Nosso Jornal Online

Tatuí, 


domingo, 28 de outubro de 2018

Camil Alimentos anuncia aquisição da SLC Alimentos

Em Tatuí, a SLC, agora da Camil, está instalada no Distrito Industrial Amaro Padilha (ao lado da Ceagesp)

Foto: Divulgação Camil Alimentos anuncia aquisição da SLC Alimentos

26/10/2018 | A aquisição acelera a consolidação do mercado de grãos. Com valor de R$ 308 milhões, negociação inclui as marcas Namorado, Butuí, Bonzão e Americano, além de cinco unidades fabris e seis centros de distribuição

A Camil Alimentos S.A. (B3: CAML3), uma das maiores empresas de alimentos da América do Sul, anuncia a aquisição de 100% da SLC Alimentos Ltda. Dona da marca Namorado, top of mind no Rio Grande do Sul, a SLC Alimentos Ltda registrou faturamento líquido de R$ 512 milhões (2017) e foi avaliada em R$ 308 milhões. A empresa atua na industrialização e comercialização de arroz, feijão e lentilha e está presente nas cinco regiões do Brasil, além de exportar para mais de 20 países.

A compra da SLC Alimentos está alinhada com a estratégia de crescimento da companhia que consiste em ampliar a liderança no mercado brasileiro de arroz e feijão e realizar aquisições estratégicas que agreguem escala ao modelo de negócios. Representa ainda uma oportunidade de crescimento nos mercados das regiões Sul, Sudeste e Nordeste, bem como adiciona ao portfólio da Camil Alimentos marcas com relevância de mercado, aumentando a competitividade no segmento Ocupação.

“Temos um histórico consistente de crescimento tanto de maneira orgânica como por meio de aquisições estratégicas. Desde a abertura de capital, realizada em 2017, estávamos em busca de uma companhia que complementasse a atuação da Camil e agregasse participação em mercados estratégicos. Temos marcas líderes, nas quais investimos continuamente. Faz todo o sentido adquirimos uma marca relevante como Namorado”, afirma Luciano Quartiero, CEO da Camil Alimentos.

A aquisição da SLC Alimentos Ltda também inclui as marcas Butuí, Bonzão e Americano. As cinco unidades fabris - localizadas em Alegrete (RS), Capão do Leão (RS), Jaboatão dos Guararapes (PE), Paraíso do Tocantins (TO) e Tatuí (SP) - além de seis centros de distribuição em Brasília (DF), Conceição do Araguaia (PA), Caucaia (CE), Jandira (SP), Porto Alegre (RS) e Simões Filho (BA) também fazem parte da negociação. A operação envolverá também 5 plantas e 8 CDs no Brasil, gerando mais capacidade produtiva e maior capilaridade para Camil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário