Nosso Jornal Online

Tatuí, 


terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Gas Natural Fenosa passa a se chamar Naturgy no Brasil

Mudança de marca está alinhada com estratégia global do grupo. 

Rio de Janeiro, 06/12/18 - A Gas Natural Fenosa, seguindo posicionamento global do grupo, passou a se chamar Naturgy, desde ontem, dia 10 de dezembro, no Brasil. A multinacional espanhola é responsável pelo controle das distribuidoras de gás da Gas Natural Fenosa, em São Paulo; Ceg e Ceg Rio, no Rio de Janeiro; e da Gas Natural Serviços, que atua no mercado de soluções energéticas no estado do Rio de Janeiro. Além disso, a empresa possui operações em energias renováveis.

“A nova marca Naturgy, adotada recentemente pela matriz na Espanha, reflete a atual proposta da empresa: ser um dos principais operadores globais de energia. O grupo tem hoje, no mundo, 22 milhões de clientes em mais de 30 países, nos setores de gás e eletricidade”, afirma Katia Repsold, Country Manager da Naturgy no Brasil.

Os consumidores deverão ficar atentos a algumas mudanças. No Rio de Janeiro, a empresa deixará de utilizar os nomes Ceg e Ceg Rio, passando a usar apenas a nova marca Naturgy. Já em São Paulo, haverá apenas a substituição da marca Gas Natural Fenosa por Naturgy. A Gas Natural Serviços, por sua vez, passará a se chamar Naturgy Soluções.

Para que os consumidores possam conhecer o novo nome, a mudança será divulgada em campanha publicitária nos próximos quatro meses e por meio dos canais próprios da empresa, como site, redes sociais e contas de gás. 

Izaias do Bandolim faz encontro e concerto no Conservatório de Tatuí

Grupo de choro tradicional de São Paulo visita a Capital da Música nesta quarta-feira, dia 12, com “Homenagem a Jacob do Bandolim”

Izaías e seus Chorões

O Conservatório de Tatuí recebe nesta quarta-feira, dia 12, o músico Izaias Almeida, mais conhecido como Izaias do Bandolim. Ele fará um “Encontro de Choro” às 16h30 e mais tarde, às 20 horas, o concerto “Homenagem a Jacob do Bandolim” com o grupo “Izaias e seus Chorões”. A entrada é gratuita.

Formado em São Paulo no início da década de 1970, o grupo “Izaias e seus Chorões” é um conjunto regional de choro muito elogiado no campo da música popular brasileira. Já tocou em diversos programas de televisão e acompanhou artistas famosos, como Altamiro Carrilho, Paulinho da Viola e Arthur Moreira Lima, entre outros.

Izaias é filho do clarinetista de orquestra Benedito Bueno de Almeida e irmão do violonista Israel de Almeida. Começou a tocar bandolim aos 10 anos de idade e desde cedo já se destacava com o irmão em programas de calouros. Em 1956, conheceu Jacob do Bandolim, que apoiou fortemente a sua carreira e que agora é homenageado pelo grupo.

Neste concerto, o grupo interpretará algumas das mais conhecidas e marcantes obras de Jacob do Bandolim, como “Doce de coco”, “Remelexo” e “Vibrações”, entre outras. O Encontro de Choro será realizado na Sala 10 de MPB/Jazz com o tema “A música de Jacob do Bandolim”. O concerto será no Teatro Procópio Ferreira.

Apoio cultural – O Conservatório de Tatuí tem apoio cultural de CCR SPVias e Coop.

SERVIÇO
Encontro com Izaias Almeida (Izaias do Bandolim)
Tema: “A música de Jacob do Bandolim”
Data: 12 de dezembro, quarta-feira
Horário: 16h30
Local: Sala 10 do Setor de MPB/Jazz

Concerto: “Izaías e seus Chorões – Homenagem a Jacob do Bandolim”
Data: 12 de dezembro, quarta-feira
Horário: 20h00
Local: Teatro Procópio Ferreira
Rua São Bento, 415, Centro, Tatuí-SP
Entrada gratuita

Conservatório de Tatuí realiza primeiras audições de alunos do Curso de Acordeão

Turmas Infantil e Adulto apresentam-se nos dias 13 e 14, na Sala 10 de MPB/Jazz, com entrada gratuita

Acordeão infantil

O Conservatório de Tatuí realiza nesta semana as primeiras audições de classe do Curso de Acordeão, lançado em abril deste ano pela Abaçaí Cultura e Arte. Alunos da turma Infantil apresentam-se nesta quinta-feira, dia 13, às 19 horas. Alunos da turma Adulto tocam na sexta-feira, dia 13, às 14 horas, todos na Sala 10 de MPB/Jazz da escola. A entrada é gratuita.

De acordo com o professor do curso, Bráulio Vidile, a turma Infantil é formada por crianças com idade entre 7 e 11 anos. O repertório traz peças de música erudita e popular do Brasil e de outros países, como “Asa Branca” (Luiz Gonzaga), “Alecrim dourado” (Folclore Português), “A foca” (Vinícius de Moraes), entre outras. “Uma parte do programa será formada por composições escritas por elas mesmas durante o ano letivo”, destaca.

“Os estudantes da turma Adulto apresentarão peças eruditas e de diversos gêneros ligados ao amplo universo do acordeão: música caipira, baião, choro e xote brasileiros, mas também polka, musette francesa, música eslava, tango e chamamé argentino”, acrescenta o professor. Entre as peças, ele cita “Lampião de gás” (Zica Bergami), “No meu pé de serra” (Luiz Gonzaga),”Tico-tico no fubá” (Zequinha de Abreu) e muito mais. 

Bráulio Vidile é formado acordeão pelo Conservatório Mozart de Santos, com Preciosa Kitami. Estudou, em seguida, com Oscar dos Reis, que lhe apresentou o acordeão baixo-solto – instrumento com notas independentes nos baixos, usado atualmente na maioria das instituições europeias. Diplomado em Licenciatura em Música pela Universidade de São Paulo (USP), mudou-se para a Itália, onde obteve duas pós-graduações pelo Conservatório de Florença: Acordeão e Música de Câmara. Estudou também com Mirko Ferrarini e Paolo Gandolfi, além de frequentar aulas e master classes de grandes nomes do acordeão erudito e popular, como Richard Galliano, Teodoro Anzelloti, Renzo Ruggeri e Cláudio Jacomucci. 

Ao longo de dez anos, apresentou-se em vários países da Europa com formações de música de câmara, erudita e popular. Trabalhou também como professor de acordeão e educação musical em dez escolas públicas italianas, com crianças e jovens dos 3 aos 18 anos de idade. De volta ao Brasil, atuou por três anos como acordeonista e pianista da Escola de Dança do Theatro Municipal de São Paulo. Atualmente, leciona no Curso de Acordeão do Conservatório de Tatuí.

Apoio cultural – O Conservatório de Tatuí tem apoio cultural de CCR SPVias e Coop.

SERVIÇO
Audição de Classe: Acordeão Infantil
Braulio Vidile, professor responsável
Cristiane Blóes, coordenação
Data: 13 de dezembro, quinta-feira
Horário: 19h00

Audição de Classe: Acordeão Adulto
Bráulio Vidile, professor responsável
Érica Masson, coordenação
Data: 14 de dezembro, sexta-feira
Horário: 14h00
Local: Sala 10 do Setor de MPB/Jazz
Rua São Bento, 415, Centro, Tatuí-SP
Entrada gratuita

4ª Mostra de Prática de Conjunto segue com vários concertos gratuitos

Evento reúne apresentações de todos os grupos pedagógicos do Conservatório de Tatuí e continua até 16 de dezembro

Ensemble Performance Histórica

A 4ª Mostra de Prática de Conjunto 2018 do Conservatório de Tatuí traz nesta semana concertos de mais sete grupos pedagógicos mantidos pela tradicional escola de música tatuiana. Todos com entrada gratuita.

Nesta quinta-feira, dia 13, às 18 horas, três Cameratas Juvenis e a Camerata Jovem de Violões do Conservatório de Tatuí sobem ao palco do Teatro Procópio Ferreira. O repertório traz músicas brasileiras de Chiquinha Gonzaga, Xisto Bahia, Lupicínio Rodrigues, Waldir Azevedo, Waldemar Henrique, Heitor Villa-Lobos, Geraldo Vandré e muito mais. A professora responsável é Márcia Braga.

No mesmo dia, às 19 horas, o Grupo de Performance Histórica Jovem do Conservatório apresenta-se no Auditório da Unidade 2. O programa traz uma seleção de obras da chamada “Música Antiga”, praticada na Europa entre os séculos 16 e 18. Além de resgatar as composições do período, o grupo usa réplicas de instrumentos musicais da época e leva o público a reviver o clima dos palácios de antigamente. A professora responsável é Débora Ribeiro.

Para fechar a noite, o Grupo de Saxofones do Conservatório de Tatuí assume o palco do Teatro Procópio Ferreira às 20 horas. O concerto traz “Quadros de uma exposição” (Modest Mussorgsky), “Fantasie” (Jules Demersseman), um Medley de “O Fantasma da Ópera” (Andrew Lloyd Webber), “Bolero” (Maurice Ravel) e “Mourão” (César Guerra-Peixe). O professor responsável é Marcos Pedroso.

Na sexta-feira, dia 16, às 18 horas, o Ensemble de Performance Histórica do Conservatório toca no Auditório da Unidade 2, também com músicas europeias dos séculos 16 a 18. De acordo com o professor responsável, João Guilherme Figueiredo, o repertório terá “Canzon in Gm – Gabriel Archelus” (Francisco Guerreiro), “Passacaglia a 3 e a 4” (Biagio Marini) e “Cantica Sacra” (Henry du Mont).

A Mostra continua até o próximo domingo, com as Bandas Sinfônicas Infantojuvenil e Jovem, Coro Infantil, Orquestra Sinfônica Jovem e Grupo de Percussão Jovem do Conservatório de Tatuí.

Apoio cultural – O Conservatório de Tatuí tem apoio cultural de CCR SPVias e Coop.

SERVIÇO
4ª Mostra de Prática de Conjunto de 2018
Luciano Pereira, coordenação
Entrada gratuita

Cameratas Juvenis e Jovem de Violões do Conservatório de Tatuí
Márcia Braga, professora responsável
Data: 13 de dezembro, quinta-feira
Horário: 18h00
Local: Teatro Procópio Ferreira
Rua São Bento, 415, Centro, Tatuí-SP

Grupo de Performance Histórica Jovem do Conservatório de Tatuí
Débora Ribeiro, professora responsável
Data: 13 de dezembro, quinta-feira
Horário: 19h00
Local: Auditório da Unidade 2
Rua São Bento, 808, Centro, Tatuí-SP

Grupo de Saxofones do Conservatório de Tatuí
Marcos Pedroso, professor responsável
Data: 13 de dezembro, quinta-feira
Horário: 20h00
Local: Teatro Procópio Ferreira
Rua São Bento, 415, Centro, Tatuí-SP

Ensemble de Performance Histórica do Conservatório de Tatuí
João Guilherme Figueiredo, professor responsável
Data: 14 de dezembro, sexta-feira
Horário: 18h00
Local: Auditório da Unidade 2
Rua São Bento, 808, Centro, Tatuí-SP

Conheça o trabalho de uma especialista em freios no Campo de Provas da Ford em Tatuí

Silvia Iombriller é formada em Engenharia Mecânica Aeronáutica e tem mestrado e doutorado em Engenharia Mecânica pela USP


A Ford está comemorando os 40 anos do Campo de Provas de Tatuí com uma homenagem ao seu time de profissionais, que é um dos mais experientes da indústria. O novo vídeo da série mostra o trabalho de Silvia Iombriller, especialista em freios de caminhões que coordena uma equipe de seis engenheiros na unidade.

O perfil delicado de Silvia contrasta com a força e a rudeza dos componentes que ela ajuda a desenvolver. Mas o currículo da supervisora não deixa dúvidas: é formada em Engenharia Mecânica Aeronáutica, tem mestrado e doutorado em Engenharia Mecânica pela USP e 24 anos de experiência no setor, 16 deles dentro da Ford.

Para ela, a segurança deve ser vista como um conceito amplo. “Casada e mãe de dois filhos, eu me sinto muito confortável e privilegiada de trabalhar numa empresa que zela em primeiro lugar pela segurança das pessoas. Então, a gente faz isso com o coração”, diz.

Segundo Silvia, uma das vantagens de trabalhar no campo de provas é a agilidade no desenvolvimento dos produtos. “Conseguimos rapidamente sair da tela do computador, instalar o componente no veículo e experimentar na pista. Isso traz um ganho significativo de tempo e eficiência.”

O fato de ser uma mulher liderando um time de homens também é encarado com naturalidade pela engenheira. “A liderança é algo que se conquista, independentemente de ser mulher ou homem, pelo bom trabalho com a sua equipe, pelo seu conhecimento técnico, pelo seu envolvimento com as pessoas e comprometimento com os seus objetivos”, destaca.

Inaugurado em 1978, o Campo de Provas da Ford em Tatuí foi o primeiro do gênero no Brasil e até hoje é o único da América do Sul equipado para o desenvolvimento de carros e caminhões. Em seus 40 anos de operação, ele serviu de base para o nascimento de modelos de sucesso, como Del Rey, Escort, Focus, Fiesta e caminhões Cargo, e já soma mais de 230 milhões de quilômetros de testes – o equivalente a 5.750 voltas ao redor da Terra.

Operação da Gaeco e PM prende cinco pessoas em Tatuí

Das cinco pessoas, foram dois na Vila Esperança, um no Morro Grande, um no CDHU e um na Vila São Cristóvão.

Foto: Reprodução/TV TEM

Por G1 Itapetininga e Região

11/12/2018 | Sete suspeitos de integrarem quadrilhas foram presos em Angatuba e Tatuí na manhã desta terça-feira (11) durante a operação Falconi, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e a Polícia Militar.

De acordo com o Gaeco, os agentes foram deslocados para cumprir mandados de busca e apreensão, e mandados de prisão em Angatuba, Tatuí, Sorocaba e Araçoiaba da Serra.

Em Tatuí, policiais militares e promotores do Gaeco cumpriram mandados em quatro bairros diferentes. Cinco pessoas foram presas, sendo dois na Vila Esperança, um no Morro Grande, um no CDHU, e um na Vila São Cristóvão. As identidades não foram divulgadas.

Em Angatuba, as equipes do Gaeco se concentraram na Rua Irmão Lopes, que fica na área central. No total foram quatro viaturas e 12 policiais militares na ação. Dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos e dois homens foram presos. As identidades não foram divulgadas. Na casa de um deles, os policiais encontraram cerca de R$ 1 mil, pedras de crack, porções de cocaína, dois celulares e uma balança de precisão.

Além disso, foi constatado que o rapaz, de 28 anos, era foragido pela Justiça por furto desde outubro do ano passado após ser beneficiado pela saidinha do Dia das Crianças.

Todos os suspeitos foram encaminhados para o Gaeco de Sorocaba, onde foram ouvidos e depois encaminhados para o CDP de Capela do Alto.

Homem preso com maconha na Rodovia Marechal Rondon diz que revenderia a droga em Tatuí

Passageiro de ônibus levava dois quilos de maconha na bagagem. Apreensão aconteceu em Porto Feliz.

Homem é preso com maconha em ônibus — Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação

Por G1 Sorocaba e Jundiaí, com edição do DT

10/12/2018 | Um homem foi preso por tráfico de drogas, na tarde desta segunda-feira (10), em um ônibus na Rodovia Marechal Rondon, em Porto Feliz (SP). Segundo a Polícia Rodoviária, o ônibus saiu de Salto (SP) e seguia para Tatuí (SP), quando foi abordado no quilômetro 137.

O passageiro despertou a suspeita dos policiais, que revistaram os pertences e localizaram três tabletes e uma porção de maconha, totalizando dois quilos da droga. Questionado, o suspeito informou que pagou R$ 2 mil pela droga em Salto e que pretendia revender em Tatuí.

O suspeito e a maconha foram levados até a delegacia de Porto Feliz, onde o homem permaneceu à disposição da Justiça.

Gaeco e PM fazem operação contra o crime organizado em Tatuí e região

Justiça expediu 16 mandados de prisão para quatro cidades, inclusive Tatuí. Onze pessoas já foram presas; promotores e policiais também apreenderam carros de luxo e jet ski em chácara.

Carro de luxo foi apreendido em chácara durante operação em Araçoiaba da Serra — Foto: Carolina Abelin/TV TEM

Por G1 Sorocaba e Jundiaí*, com edição do DT

11/12/2018 | O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público e a Polícia Militar realizam nesta terça-feira (11) a operação Falconi nas regiões de Sorocaba e Itapetininga. Foram expedidos 16 mandados de prisão e outros 16 de busca e apreensão. Até as 11h40, onze pessoas haviam sido presas.

De acordo com o Gaeco, os agentes foram deslocados para cumprir os mandados em Sorocaba, Araçoiaba da Serra, Angatuba e Tatuí. Ainda conforme o MP, foram apreendidos documentos, dinheiro, armas, carros de luxo e jet ski. Todos os presos são suspeitos de serem líderes regionais de uma facção criminosa.

A investigação, segundo o Gaeco, apura também a participação de ex-servidor do Poder Judiciário e lavagem de dinheiro proveniente dos crimes praticados pela organização.

Um casal foi preso em uma chácara no bairro Monte Bianco, em Araçoiaba da Serra. No local foram apreendidos carros de luxo e um jet ski. Segundo informações da Polícia Militar, o casal mantinha uma empresa de fachada para venda ilegal de terrenos.

Armas e munições foram apreendidas pela PM durante a operação Falconi em Sorocaba — Foto: Divulgação/Polícia Militar

PM apreendeu dinheiro durante operação contra o crime organizado em Sorocaba — Foto: Divulgação/Polícia Militar

Casal foi preso em chácara de Araçoiaba da Serra durante operação Falconi em Araçoiaba da Serra — Foto: Carolina Abelin/TV TEM

*Com informações de Carolina Abelin e Jomar Bellini/TV TEM

Grupo é preso suspeito de integrar quadrilha que assaltou fazenda em Cesário Lange

Segundo a Polícia Civil, prisões foram realizadas em Cesário Lange, Tatuí e Porto Feliz após nove meses de investigação. Assalto foi registrado em março deste ano.

Grupo é preso suspeito de integrar quadrilha que assaltou fazenda em Cesário Lange


Por G1 Itapetininga e Região, com edição do DT

10/12/2018 | Cinco pessoas foram presas nesta segunda-feira (10) suspeitas de integrarem uma quadrilha que assaltou uma fazenda em Cesário Lange. Segundo a Polícia Civil, o assalto foi registrado em 13 de março deste ano. No dia, criminosos renderam 10 funcionários e fugiram com dinheiro.

A investigação durou quase nove meses. Com isso, mandados de prisão foram expedidos e cumpridos em Porto Feliz, Cesário Lange e Tatuí. Ainda de acordo com a polícia, dois deles foram presos em Cesário Lange, outros dois estavam em Porto Feliz, e um deles foi encontrado em Tatuí. Todos foram levados para a delegacia, onde ficaram à disposição da Justiça. Um sexto suspeito de ter participado ainda continua foragido.

Homens são presos suspeitos de assaltar fazenda em Cesário Lange — Foto: Divulgação/Delegacia de Investigações Gerais

Equipe Tatuí Red Feet é campeã da Liga Paulista de Beisebol

A equipe é composta por jogadores de 20 a 40 anos de idade.



A equipe Tatuí Red Feet, composta por jogadores de 20 a 40 anos de idade, sagrou-se campeã da Liga Paulista de Beisebol, após duas grandes vitórias no dia 18 de novembro.

Na semifinal, o time tatuiano jogou contra a equipe do IME-USP e venceu por 20 a 10. Já na grande final, a disputa foi com o Campinas Rookies, e teve como placar 14 a 7. Nos dois jogos se destacaram as boas rebatidas nos ataques e nos excelentes arremessos dos lançadores na defesa, que seguraram os avanços das equipes adversárias.

A Liga Paulista foi a mais comprida de todas as competições que o Tatuí Red Feet participou, num total de sete meses de disputas, com 24 equipes.

Vale ressaltar que, desde 1985, o time vem ganhando títulos importantes para a cidade e sendo conhecido e reconhecido pela grande maioria de adeptos do esporte como uma equipe de tradição, força e respeito, até mesmo fora do país.

Prefeitura implanta vagas gratuitas de 1 hora em ruas do centro

Até o dia 31 de dezembro estará em vigor a fase de orientação e explicação de como usar o cartão relógio.

10/12/2018 | A Prefeitura de Tatuí, através do Departamento Municipal de Mobilidade Urbana, começou no sábado (01/12) o período educativo das novas vagas gratuitas de 1 hora, com cartão temporizador, na região central da cidade. O estacionamento será válido de segunda a sábado, das 8h às 18h, sendo fiscalizado pelos agentes municipais de trânsito.

O secretário de Segurança Pública e Mobilidade Urbana, José Roberto Xavier da Silva, explica que o objetivo é disponibilizar mais vagas gratuitas de estacionamento na área central. "Com a implantação do projeto queremos, além de garantir a rotatividade nas vagas, também promover a cidadania, pois quem vai determinar a hora de entrada e, consequentemente, a hora de saída, será o próprio condutor. É um projeto pioneiro que conta e muito, com a ajuda da população", enfatiza.

As vagas estão localizadas na Rua 15 de Novembro, entre as ruas 13 de Maio e Capitão Lisboa; na Rua José Bonifácio e Rua Cel. Aureliano de Camargo, entre as ruas 15 de Novembro e Santa Cruz; e na Rua Capitão Lisboa, entre as Ruas 7 de Maio e 11 de Agosto.

O motorista receberá, gratuitamente, um cartão relógio e, ele próprio, deixará registrada a hora em que estacionou. O condutor terá direito a estacionar durante 1 hora, sem necessidade do pisca-alerta ligado. "Após esse período, não será permitido o mesmo veículo ficar estacionado na mesma vaga e, para que isso ocorra com menor incidência, nossos agentes de trânsito farão um acompanhamento, para que tudo fique documentado e, posteriormente, seja aplicada a sanção cabível ao veículo", explica o secretário. O uso do cartão relógio será obrigatório nas vagas regulamentadas, sendo que o seu uso é permanente e não é descartável.

Até o dia 31 de dezembro estará em vigor a fase de orientação e explicação de como usar o cartão relógio. E, a partir de 2 de janeiro, será o início da fiscalização e obrigatoriedade do uso do cartão relógio. "Quem não usar o cartão relógio, ou ultrapassar o tempo, sofrerá as penalidades contidas no Artigo 181, inciso XVII do Código de Trânsito Brasileiro, ou seja, multa grave no valor de R$ 195,23, com cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação", ressalta Xavier.

Para retirar o seu cartão relógio o munícipe deve apresentar uma cópia da Carteira Nacional de Habilitação e do comprovante de endereço no Departamento Municipal de Mobilidade Urbana (DMU), situado na Rua XI de Agosto, nº 28, Centro, de segunda a sexta-feira, em horário comercial.

Elektro distribuirá 10 mil lâmpadas de led a 2 mil famílias de Tatuí

Prefeitura indicará as famílias que devem receber o benefício dentre as que já são atendidas pelos programas sociais da União e do Estado.

10/12/2018 | Parceria entre a Elektro e a Prefeitura de Tatuí irá beneficiar duas mil famílias em situação de vulnerabilidade social, pelo Programa de Eficiência Energética da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), que fornecerá kits com cinco lâmpadas de led para a troca em suas residências.

Serão 10 mil lâmpadas de led, que já começarão a ser entregues no início de janeiro de 2019, segundo o representante institucional regional Eduardo Zornoff, que esteve no gabinete da prefeita Maria José Vieira de Camargo na sexta-feira (07/12).

Caberá à Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social indicar as famílias que serão beneficiadas com esta nova parceria, sendo a prioridade as já atendidas pelos programas sociais desenvolvidos em convênio com a União e o Governo do Estado.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Homem é preso suspeito de tráfico de drogas e receptação no 'Santa Rita'

Apreensão ocorreu na madrugada desta segunda-feira (10).

drogas, dinheiro e celular apreendidos — Foto: Div/PM
Por G1 Itapetininga e Região, com edição do DT

10/12/2018 | Um homem de 32 anos foi preso suspeito de tráfico de drogas, na madrugada desta segunda-feira (10), no jardim Santa Rita, em Tatuí.

Segundo a Polícia Militar, durante patrulhamento na Rua Helena de Oliveira Miranda os policiais avistaram um jovem, de 21 anos. De acordo com o que informaram, durante a abordagem nada de ilícito foi encontrado. Porém, o homem estava sem documentos e informou o endereço da residência.

Os policiais foram até o local e encontraram outro homem, que correu ao ver a equipe. Ele foi flagrado no banheiro da residência tentando dispensar 14 porções de maconha no vaso sanitário, e uma porção maior, também de maconha, no lixo.

Conforme a polícia, o homem confessou o crime e indicou onde guardava o dinheiro do tráfico, sendo encontrados R$ 364 em uma carteira. Além disso, foi achado um celular furtado.

Os homens foram encaminhados à delegacia, onde o homem de 32 anos foi preso por tráfico de drogas e receptação, e o rapaz de 21 anos foi liberado.

PM prende ladrão após furto de caminhão em Capela do Alto

Crime aconteceu na madrugada de quinta-feira (6). Homem foi abordado pela polícia na Rodovia Senador Laurindo Minhoto.

Por G1 Sorocaba e Jundiaí, com edição do DT

06/12/2018 | Um homem foi preso depois de furtar um caminhão no bairro Nova Capela, em Capela do Alto (SP), na madrugada de quinta-feira (6).

De acordo com a Polícia Militar, o homem foi abordado pela polícia por volta das 5h, no quilômetro 141 da Rodovia Senador Laurindo Minhoto.

Ele foi preso em flagrante e o caminhão já foi devolvido para o dono.

Corredor de Tatuí se torna ultramaratonista

Nato, ultramaratonista
O corredor Nato, da equipe Contra Tempo Running, encarou e finalizou muito bem a Ultramaratona disputada em Botucatu / SP. Nato correu 70 km na prova Ultra Trail Run 70k Brasil Ride, a maior prova em número de participantes em uma Trail Run no Brasil e uma das principais competições de corrida de montanha do país. A corrida é disputada na região da Cuesta.

No sábado, em Sorocaba, os corredores Maurílio Bastos e Natália Pinheiro participaram da Corrida Farma Ponte de Natal. Os dois correram na distância de 11 km e foram muito bem.

Maurílio conquistou o 6º lugar em sua categoria e a Natália conquistou o 5º lugar em sua categoria.

E o no domingo, Wellington Viana (@colecionandokms - aluno da modalidade à distância) correu a 52ª Corrida do Sargento Gonzaguinha na cidade de São Paulo. A prova foi disputada na distância de 15 km.

Assessoria Contra Tempo Runing

Corregedoria apura morte de empresário durante abordagem em Tatuí

8 de dezembro de 2018 por DR Online e Agencia Estado

A Corregedoria da Polícia Civil abriu investigação para apurar as circunstâncias da morte do empresário Vicente Antônio Elias Júnior, de 33 anos, que teve o carro atingido por 15 disparos durante abordagem por sete policiais civis à paisana e com veículos descaracterizados, na última terça-feira, 4, em uma estrada rural de Tatuí.

Foto: Adolfo Lima/TV Tem
Conforme testemunhas, Júnior achou que os policiais eram assaltantes e tentou fugir, quando o veículo foi alvejado. Vários tiros acertaram o empresário, que morreu na hora.

Na apresentação da ocorrência, os policiais disseram que tinham se identificado e foram recebidos à bala pelo ocupante do veículo, por isso reagiram e houve tiroteio. O caso foi registrado como de “oposição à intervenção policial”, o que configuraria morte em legítima defesa.

Elias Júnior levava no carro um funcionário da cerâmica da família e o filho dele, adolescente. O homem havia descido para abrir o portão do sítio, quando tudo aconteceu. Ele e o filho nada sofreram e já depuseram à polícia sobre o caso. Os depoimentos não foram divulgados.

A família de Elias Júnior contesta a versão da polícia. Conforme a irmã, Maria Roberta Camargo Elias, ele comprou uma arma após ter sido assaltado no sítio, mas não chegou a usá-la. “Não houve troca de tiros. Ele viu que havia três carros se aproximando e achou que eram ladrões. O funcionário que estava no portão disse que não viu o Junior atirar.”

Segundo a irmã, ao ser abordado, Elias Júnior deu ré para tentar fugir e bateu no carro, que não tinha identificação da polícia. “Eles começaram a atirar e o carro capotou. O menino só não foi atingido porque o corpo do Júnior protegeu”, disse.

Ainda segundo a jovem, o sítio havia sido furtado várias vezes e Elias Júnior estava recebendo ameaças. “Ele registrou um boletim de ocorrência pelas ameaças e ligou várias vezes para a polícia denunciando os furtos. O carro que ele dirigia estava identificado com a logomarca da empresa. Nós queremos uma explicação para o que aconteceu.”

A Secretaria da Segurança Pública do Estado informou que o caso é investigado pela Corregedoria da Polícia Civil. As armas dos policiais e da vítima foram encaminhadas para perícia, mas os policiais não foram afastados do serviço. “Todas as circunstâncias estão sendo apuradas”, informou a SSP.

Homem é preso após agredir companheira de 17 anos no Rosa Garcia 2

Suspeito de 40 anos vai responder por lesão corporal e violência doméstica, segundo a polícia. Vítima recebeu atendimento médico e foi liberada.

Por G1 Itapetininga e Região, com edição do DT

09/12/2018 | Um homem de 40 anos foi preso por lesão corporal e violência doméstica ao agredir a companheira, de 17 anos, em Tatuí na noite de sábado (8).

De acordo com as informações da Polícia Militar, a equipe foi acionada para atender a ocorrência no bairro Rosa Garcia 2 e os policiais constataram que a vítima foi agredida na cabeça.

Ela foi socorrida e encaminhada ao pronto socorro da cidade, onde passou por atendimento médico e foi liberada.

O suspeito, que já tem passagens pela polícia, foi preso e encaminhado à delegacia de Tatuí, onde permanece à disposição da Justiça.

sábado, 8 de dezembro de 2018

crônica / Ana Moraes


O canto

Em uma loja de materiais de construção, havia, além de blocos, areia e pedra, gaiolas penduradas no teto as quais, na visão do dono, serviam de casa para alguns passarinhos. Ficavam ali presos o dia todo, cantarolando e gastando o dom atribuído a eles pela natureza para deleitar os clientes.

Apesar de belo o canto, havia algo de errado. O fato de uma criatura ficar presa. Limitada por aquelas barras de ferro em um tormento diário de poder bater suas asas e não poder ir além. A sua única liberdade era cantar. Emanar o canto que voava livremente por todos os lados.

Ironicamente o que fizera-o prisioneiro, inocentemente, foi seu dom de cantar. Fosse um pássaro mudo, que fosse ruim no piar, e estaria livre para viver voando. Mas o seu dom, como uma seleção artificial, lhe remetera aquele cubículo metálico, limitando-o apenas a sua única profissão obrigatória e escravagista.

Olhe o passarinho, como pode ficar preso? Tome cuidado e não deixe que te prendam por causa do teu canto. Não se deixe tornar um passarinho preso em gaiolas. Seja livre e jamais se submeta a uns e outros que acham que podem te limitar para satisfazerem seus desejos. Voe e cante. Seja um pássaro sonhador. Nunca troque tua liberdade e felicidade por nada. Apenas voe, voe, voe ...


A.M.O.R.
(Ana Moraes de Oliveira Rosa)

Produtores rurais podem se inscrever no CAR até o fim de dezembro

Produtores rurais precisam acessar o site do Cadastro Ambiental Rural para realizar o registro da propriedade.

Por G1 Itapetininga e Região, com edição do DT

04/12/2018 | Os produtores rurais podem realizar o Cadastro Ambiental Rural (CAR) até o fim de dezembro. Para isso, os produtores devem acessar o site do Cadastro Ambiental Rural e realizar o registro da propriedade. O cadastro é disponibilizado pelo Ministério do Meio Ambiente e foi implementado pelo Código Florestal Brasileiro em maio de 2012.

O registro é obrigatório e permite que o produtor obtenha crédito agrícola em todas as suas modalidades, com taxas de juros menores, limites e prazos maiores que os praticados no mercado, isenção de impostos para os principais insumos rurais, contrato do seguro agrícola em condições melhores que as oferecidas no mercado, entre outros direitos.

O Cadastro Ambiental Rural também é usado para a regularização ambiental de propriedades e posses rurais, com um levantamento de informações do imóvel, como delimitação das Áreas de Proteção Permanente (APP), Reserva Legal (RL), área rural, áreas de interesse social e de utilidade pública, entre outras.

Museu mostra acervo do cantor Roberto Rosendo

Exposição pode ser vista até o dia 20 de janeiro, com entrada franca.



O Museu Paulo Setúbal apresenta até o dia 20 de janeiro de 2019, na série Ilustres Tatuianos, homenagem ao cantor e compositor Roberto Rosendo. As homenagens visam o registro histórico nos anais do Museu, salvaguardando a história de vida de ícones da cidade.

A exposição pode ser visitada de terça-feira a domingo, das 9h às 17h. O Museu Histórico Paulo Setúbal está situado no centro, dentro da Praça Manoel Guedes. Mais informações: (15) 3251-4969.

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Grupo de Música Raiz apresenta-se na segunda-feira, às 20 horas

Criado com o objetivo de divulgar a música popular, o grupo promete emocionar o público com canções bem conhecidas da tradição caipira


O Teatro Procópio Ferreira recebe nesta segunda-feira, dia 10, às 20 horas, o Grupo de Música Raiz do Conservatório de Tatuí. Com uma seleção de músicas da tradição caipira e popular, o grupo promete emocionar o público de todas as idades. A entrada é gratuita.

Criado no início deste ano, o grupo pesquisa as pérolas da música popular e da tradição caipira e resgata clássicos como “Amanheceu, peguei a viola” (Renato Teixeira), “Saudades da minha terra” (Goiá), “Vaca Estrela e Boi Fubá” (Patativa do Assaré), “Chuá-Chuá” (Pedro de Sá Pereira), “Assum Preto” (Luiz Gonzaga), “Cabecinha no ombro” (Paulo Borges), “Peixe Vivo” (Folclore Mineiro), “Prenda Minha” (Folclore Gaúcho) e muito mais.

O grupo é formado por Laidenss Guimarães Faccin (violão 7 cordas), Odair Cardoso Júnior (viola caipira e voz), Everson Jurandir Zattoni Filho (violoncelo), Luciana Parelho Costa (voz), Yan Rezende Schmitt (Percussão), Átila Ramirez da Silva (viola caipira), Amadeu Pinto de Moraes (viola caipira e voz), Aline Sayuri Andrade Tina (acordeão), Eraldo (viola caipira e voz) e o professor Zeca Collares.

A coordenação é de Zeca Collares, compositor, instrumentista de viola caipira, pesquisador da cultura popular brasileira e bacharel em Cinema pelo Ceunsp. Iniciou seu ofício de violeiro nas rodas de Folia de Reis na região de Grão Mogol/MG, onde nasceu. Em 1984, formou parceria com o folclorista, compositor e cantor Dino Lopes, ponto de partida para sua carreira musical. Estou MPB no Tema Centro Musical de Marília com o professor Paulo Estêvão “Tevão” na década de 1990. Um dos fundadores do grupo Mucunã de música regional Brasileira. Hoje soma mais de 20 anos de carreira e oito CDs lançados dentro do universo da Viola Caipira.

Apoio cultural – O Conservatório de Tatuí tem apoio cultural de CCR SPVias e Coop.

SERVIÇO
Grupo de Música Raiz do Conservatório de Tatuí
Zeca Collares, coordenação
Data: 10 de dezembro, segunda-feira
Horário: 20h00
Local: Teatro Procópio Ferreira
Rua São Bento, 415, Centro, Tatuí-SP
Entrada gratuita

Conservatório de Tatuí recebe Orquestra Jovem do Estado neste sábado, às 18 horas

Concerto terá participação do renomado solista Antonio Meneses ao violoncelo, neste sábado, dia 8, às 18h00, no Teatro Procópio Ferreira, com entrada gratuita


O Conservatório de Tatuí recebe neste sábado, dia 8, a Orquestra Jovem do Estado de São Paulo. O concerto traz para a Capital da Música o renomado solista Antonio Meneses ao violoncelo. O grupo apresenta-se no Teatro Procópio Ferreira, às 18 horas, com entrada gratuita.

“É um presente receber na escola a Orquestra Jovem do Estado e o violoncelista Antonio Meneses, conhecido internacionalmente por sua técnica e performance”, salienta o assessor artístico do Conservatório de Tatuí, Gustavo Barbosa-Lima.

Antonio Meneses nasceu em 1957 em Recife-PE, no seio de uma família de músicos - seu pai era 1º Trompa da Ópera do Rio de Janeiro. Começou a estudar violoncelo aos dez anos de idade, e aos 16 anos conheceu o famoso violoncelista italiano Antonio Janigro, que o convidou a frequentar sua classe em Düsseldorf e, mais tarde, em Stuttgart (Alemanha). Em 1977, ganhou o 1º Prêmio no Concurso Internacional ARD de Munique e em 1982 o 1º Prêmio e Medalha de Ouro no Concurso Tchaikovsky de Moscou. 

Apresenta-se regularmente com as mais importantes orquestras do mundo: Filarmônica de Berlim, Sinfônica de Londres, Sinfônica da BBC, do Concertgebouw de Amesterdã, Sinfônica de Viena, Filarmônica Checa, Filarmônica de Moscou, Filarmônica de São Petersburgo, Filarmônica de Israel, Orchestre de la Suisse Romande, a da Rádio da Baviera, Filarmônica de Nova Iorque, National Symphony Orchestra (Washington D.C.) e Sinfônica NHK de Tóquio, entre outras. 

Entre os distintos maestros com quem colaborou, contam-se Herbert von Karajan, Riccardo Muti, Mariss Jansons, Cláudio Abbado, André Previn, Andrew Davis, Semion Bychkov, Herbert Blomstedt, Gerd Albrecht, Yuri Temirkanov, Kurt Sanderling, Neeme Järvi, Mstislav Rostropovich, Vladimir Spivakov e Riccardo Chailly. 

