Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

terça-feira, 15 de março de 2016

Página do COBAT - Conselho de Bairros de Tatuí

ANTÔNIO DE PÁDUA OLIVEIRA


Você sabia que existem vários tipos de lixo? O doméstico, o hospitalar, o industrial, o lixo nuclear, o lixo agrícola, o lixo tecnológico e outros? Os vários tipos de lixo são classificados como lixo orgânico e lixo inorgânico O lixo orgânico é formado por material de origem biológica, como restos de alimentos, bebidas, plantas, animais mortos, papéis molhados, cascas de frutas, flores, aparas de madeira, cinza.

O lixo orgânico pode virar adubo ou ser usado em usinas termoelétricas para produção e energia com base no gás que emite. Outras vezes esse mesmo lixo é utilizado para compostagem, sendo necessário então que se retire gorduras, lacticínios, carne de peixe e frutos do mar, cinzas. O lixo orgânico quando acumulado nas lixeiras, containers ou lixões é super mal cheiroso porque os produtos orgânicos vão apodrecendo ao mesmo tempo em que passam a poluir o ar na proximidade. Esse apodrecimento, até o completo desaparecimento do lixo orgânico é chamado de “decomposição”. Não esquecer que o lixo orgânico contém bactérias, fungos, vírus, podendo assim causar várias doenças. Já o lixo inorgânico é formado em parte por papéis secos, plásticos, vidros, metais ferrosos e não ferrosos. Aconselha-se a separar o lixo orgânico do inorgânico. 

O lixo domestico é aquele produzido em casa, bares, restaurantes, supermercados e lojas. Ele pode ser chamado de domiciliar ou urbano. É composto por restos de comida, papéis, vidros, plásticos e normalmente é levado para aterros sanitários, ou seja, locais próprios para depósito desse lixo.

O lixo hospitalar é o lixo de hospitais, farmácias, postos de saúde, casas veterinárias etc. São seringas, vidros de remédios, algodão, gaze, restos de órgãos humanos. Esse é um tipo de lixo com o qual devemos ter um grande cuidado,  uma vez que ele é muito perigoso e pode transmitir doenças. Deve ter um tratamento especial desde o momento de sua coleta até sua deposição final. Precisa ser transportado em veículos especiais e encaminhado para o incinerador, local onde é queimado.

Lixo industrial é aquele que vem das industrias e pode conter restos de alimentos, madeiras, tecidos, couros, metais, produtos químicos. Pode ser perigoso, até mesmo tóxico, por isso não pode ir para os mesmos aterros sanitários que o lixo domestico.

O lixo nuclear, mais raro por aqui, vem das atividades que envolvem produtos radioativos. É o lixo produzido principalmente pelas usinas nucleares ou laboratórios de exames clínicos, onde são feitos os exames de sangue e urina, por exemplo. Deve ser transportado, tratado e isolado com o máximo cuidado, segundo as normas de segurança internacionais, para que assim seja evitado qualquer tipo de contaminação.

O lixo agrícola é aquele que vem das áreas rurais. É o resto de colheitas, sobras de fertilizantes, agrotóxicos, esterco, rações e produtos veterinários.

Lixo tecnológico é composto por retos de aparelhos eletroeletrônicos e seus componentes, sucatas de informática, pilhas, baterias e produtos magnetizados.

Apesar de em Tatuí existirem nas esquinas containers plásticos ou grandes lixeiras em material ferroso para o depósito do lixo orgânico diário, já notamos sacolas com lixo nas sarjetas, que no caso de chuvas podem ir entupir bocas de lobo, sacolas plásticas com lixo penduradas em árvores através de pregos colocados em seu tronco. Nesse caso o cidadão comete duas agressões à natureza, mutilando a árvore ao colocar pregos nela e não colocando o lixo em seu devido lugar. Se você que me lê, fizer um passeio por alguns estradas vicinais, caminhos rurais, caminhos que atravessem plantações como de cana, você notará que ás margens desse mesmo caminho há grande quantidade de lixo jogado, lixo como sofás velhos, vasos sanitários, partes de caibros, restos de portas ou janela, entulho ou mesmo restos de construção, tudo isto demonstrando a irresponsabilidade do cidadão que faz esse tipo de serviço. Com isso ele acredita estar agredindo as autoridades responsáveis, mas ao contrário ele está agredindo a si mesmo e ao seu próximo, formando criadouros de insetos, repteis, etc. além de estar criando um mal estar ambiental, sujo, mal cheiroso às vezes. Quanto aos containers, já notamos pessoas depositando ali papéis higiênicos sem proteção alguma, restos de comida, pequenos galhos e folhas de árvores, pequenos caibros, pequenas caixas de papelão tomando o espaço. 

Procure saber a que horas o caminhão de coleta passa na vossa rua, coloque o lixo gerado na vossa casa minutos antes dele passar, assim estará livre de que a sujeira se espalhe pela calçada através de mordidas de cães que certamente estão à procura de comida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário