Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE


quarta-feira, 29 de outubro de 2003

Pré-vestibulandos lesados de Tatuí podem se inscrever na Fuvest

29/10/2003 14:17 - Da assessoria da deputada Maria Lúcia Amary

O juiz Carlos Alberto Maluf, da 4ª Vara de Direito da Comarca de Tatuí, concedeu na última sexta-feira, 17/10, a medida cautelar 1247/03 que permite a 130 pré-vestibulandos do cursinho "Anglo Unidade Tatuí" efetuarem matrícula fora do prazo expresso na manual do candidato para os exames a serem aplicados pela Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest), do ano letivo de 2004.

Segundo o advogado contratado para defendê-los, Erasmo Mendonça De Bôer, os pré-vestibulandos foram lesados pela empresa "Acinvesti Vestibulares", que, embora tenha recebido dos alunos o dinheiro e a ficha de inscrição, não efetuou as matrículas. O advogado, na tentativa de efetuá-las fora do prazo determinado, fez contato com a deputada Maria Lúcia Amary (PSDB), integrante da Comissão de Educação da Assembléia Legislativa. A assessoria da deputada foi informada pela Fuvest da impossibilidade de efetuar matrícula fora do prazo estabelecido no manual. O Conselho Curador da Fuvest reuniu-se para discutir o caso e, de forma oficial, deu parecer desfavorável à reivindicação dos estudantes de Tatuí.

Em reunião com os pais dos pré-vestibulandos, o advogado De Bôer comunicou que a intervenção da deputada, ao gerar posição oficial da Fuvest, abriu a possibilidade da ação judicial.

A deputada Maria Lúcia Amary acredita que a decisão da Justiça demonstra a seriedade com que o caso foi tratado, uma vez que essas matrículas não colocam em dúvida a lisura da Fuvest, além de corrigir um erro. 

mlamary@al.sp.gov.br

quinta-feira, 16 de outubro de 2003

Unidade eletrônica da Fazenda será implantada em Tatuí

16/10/2003 17:09 / Da assessoria do deputado Luiz Gonzaga Vieira

O deputado Luiz Gonzaga Vieira (PSDB) intermediou, junto ao governador Geraldo Alckmin, a implantação, em Tatuí, de uma Unidade de Atendimento ao Público (UAP), da Secretaria da Fazenda. A UAP tem como objetivo principal facilitar o acesso da população local aos serviços tributários, por meio de atendimento eletrônico.

Na UAP, a ser instalada na praça da Bandeira, poderão ser feitas, por exemplo, consultas ao sistema do IPVA e ao Imposto de Transmissão de Bens. O recebimento de documentação e de pedidos processuais poderão ocorrer na unidade de Tatuí. O trâmite burocrático e processos documentais continuarão a ser realizados em Itapetininga.

Gonzaga considera as UAPs um dos mais modernos serviços implementados pelo Governo de São Paulo. "Ao mesmo tempo que tornam todo o processo informatizado e dinâmico, elas oferecem agilidade e deixam mais enxuto o quadro de funcionários públicos estaduais", ele explica.

lgvieira @al.sp.gov.br

terça-feira, 7 de outubro de 2003

Laboratório de Produtos Cerâmicos em Tatuí

07/10/2003 16:26 / Da assessoria do deputado Luiz Gonzaga Vieira

O Laboratório de Certificação de Produtos Cerâmicos de Tatuí foi inaugurado oficialmente no dia 27/9. Montado com equipamentos de última geração, na sede da Associação de Ceramistas de Tatuí (Acertar), a estrutura, que já estava em funcionamento, foi obtida por meio de convênio entre o Governo do Estado e a própria associação. 

O deputado Luiz Gonzaga Vieira (PSDB), que participou do evento, conseguiu do governador Geraldo Alckmin e da Secretaria de Ciência e Tecnologia a liberação de recursos. A instalação do laboratório foi orçada em R$ 320 mil. Deste total, 50% caberá ao Estado e 50% , à associação de ceramistas.

A nova estrutura de certificação do produto cerâmico será coordenada pelo Instituto de Pesquisa Tecnológica. O maquinário já está montado e instalado, apto para o funcionamento, que deve começar em 1º de junho. Conforme o presidente da Acertar, Luiz Vargas, equipamentos e tecnologia de ponta foram implantados na unidade de análise. "Teremos aqui um dos melhores laboratórios do Estado, com equipamentos todos novos e muito avançados", explica.

O presidente destacou a ação de Gonzaga na obtenção da conquista: "Temos muito a agradecer ao deputado, que acompanhou toda a tramitação e insistiu com o governador Geraldo Alckmin para que os recursos fossem liberados e para que tivéssemos o apoio técnico do IPT", disse Vargas.