Nosso Jornal Online

Tatuí, 


sábado, 6 de outubro de 2018

85.353 eleitores estão habilitados a votar em Tatuí

Ordem de votação foi alterada

06/10/2018 | Eleitores de todo o país vão às urnas neste domingo, pela primeira vez desde o golpe de estado que derrubou a presidente Dilma Rousseff, para eleger um novo presidente da República, governador do Estado, dois senadores, deputados federais e estaduais. Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apontam que o perfil do eleitorado está diferente da última eleição, em 2014.

Em Tatuí, são 85.353 eleitores, sendo 40.598 homens e 44.721 mulheres. Os eleitores com biometria representam 22,38%, sendo 19.105. Já os sem são 77,62%, sendo 66.248. A Escola Estadual Barão de Suruí é o local com o maior número de seções em Tatuí, sendo 20 seções.

Confira qual é a ordem de votação na urna eletrônica. Eleitores vão votar seis vezes neste domingo

A ordem de votação sofreu uma pequena mudança este ano em relação ao pleito de 2014, quando o primeiro voto foi dado para o deputado estadual. A mudança decorre da Lei nº 12.976, de maio de 2014, que alterou o parágrafo 3º do artigo 59 da Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997) .

Ordem de votação

O eleitor escolherá primeiro o deputado federal (quatro dígitos). Depois, será a vez de votar para um deputado estadual (cinco dígitos), dois senadores (três dígitos), um governador (dois dígitos) e, por fim, o presidente da República (dois dígitos).

Ao digitar os números, aparecerão a foto, o número, o nome e a sigla do partido do candidato. Se as informações estiverem corretas, aperte a tecla verde Confirma. Para o cargo de senador, o eleitor deve fazer a operação duas vezes. 

A urna eletrônica também tem a tecla Corrige, que permite ao eleitor mudar o voto caso detecte algum erro.

Voto na legenda

Nos casos de deputado federal e estadual, o eleitor pode votar no partido, sem escolher um candidato específico. Neste caso, é preciso apertar dois dígitos (números do partido). Antes da confirmação do voto, a urna apresentará a informação do respectivo partido e mensagem alertando ao eleitor que, se confirmado o voto, ele será computado para a legenda. 

Voto nulo e em branco

É obrigatório o comparecimento às urnas, porém, há a opção de não votar em ninguém, apertando a tecla Em Branco. Caso o eleitor digite e confirme um número que não corresponde a nenhum candidato ou partido, o voto será nulo. esses votos não são considerados válidos, ou seja, não entram na contagem para escolha de um candidato, são usados apenas para estatísticas.

Eleitores votam neste domingo (7) — Foto: Caio Gomes Silveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário