Nosso Jornal Online

Tatuí, 


domingo, 4 de agosto de 2019

Projeto transforma bitucas de cigarro em materiais recicláveis em Boituva

São cerca de 20 caixas coletoras de bitucas que foram espalhadas desde agosto de 2015 na cidade; material é transformado em papéis e cadernos.

Por G1 Itapetininga e Região, com edição do DT

Bitucas de cigarro — Foto: Reprodução/TV TEM

04/08/2019 | Bitucas de cigarros estão sendo transformadas em materiais recicláveis, como papéis e cadernos, em um projeto de sustentabilidade realizado em Boituva.

São cerca de 20 caixas coletoras de bitucas que foram espalhadas pelas ruas desde agosto de 2015 na cidade. A cada 15 dias, uma equipe da prefeitura faz a coleta e encaminha para uma indústria de Votorantim (SP).

Bitucas de cigarros se transformam em papel em projeto realizado em Boituva

Marcos Poiato é dono da fábrica e explica que, no início, as bitucas passam pela triagem. Os funcionários devem estar sempre vestindo equipamentos de proteção devido às toxinas.

“É comum encontrarmos pilhas, palitos de sorvete, diversas embalagens, tudo que não deveria estar nas caixas. A triagem separa o lixo das bitucas para que elas sejam processadas. Com água e uma solução química, as bitucas se transformam em massa celulósica que é o papel reciclado. Sem essa tecnologia nada disso seria possível”, conta.

Após o processo, o material é transformado em cadernos, chaveiros, quadros, blocos de anotações e produtos que são vendidos. O dinheiro arrecadado é destinado a ateliês e ONG's.

Prejuízos do cigarro

Segundo o secretário do Meio Ambiente e Agricultura da cidade, Rodolfo Araújo, o descarte indevido do cigarro é prejudicial para o meio ambiente e também pode causar danos aos moradores.

“Os garis sempre comentavam que tiravam grande quantidade de bitucas das praças. Eu mesmo presenciei uma vez uma criança pegando uma bituca de cigarro e colocando na boca”, diz.

Além disso, a analista ambiental Larissa Turri conta que há milhares de substâncias tóxicas presentes no cigarro. “Aproximadamente sete mil substâncias tóxicas estão presentes, não só no cigarro, como na bituca. Eles têm grande potencial de contaminação dos recursos hídricos do meio ambiente, que seriam lagos, rios, lagoas e o solo”, explica.


Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 12,3 bilhões de cigarros são consumidos por dia no mundo. Das cerca de 56,9 milhões de pessoas que morrem anualmente no mundo, 8 milhões são vítimas do tabaco e 1 milhão morre apenas por estarem expostas à fumaça do cigarro e de outros derivados dele, segundo a OMS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário