Boletim de informações COVID-19 n° 36 Tatuí, 02 de abril de 2020 - 10h

74
NOTIFICAÇÕES
60
SUSPEITOS
7
DESCARTADOS
7
CONFIRMADOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Versatilidade de Elivelton Santos agradou ao técnico Júlio Malfi e ajudou Tatuí a se garantir na elite paulista

Basquete Masculino - XI de Agosto/AABT/Tatuí

Frederico Batalha

Elivelton Soares (Foto: AI-PMT/Divulgação)

Todo técnico gosta de contar com um jogador versátil e polivalente em seu elenco. No caso do XI de Agosto/AABT/Tatuí, Júlio Malfi tem no aguerrido Elivelton Soares, de 2m03 e 100kg, o seu atleta de múltiplas funções, que dependendo do momento da partida ou do campeonato pode atuar de diferentes maneiras.

“É muito bom, uma vez que consigo me adaptar bem dentro de quadra, graças a Deus fui abençoado geneticamente sendo um cara alto e versátil. Mas, tudo isso também com a força do trabalho”, relatou Elivelton.

Na visão de Malfi, o atleta se adaptou muito bem ao sistema de jogo que vem sendo implementado no XI de Agosto/AABT/Tatuí. “Não conhecia o Elivelton, mas o William Drudi me falou dele e no back in four me surpreendi, conversamos e ele aceitou o desafio. Um jovem talentoso e que atua em várias posições dentro de quadra, que se encaixou muito bem na maneira que entendo que o jogador deve atuar em prol da equipe”, comentou.

“É um jogador que nos ajudou muito a conquistar a vaga para disputar a Série A-1 do Campeonato Paulista em 2020, pois atua de forma bastante física e atlética, que salta e corre muito; todos os técnicos querem contar com uma atleta com essas características, pois o basquete cada vez mais exige um preparo apurado. O Elivelton é jovem, tem tudo para crescer e ser um grande jogador, com um futuro extremamente promissor no basquete brasileiro”, complementou o pivô William Drudi.

Aos 24 anos (06 de maio de 1995), natural de São Roque (SP), Elivelton Santos Soares iniciou carreira na equipe da sua sua cidade natal, depois passou pela Liga Sorocabana-SP, Basquete Osasco-SP, Pequeninos-PB, Brusque-SC e AB Araraquara-SP, antes e vestir a camisa do XI de Agosto/AABT/Tatuí.

“Estou muito feliz porque é um sonho da cidade, um projeto que já tem muito tempo de existência, criado pelo Miguel Lopes Cardoso Junior. Sabia que seria muito difícil o acesso, mas estava muito esperançoso quando aceitei o convite do Júlio Malfi e do Willian Drudi. Mesmo com pouco tempo de treinamento conseguimos colocar em prática o que o Malfi nos pediu e conquistamos o objetivo principal, que era garantir a vaga na elite do basquete paulista em 2020”, explicou Elivelton.

Essa meta inicial atingida deixou o polivalente ainda mais animado. “Estou bem esperançoso e quero fazer um grande ano para conseguir alavancar ainda mais o projeto do Basquete Tatuí”, complementou Elivelton.

Os parceiros do XI de Agosto/AABT/Tatuí são estes: Prefeitura Municipal de Tatuí, Associação Atlética XI de Agosto, Associação de Amigos do Basquete de Tatuí (AABT), Sport Zone, Concreto e Metálico, Lucemi, Pleno – Grupo Moreno, Vioto, EcoLife e Refrigerantes Vieira Rossi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário