Nosso Jornal Online

Tatuí, 


terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Idoso perdido em mata de Sarapuí relata como sobreviveu por cinco dias

'Bebi água com barro'. Agostinho de Oliveira, de 81 anos, é de Mairinque (SP) e estava desaparecido desde segunda-feira (4). Um grupo de motociclistas encontrou o idoso em Sarapuí no sábado (9).

Idoso foi socorrido com a ajuda de motos e de um trator, em Sarapuí (SP) — Foto: Jair Almeida/Arquivo pessoal

Por G1 Itapetininga e Região, com edição do DT

11/02/2019 | O idoso de 81 anos Agostinho de Oliveira, que foi encontrado em uma área de mata em Sarapuí (SP) na tarde de sábado (9), afirmou que para sobreviver fez cabanas com palhas de árvore e bebeu água com barro. O idoso ainda afirma que não se alimentou durante os dias em que ficou perdido na área, que é de difícil acesso.

De acordo com o boletim de ocorrência, Agostinho saiu de carro na última segunda-feira (4) para ir visitar a irmã em São Roque (SP), e desapareceu. Além disso, ainda conforme o boletim, o idoso sofre de distúrbios mentais e toma remédios controlados para o coração.

Ele foi encontrado por motociclistas, a cerca de 85 quilômetros de distância de Mairinque (SP), onde mora com a família. Foi socorrido e levado para o hospital de Itapetininga.

Desaparecimento

Em entrevista ao G1, a amiga da família, Luciene de Souza, contou que Agostinho avisou a esposa que iria visitar a irmã, mas ele não chegou ao local e também não voltou para casa.

No sábado, um motociclista entrou em contato com a esposa do homem para avisar que o tinha encontrado em uma área de mata em Sarapuí. O motociclista, Jair de Almeida, explicou que ele e alguns amigos estavam fazendo uma trilha em uma área de mata quando viram o idoso sozinho e desorientado.

Jair explica que, para tirar o idoso da mata, ele e os amigos pediram ajuda do morador de uma chácara, que disponibilizou um trator. “Como ele [Agostinho] não conseguia ficar em pé, levamos ele de moto até uma parte do caminho e depois de trator”, explica o motociclista.

Agostinho estava lúcido no momento em que foi encontrado, mas explicou que não sabia como havia chegado até o local. O idoso também não soube explicar onde estava o carro que ele dirigia quando saiu de casa, alegando que o veículo ficou atolado em algum ponto no meio da mata. Ele informou onde morava e o nome da esposa.

Ele foi levado até a chácara, onde bebeu água e recebeu alguns cuidados até a chegada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Agostinho foi encaminhado para o Hospital de Itapetininga com machucados nos joelhos e arranhões pelo corpo. De acordo com a Luciene, a esposa do idoso foi ao hospital no domingo (10) para buscar o marido e levá-lo para casa.

Apesar de ainda estar debilitado, Agostinho pediu para falar com a equipe do G1, e agradeceu a ajuda dos motociclistas. “Estou bem melhor, eles me salvaram. Usaram moto, trator, fizeram tudo o que podiam. Foi Deus quem me salvou através deles", afirma.

Idoso foi encontrado em área de mata em Sarapuí (SP) — Foto: Jair Almeida/Arquivo pessoal

Nenhum comentário:

Postar um comentário