Boletim de informações COVID-19 n° 126 Tatuí, 02 de junho de 2020 - 11h

173 CONFIRMADOS
124 RECUPERADOS
10 ÓBITOS
22 SUSPEITOS
1 ÓBITOS SUSPEITOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí enfoca ‘poema sinfônico’

A Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí, faz no próximo dia 10 de setembro – quinta-feira – o primeiro concerto do segundo semestre. Sob regência de Dario Sotelo, a apresentação será a partir das 20h30, no teatro Procópio Ferreira (rua São Bento, 415), com ingressos vendidos a R$ 12 (R$ 6 meia entrada).

O concerto contará com participação especial do trompista Rafael Proença, solista convidado para apresentação da peça “Cape Horn – Para Trompa e Banda”, de Otto Schwarz. Proença, que também é professor do Conservatório de Tatuí, iniciou seus conhecimentos musicais aos cinco anos com o avô Francisco Pastori e o pai Valdomiro S. Proença. Aos nove anos, ingressou no Conservatório de Tatuí com o professor Joel Bernardes Pereira, formando-se em 1999 na classe do professor Luiz Garcia Junior. É o primeiro trompa e chefe de naipe da Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí, além de lecionar em Sorocaba.
Além da obra de Schwarz, o programa contará com composições de Jan Van der Roost (“Volcano – Poema Sinfônico”), Alfred Reed (“Segunda Sinfonia”, em três movimentos), Richard Wagner (“Abertura dos Mestres Cantores”, com transcrição de Mark Hindsley).
De acordo com o maestro Dario Sotelo, o concerto foca o poema sinfônico, tema deste ano do grupo. 

“Desta vez, ele é mostrado elevado a grandes estruturas musicais por Richard Strauss. As obras deste concerto têm uma relação direta através tanto do poema sinfônico quanto com Strauss através de seus compositores”, inicia ele. “Tanto Jan Van der Roost quanto Otto Schwarz, compositores da Europa Central, tomam o poema sinfônico como formato estrutural para suas obras, tanto a abertura quanto Cape Horn, obra para trompa solo e sopros, inspirada na região do cabo chileno. A Segunda Sinfonia de Alfred Reed e a Abertura dos Mestres Cantores de Richard Wagner são duas obras muito relacionadas, tendo em vista que Reed sempre declarou sua grande admiração por Wagner e toma a última melodia como material básico para o segundo movimento de sua terceira Sinfonia”, explica ele.

SERVIÇO
Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí
Rafael Proença, trompa
Dario Sotelo, regência
Quinta-feira . 10 de Setembro de 2015 . 20h30
Teatro Procópio Ferreira
Rua São Bento, 415
Ingressos: R$ 12 (R$ 6 meia entrada)
Informações: 15 3205-8444

Nenhum comentário:

Postar um comentário