Nosso Jornal Online

Tatuí, 


sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Moradores reclamam que sofrem com risco de deslizamento de terra há mais de 10 anos em Tatuí

Segundo moradores, prefeitura prometeu tirá-los do local há 10 anos.

Por G1 Itapetininga e Região, com edição do DT

Chuva derruba muro de casa em Tatuí — Foto: Reprodução/TV TEM


19/10/2018 | Moradores do Jardim Europa, que sofreram com deslizamento de terra na Favela da Biquinha após forte chuva nesta quinta-feira (18), em Tatuí, reclamam que sofrem com essa situação há anos.

De acordo com eles, em 2008 um contrato chegou a ser feito entre a Prefeitura e a Caixa Econômica Federal para construção de um Conjunto Habitacional. A obra estava prevista para começar em 31 de dezembro do mesmo ano mas, segundo a moradora Aline Barbosa Jerônimo, nada foi realizado.

“Estão falando das casinhas, mas até agora nada. Só ficam enrolando e toda vez que passamos lá as casinhas ainda não estão prontas”, conta.

Na madrugada desta quinta-feira o muro de uma casa foi atingido e desabou com a forte chuva. Parte da área da lavanderia e do banheiro ficou comprometida e o telhado ficou pendurado pelas tábuas que resistiram.

Aline conta que a chuva durou aproximadamente uma hora e foi assustador. Ela mora no local há 20 anos e diz que toda vez que chove é isso.

“Foi um estrondo, eu até achei que era na casa do vizinho. Meu marido achou que era um caminhão, mas minha vizinha gritou e nós vimos que era nossa casa."

Foto: Reprodução/TV TEM

Ainda segundo a moradora, na última chuva forte os moradores improvisaram as tábuas para segurarem a terra e evitar que o barranco cedesse. Além disso, nas paredes das casas foram feitos buracos para evitar que a água causasse inundações. “Toda vez que chove é a mesma coisa. Se chover ninguém dorme. É água que entra, bicho que aparece, muro que cai e inunda a casa", diz Tatiane Coelho, que também mora no bairro com outras 47 famílias.

Em um documento de 2014, um laudo técnico da Defesa Civil já alertava sobre o risco, principalmente em relação às enchentes e inundações.

Foto: Reprodução/TV TEM

Deslizamentos | Nesta quinta-feira (18) a Defesa Civil foi até o local avaliar os estragos, porém o funcionário não confirmou o que deve ser feito com as famílias. ”A gente não sabe nem para onde vai. Eu estou com medo de ficar na minha casa. Vou levar meus filhos na casa do meu irmão, porque imagina se dorme e cai na gente? Minha cachorrinha ficou presa. Imagina se é uma criança?”, afirma Tatiane.

A Prefeitura de Tatuí afirmou que algumas casas desse contrato com a caixa já foram construídas e entregues em 2009. A prefeitura também disse que estão em construção outras 20 casas populares que devem ser ocupadas por moradores de área de risco, como o Jardim Europa, já cadastrados pela assistência social. A previsão de entrega é para o segundo semestre de 2019.

A prefeitura afirmou ainda que a assistência social e a Defesa Civil estão no bairro realizando uma visita para decidir o que será feito com as famílias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário