Boletim de informações COVID-19 n° 126 Tatuí, 02 de junho de 2020 - 11h

173 CONFIRMADOS
124 RECUPERADOS
10 ÓBITOS
22 SUSPEITOS
1 ÓBITOS SUSPEITOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Voz do narrador é tema do “Passa balaio trançado de sonhos” em Tatuí

A partir do dia 21 de outubro, os alunos das educadoras que aderiram ao projeto passam a receber a visita da escritora e contadora de histórias, Carmelina de Toledo Piza. Os cerca de 2 mil alunos da rede municipal receberão a obra “Caju, uma história de amor”, assinada por Carmelina.

Baseadas na obra “O leopardo da Letícia”, atividades objetivam invenção de histórias - Um enredo não muito comum às histórias de vovós e netos é a trama perfeita para o sétimo encontro de “Passa balaio trançado de sonhos”, em Tatuí. Baseadas na obra da carioca Ana Margarida Mignone, “O leopardo da Letícia”, as atividades propostas objetivam preservar a voz do narrador ao passo em que são criadas novas e criativas histórias.

A escritora e contadora de histórias, Carmelina de Toledo Piza, conduz o encontro a fim de trabalhar com os 50 educadores um dos elementos de grande importância durante a 'contação' de histórias, a voz. “Preservar a voz do narrador é fundamental. É muito comum o trabalho com várias vozes. Eu não recomendo, não faço a voz da bruxa, do dragão... Aconselho usar o corpo e panos para a identificação dos personagens. Pois quem não sabe usar a voz poderá agredi-la” , ressalta a contadora.

Além do trabalho com a voz, o sétimo encontro tem, também, a proposta de apresentar a história de Letícia, mais uma que irá direto para o balaio das educadoras. “O leopardo da Letícia” (Editora Adonis) é a sétima obra a ser entregue às professoras e trata de uma garota que adora inventar histórias e contá-las para sua avó. Trama perfeita para Carmelina estimular a criatividade das professoras. “Como é uma história ao contrário, ou seja, não é a avó que conta, e sim a menina, vamos brincar de inventar histórias”, revela a escritora ainda fazendo mistério sobre o material a ser produzido.

A cada novo encontro, baseado em uma obra literária, Carmelina apresenta às professoras materiais que incrementam a 'contação' de histórias e podem ser trabalhados em sala de aula.

Além de Tatuí, “Passa balaio trançado de sonhos” acontece, também, na cidade de Bauru/SP, onde realiza, na próxima semana, o último encontro de formação com educadores. No total são 100 educadores e cerca de 4 mil alunos beneficiados, nas duas cidades, pela iniciativa.

Com realização da Editora Adonis, “Passa balaio trançado de sonhos” tem parceria da Prefeitura Municipal de Tatuí e da Prefeitura Municipal de Bauru, patrocínio da PANCO, produção cultural de 3marias Produtora Cultural, agenciamento de LS Nogueira e apoio do ProAC - Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo - Secretaria da Cultura.

Serviço
"Passa balaio trançado de sonhos"
Sétimo encontro
Das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30
Pré-Escola Profa. Benedita Pereira Fiúza Orsi

Nenhum comentário:

Postar um comentário