justiça do DF também apontava fraude.

Na última sexta-feira, o CNJ concedeu liminar ao Banco do Brasil suspendendo a decisão da magistrada paraense. (Diário do Pará)

Ministro Celso de Mello é escolhido relator de recurso de Cássio no STF

Da Redação
ClickPB

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, foi designado na sexta-feira (17) para relatar o recurso extraordinário movido pela defesa do ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) contra a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que manteve o indeferimento do registro da candidatura do tucano ao Senado.

O processo só será julgado pelo Supremo após o mês de fevereiro de 2011, quando os ministros retornarão do recesso que começou nesta segunda-feira (20).

Hoje, o ministro Celso de Mello concedeu uma medida cautelar ao ex-deputado federal Natan Donadon (PMDB/RO) e suspendeu os efeitos de decisão do TSE que o enquadrou na  Lei  Ficha Limpa  e indeferiu seu registro de candidatura para as eleições de 2010.

Também nesta sexta-feira, foi escolhido o ministro Marco Aurélio como relator de uma Ação Cautelar impetrada pelos advogados de Cássio para tentar garantir sua diplomação.

Tanto o ministro Celso de Mello quanto Marco Aurélio já se mostraram contra a aplicação da Lei Ficha Limpa nas eleições deste ano. 

conservatório de Tatuí

Tatuí ganha unidade do Poupatempo

Fatec e Salles Gomes ganham bolsas de estudo de inglês nos EUA

Do jornal O Progresso de Tatuí

O Programa de Intercâmbio Cultural do Centro Paula Souza vai oferecer 600 bolsas de estudo de inglês nos Estados Unidos. Quinhentos alunos e cem professores de inglês das Escolas Técnicas (Etecs) e das Faculdades de Tecnologia (Fatecs) serão beneficiados.

Em Tatuí, o programa selecionou dois alunos do sexto e último semestre do curso da Fatec de tecnologia em gestão empresarial com ênfase no comércio exterior, Cíntia Fernanda de Proença Oliveira e Lucas Aparecido Rodrigues, e uma aluna da Etec, Margarete Zanetti, do curso de administração. Já os docentes selecionados foram os professores de inglês Ademar Soares Castelo Branco e Vanderlei dos Santos.

O programa foi lançado na terça-feira, 14, pelo governador do Estado, Alberto Goldman. Estiveram presentes no evento, realizado no Palácio dos Bandeirantes, o secretário de Desenvolvimento, Luciano Almeida, e a diretora superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá, entre outras autoridades. Também participam da cerimônia diretores, professores e alunos de Etecs e Fatecs, entre os quais, o diretor da Fatec de Tatuí, Mauro Tomazela.

Os cursos, que terão a duração de um mês, acontecerão em cidades de diversos Estados norte-americanos, como Chicago e Los Angeles. Eles têm o objetivo de incentivar o aprimoramento da formação acadêmica e o ingresso no mercado de trabalho. Para os docentes, tem foco no ensino e oferece uma importante oportunidade de aperfeiçoamento profissional.

Os bolsistas terão todas as despesas pagas, que incluem viagem, curso, alimentação, acomodação, passagem aérea, traslado, transporte interno nos Estados Unidos e seguro saúde. A empresa que ganhou a licitação e será responsável pela viagem e estadia dos estudantes e professores é a STB Student Travel Bureau, empresa brasileira do segmento de turismo.

Para o diretor da Fatec do município, este é um programa inédito no país, e os selecionados devem aproveitar ao máximo. “Os contemplados devem apresentar resultados para que o projeto se torne contínuo, eles devem ser os embriões. O Brasil ainda é muito defasado quanto ao ensino de segunda e terceira língua”, afirmou o diretor.

Na primeira etapa do programa, mais de 8.000 inscritos participaram do processo seletivo, realizado em outubro. Cinquenta professores viajam para os EUA em janeiro de 2011. Já a ida dos primeiros 250 alunos ocorre em março e abril. A segunda etapa será no segundo semestre de 2011.

O investimento total do governo do Estado será de R$ 5,8 milhões. “Esse benefício não é só para alunos e professores, é também para o país. Estamos preparando vocês para que possam contribuir para o desenvolvimento do Estado e do país”, ressaltou Goldman. “Essa é uma experiência muito importante tanto para a vida acadêmica quanto para o currículo desses alunos. Para os professores, é uma oportunidade de aperfeiçoamento profissional”, afirmou a diretora superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá.

CENTRO PAULA SOUZA

Autarquia do governo de São Paulo ligada à Secretaria de Desenvolvimento, o Centro Paula Souza administra Faculdades de Tecnologia (Fatecs) e Escolas Técnicas (Etecs) estaduais, além das classes descentralizadas - unidades que funcionam com um ou mais cursos técnicos em parceria com prefeituras ou empresas, sob a supervisão de uma Etec -, em mais de 200 cidades paulistas. As Etecs atendem a cerca de 200 mil estudantes no ensino médio e técnico, preparando-os para os setores industrial, agropecuário e de serviços. Nas Fatecs, mais de 46 mil alunos estão matriculados nos cursos de graduação tecnológica.

ESCOLAS DA REGIÃO

Na região de Sorocaba, à qual Tatuí pertence, foram selecionados estudantes das Fatecs de Tatuí, Botucatu, Capão Bonito, Itapetininga e Sorocaba, e de 15 Etecs: de Tatuí, Avaré, Botucatu, Cerqueira César, Itapetininga, Itapeva, Piedade, Piraju, São Manuel, São Roque, Sorocaba, Taquarituba, Taquarivaí e Votorantim.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Projeto Santos Dumont seleciona e treina pilotos em Tatuí

Do jornal O Progresso de Tatuí

Com o objetivo de estimular a prática no Brasil, a Federação Brasileira de Voo a Vela (FBVV), em parceria com a OI Telecomunicações e com o Ministério do Esporte, criou o “Projeto Santos Dumond”. A iniciativa oferece 50 bolsas para a formação de pilotos de planadores. Entre os já beneficiados, sete estão no Aeroclube de Tatuí. O programa teve início em junho deste ano.

Segundo o piloto e instrutor de voo Reinaldo de Almeida Monteiro, na cidade, estão se formando sete alunos por problemas em outros aeroclubes do país, principalmente pela falta de planadores. “A Federação Brasileira de Voo a Vela está designando esses alunos para fazer o curso conosco pela estrutura do aeroclube aqui da cidade”, afirmou Monteiro.

Arnaldo Bento da Silva, David Fonseca Ribeiro, Márcia Cláudia Monteiro, Sérgio Estefan Barci e Wilson Langeani Filho são os alunos selecionados pelo Aeroclube de Tatuí. Já os outros dois vieram de outros aeroclubes do país. Katya Maria Ferreira foi transferida do Aeroclube de Voo a Vela do Rio de Janeiro e Osmar Pellegrini Júnior, do Aeroclube Politécnico de Planadores de Jundiaí.

As bolsas foram oferecidas por meio da lei de incentivo fiscal, pela qual a empresa que proporciona eventos culturais e esportivos recebe incentivo fiscal. Os cursos estão sendo realizados aos finais de semana e terão a duração de um ano. Durante o curso, os alunos fazem 50 aulas, todas na região do aeroclube. O preço médio para quem quer fazer o mesmo curso é de R$ 5.000.

‘PROJETO SD’

A ideia do projeto partiu de Sérgio Lins Andrade, proprietário da empresa de telecomunicações OI - que é piloto de planador - e pelo motivo do Brasil ser um dos países no mundo com mais condições para voo com esse equipamento.

O Aeroclube de Tatuí foi declarado entidade de utilidade pública em 19 de dezembro de 1986, pelo Código Brasileiro de Aeronáutica.

A entidade destina-se à pratica e ao ensino das atividades ligadas ao voo, principalmente em planadores. Segundo o piloto e instrutor Monteiro, é o maior aeroclube de voo a vela do país.

Constitui-se de uma estrutura com cinco hangares, posto de abastecimento de Avgás, centro de tecnologia, casa de guarda campo, alojamento coletivo e restaurante. Entre as aeronaves, estão modelos clássicos de planadores, como o Neiva Monitor, o Specht, o Grunau Baby e o Olympia.

No total, a entidade possui 18 aeronaves e 13 planadores, sendo 6 biplaces e 7 monoplaces, 3 aviões rebocadores e 2 motoplanadores. 

Poupatempo Tatuí é inaugurado e já começa a atender a população

Acaba de ser inaugurado pelo Secretário de Gestão Pública, Marcos Monteiro e pelo prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo, o Poupatempo Tatuí, 23º posto da Central de Atendimento ao Cidadão do Estado.

O Poupatempo Tatuí atenderá a população de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas, e aos sábados, das 9 às 13 horas, e vai oferecer mais de 50 serviços presenciais e dois mil eletrônicos, prestados por seis órgãos: Acessa SP (acesso gratuito à Internet), Detran (Departamento Estadual de Trânsito), e-poupatempo (serviços públicos eletrônicos), Instituto de Identificação (IIRGD), Secretaria de Estado do Emprego e Relações do Trabalho (Sert) e Banco do Brasil.

Instalada em área de 1.900 m², a unidade tem capacidade para realizar 2,7 mil atendimentos diários e 59 mil mensais, e conta com uma equipe de 92 funcionários, distribuídos entre contratados e servidores públicos.

O investimento total para a implantação e gestão da unidade, cujas obras foram iniciadas em junho deste ano, é de R$ 25.546.00,00, valor a ser desembolsado pelo Estado em 60 parcelas mensais (cinco anos), e que engloba o investimento para a implantação e o custeio total da manutenção do posto ao longo de todo este período.

Novas ferramentas de modernização - O Poupatempo Tatuí abre as portas para a população já contando com diversos novos mecanismos que estão modernizando e otimizando ainda mais os serviços do Programa: o Sintonia, sistema que monitora os tempos de execução dos serviços em mesa e coleta a opinião do cidadão sobre o atendimento recebido, fazendo a gestão dos serviços do Instituto de Identificação, Detran e Secretaria do Emprego, e os terminais eletrônicos para o pagamento da taxa de emissão da 2ª via do RG e o licenciamento de veículo por meio de cartão de débito, que eliminam a necessidade de o cidadão passar pelo Banco.

Expansão do Programa Poupatempo - Com a inauguração do Poupatempo Tatuí, o Programa passa a contar com 23 Postos Fixos. Doze deles (Osasco, Santos, São José do Rio Preto, Jundiaí, Taubaté, Piracicaba, Caraguatatuba, Araraquara, Cidade Ademar, Presidente Prudente, São Carlos e Tatuí) fazem parte de um grande Plano de Expansão do Governo de SP, que prevê ainda a implantação de Unidades nos municípios de Araçatuba, Franca, Marília, Sorocaba, Botucatu, Rio Claro, Mogi das Cruzes e Lapa, na capital paulista.

Somente com o final desta primeira fase, a capacidade diária de atendimento do Programa Poupatempo será ampliada em 50%, passando dos 95 mil atendimentos realizados à época do anúncio da expansão, em outubro de 2007, para mais de 140 mil atendimentos diários.

Programa Poupatempo - O Poupatempo é um Programa do Governo do Estado de São Paulo, vinculado à Secretaria de Gestão Pública e administrado pela Prodesp - Tecnologia da Informação. Desde a inauguração do primeiro Posto, em 1997, o programa prestou mais de 269 milhões de serviços.

Fonte: AI/Governo do Estado/Ternura FM 

8º Festival de MPB de Tatuí recebe inscrições até 21 de janeiro

O Conservatório de Tatuí recebe até 21 de janeiro de 2011 inscrições ao 18º Festival de MPB – Certame da Canção, evento realizado pela Secretaria de Estado da Cultura e oficializado pelo decreto nº 40.833/96.

Em 2011, o Certame da Canção será realizado nos dias 25, 26 e 27 de fevereiro de 2011. Seus objetivos são incentivar a MPB, direcionar o interesse da população e mostrar a importância da arte como fonte de cultura e lazer, aprimorar e desenvolver a cultura musical, promovendo um intercâmbio artístico-cultural, altamente gratificante a todos os elementos geradores da cultura, e revelar novos talentos.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas mediante envio de CD, ficha de inscrição e documentos pelos Correios (ou entregues pessoalmente), endereçado ao Conservatório de Tatuí como 18º Festival de MPB de Tatuí, à Rua São Bento, 415 - CEP: 18270-820 - Tatuí/SP. Cada participante pode inscrever até duas músicas. A ficha de inscrição pode ser localizada no site www.conservatoriodetatui.org.br/festivaldempb

 Vinte músicas serão selecionadas para as fases eliminatórias nos dias 25 de fevereiro (dez músicas) e 26 de fevereiro (dez músicas). Dez serão escolhidas pelo júri para a finalíssima do dia 27 de fevereiro. Os intérpretes serão acompanhados por uma orquestra do festival formada por músicos do Conservatório de Tatuí.

