Nosso Jornal Online

Tatuí, 


terça-feira, 21 de maio de 2019

Sarau cumpriu com o compromisso de potencializar as narrativas da população negra de Tatuí

O I Sarau Afro 'Resistências Quilombolas' foi encerrado no domingo, 19

I Sarau Afro de Tatuí - "Resistências Quilombolas"

O Museu Histórico Paulo Setúbal encerrou a 17ª Semana Nacional de Museus no último domingo (19/05), com uma rica programação desenvolvida pela agência Akoma - Projetos Educacionais e Sociais, que promoveu o I Sarau Afro de Tatuí - "Resistências Quilombolas". O evento contou com o apoio da COOP - Cooperativa de Consumo, do Educrescere, da Fatec Tatuí, da Justiça Restaurativa e do LGBT+ Tatuí.

Centenas de pessoas de Tatuí e de outras cidades do interior de São Paulo, tais como Birigui, Boituva, São Paulo, Assis, Itapetininga, Jandira, Salto, Alambari, Iperó, Sorocaba e São Manuel registraram presença, além de moradores de Minas Gerais - dos municípios de Andrelândia e Pouso Alegre - e da Argentina. O presidente do Conselho Editorial da Revista Raça, Maurício Pestana, também estava presente.

"O I Sarau Afro trouxe para Tatuí, em forma de poesia, de canto, de dança, de capoeira, do maracatu, de olhares, de muitas crianças, da presença dos mais velhos e da espiritualidade, a possibilidade de transmitirmos o sentimento de amor entre os presentes", destacou o diretor municipal de Cultura, Rogério Vianna.

No evento, foram homenageados Dito Rolim e Zé Rolim, com a presença de seus familiares. Na gastronomia destaque para o acarajé, que sempre compõe a Feira de Artesanato. As comunidades senegaleza e angolana estavam presentes com seus trajes característicos. Um dos pontos altos do Sarau foi a intervenção educativa da pedagoga Daniela Andrade com o seu projeto afro de contação de histórias, que reuniu crianças, pais e avós.

De acordo com Rosângela Nzuri Lourenço, produtora do evento, "o I Sarau Afro cumpriu com o compromisso de potencializar as narrativas da população negra da cidade, promovendo novos artistas oriundos do Conservatório de Tatuí, do projeto Guri e de outros movimentos da cena musical tatuiana".

Nenhum comentário:

Postar um comentário