A melhor composição receberá prêmio de R$ 10 mil. Também serão distribuídos prêmios de R$ 6 mil ao segundo colocado; R$ 4 mil ao terceiro colocado; R$ 3 mil ao quarto colocado; R$ 2 mil ao quinto colocado; além de R$ 1 mil ao melhor intérprete e à música de aclamação popular. A ajuda de custo será de R$ 600.

O Certame da Canção integra a série de eventos que compõem o Festival de MPB, que inclui, ainda, Painel Instrumental e Raiz e Tradição. Na última edição, ele recebeu 394 inscrições e foi vencido por Ito Moreno, de São Paulo, que defendeu a música “Um Dia Daqueles”.

 SERVIÇO
 18º Festival de MPB – Certame da Canção
 25, 26 e 27 de fevereiro de 2010
 Inscrições gratuitas até 21 de janeiro de 2011

Tatuí inaugurou hoje o Poupatempo

Foi inaugurado, na manhã de hoje, dia 20 de dezembro, o 23º posto da Central de Atendimento ao Cidadão do Estado, também conhecido como Poupatempo, na cidade de Tatuí. A área de 1900 m² teve o investimento de aproximadamente R$ 10 milhões.


Prefeitura dinamiza Programa de Arborização Urbana em Tatuí





Entre as ações da Prefeitura de Tatuí que buscam promover uma melhoria da qualidade de vida da população está o Programa Municipal de Arborização Urbana realizado pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Este programa orienta, divulga e implanta as diretrizes da arborização urbana no município. As ações envolvem tanto a orientação técnica sobre as mudas a serem plantadas, como o local e o modo de plantio (incluindo tamanho de mudas, espaçamento entre elas e variedade a ser usada).

Um instrumento legal e parte integrante deste Programa é o Plano Diretor de Arborização Urbana, (Pdau) que foi elaborado com a intenção de regulamentar, unificar e divulgar as informações acerca dos aspectos técnicos da arborização dentro do município. Ainda na forma de projeto de lei, o Pdau já foi analisado e aprovado pelos Conselhos Municipais de Meio Ambiente (COMDEMA) e de Desenvolvimento Urbano (COMPLAAT) e espera aprovação da Câmara Municipal.

A Secretaria de Meio Ambiente conta com a adesão de grande parte da sociedade na implantação deste Programa. Exemplos disto encontram-se através das ações realizadas por moradores da cidade. A arquiteta Carolina Pivetta buscou orientação acerca das mudas a serem plantadas na calçada em frente ao imóvel de sua propriedade e deixou os canteiros das árvores adequados, de forma criativa e ecologicamente correta.

O Sindicato dos Metalúrgicos, na sede do seu Clube de Campo (ao lado do Jardim Lírio), fez a arborização do seu estacionamento e de seu espaço interno com uma variedade de mudas indicadas para arborização urbana (altura em média de 2,50m), usando técnicas de plantio e espaçamento corretos, totalizando mais de 150 mudas de espécies florestais, dentre elas, ipê rosa, cássia, sibipiruna, cedro-rosa e falso-barbatimão.

O morador da Chácara Cambará, no Jurumirim, Daniel Moratto Garcia, realizou o plantio de 10 mudas de sibipiruna por iniciativa própria, ao longo da via pública, pensando no benefício advindo do crescimento destas para todos os moradores do entorno.

Sabendo que é um direito e não um dever ter uma árvore em frente a sua residência é que a parceria entre poder público e sociedade é incentivada pela Secretaria do Meio Ambiente, pois entende-se que esta é essencial para efetiva implantação do Programa de Arborização Urbana. Somente compreendendo os benefícios da arborização nas cidades e sua contribuição para a efetiva melhoria de qualidade de vida dos moradores é que a população irá aderir ao programa e passará a conhecer e a cuidar das árvores de nossa cidade.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente através do DEAVE - Departamento de Áreas Verdes - realiza a orientação para implantação da arborização de forma gratuita.

Os interessados no modelo de calçada ecológica devem entrar em contato através dos telefones: (15) 3251-3250 ou 3259-2731. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail deave@tatuí.sp.gov.br ou pessoalmente, no endereço: Avenida das Mangueiras, nº 422, ao lado da Clínica Mangueiras, em horário comercial.