Neste concerto, o grupo interpretará a “Sinfonia nº 44 – Júpiter”, de Wolfgang Amadeus Mozart. Em seguida, “Dom Quixote”, de Richard Strauss. A regência é do maestro Cláudio Cruz, que também iniciou-se na música com seu pai, o luthier João Cruz, posteriormente recebeu orientações de Erich Lenninger, Maria Vischnia e Olivier Toni. Foi regente titular das sinfônicas de Ribeirão Preto e de Campinas. Atuou como diretor artístico e regente nas montagens das óperas “Lo Schiavo” e “Don Giovanni”, em Campinas; e “Rigoletto” e “La Boheme”, em Ribeirão Preto. Participa de festivais internacionais nos EUA e no Brasil. Atua como regente convidado em diversas orquestras no Brasil, América do Sul, Europa e Japão. Atualmente, é regente e diretor musical da Orquestra Jovem do Estado de São Paulo e primeiro violino do Quarteto de Cordas Carlos Gomes.

Orquestra Jovem do Estado de São Paulo 

Referência tanto por seu bem-sucedido plano pedagógico quanto por sua cuidadosa curadoria artística, a Orquestra Jovem do Estado é sinônimo de excelência musical no Brasil. Desde sua reformulação, em 2012, a Orquestra passou a ter uma exigente programação artística aliada a um novo plano pedagógico elaborado pela Santa Marcelina Cultura, o que ocasionou um expressivo salto de qualidade do grupo. A Santa Marcelina Cultura convidou Cláudio Cruz em 2012 para assumir a direção musical e a regência principal da Orquestra, que hoje apresenta uma marcante identidade sonora, com uma forte coesão interna que permite a construção de repertórios cada vez mais desafiadores técnica e estilisticamente. 

Esse resultado é fruto também da abrangência das atividades pedagógicas propostas, que formam e inspiram os jovens instrumentistas. Ciente da importância da vivência internacional para a formação dos jovens músicos, a Orquestra realiza regularmente turnês no exterior. Com atuações elogiadas pelo público e crítica internacional, o grupo já se apresentou em importantes salas de concerto, como o Lincoln Center, em Nova York, o Kennedy Center, em Washington e a Konzerthaus, em Berlim – além de ter participado como orquestra residente do Festival Berlioz, na cidade natal do compositor francês, La Côte-Saint-André, interpretando a “Sinfonia Fantástica”.

Apoio cultural – O Conservatório de Tatuí tem apoio cultural de CCR SPVias e Coop.

SERVIÇO
Orquestra Jovem do Estado
Antonio de Meneses, violoncelo
Cláudio Cruz, regência
Data: 08 de dezembro, sábado
Horário: 18h00
Local: Teatro Procópio Ferreira
Rua São Bento, 415, Centro, Tatuí-SP
Entrada gratuita

Agenda Cultural de 2019 em Tatuí está definida

Estão em estudo a criação de uma Semana de Artes de Tatuí e de um Festival de Música, que venha a substituir o Certame da Canção, extinto pelo Governo do Estado.


Na quinta-feira (29/11), a Secretaria de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude e o Conselho Municipal de Políticas Culturais realizaram, no Teatro do CEU das Artes, a 4ª Conferência Municipal de Cultura, que desenvolveu seus trabalhos focando nas diretrizes da política cultural e deliberando sobre o Empreendedorismo Cultural e a realização das ações para o ano de 2019.

O evento contou com a presença da prefeita Maria José Vieira de Camargo; do secretário de Estado da Cultura, Romildo Campelo, que apresentou a palestra tema da Conferência; do secretário municipal de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, Cassiano Sinisgalli; do diretor executivo do Conservatório de Tatuí, Ary Araújo Júnior; e do presidente do Conselho de Políticas Culturais de Tatuí, Luís Antônio Galhego Fernandes.

Na ocasião, o diretor municipal de Cultura, Rogério Vianna, apresentou a agenda cultural para o próximo ano (2019), onde produtores culturais e artistas poderão usufruir dessa programação para apresentar seus trabalhos.

De janeiro a dezembro - exposições temporárias do Museu Histórico Paulo Setúbal, que permitem que diversos segmentos culturais tenham um espaço adequado para apresentar seus trabalhos. De fevereiro a novembro - exposições temporárias na sala de exposições do Centro Cultural e Piquenique Literário, atividade mensal para toda a família, na Biblioteca Municipal. De março a dezembro - atividades do Ponto MIS, em parceria com o Museu da Imagem e do Som de São Paulo, que garantirão uma programação ativa no Museu, com exibições de filmes e oficinas. De março a novembro - acontecerá mensalmente, no Museu, a Noite da Seresta, que salvaguarda a memória de ilustres tatuianos que são homenageados. De 16 de março a 30 de novembro - Projeto Música na Praça, atividade que promove o maior bem cultural de Tatuí, a música. De abril a junho - Concurso Paulo Setúbal, de abrangência municipal e nacional.

Atividades mensais do Município - Em fevereiro e março, acontecerá o Esquenta de Carnaval, na Praça da Matriz, a abertura do Carnaval 2019 e a Exposição dos Antigos Carnavais. Em abril será a abertura do Concurso Paulo Setúbal e a Semana da Literatura Infanto-Juvenil. Em maio terá o Dia Municipal da Literatura Tatuiana e a 17ª Semana Nacional de Museus. Em junho, o encerramento das inscrições do Concurso Paulo Setúbal e o Arraial no Museu. Em julho acontecerá o Festival Capital Da Música Maestro Antônio Carlos Neves Campos, da 7ª Feira do Doce, e as Férias no Museu. Em agosto será a vez da 77ª Semana Paulo Setúbal, da Cerimônia de Entrega de Premiação do Concurso Paulo Setúbal e do 194º Aniversário de Tatuí. Em setembro terá a 13ª Primavera nos Museus. Em outubro o Dia das Crianças no Museu. Em novembro acontecerá o 3º Tatuí Consciente (Consciência Negra e Sonhar Mundos), a 2ª Virada Inclusiva, a Mostra Municipal de Dança e o encerramento da Temporada 2019 do Música na Praça. E, em dezembro, teremos o Natal 2019, com o acendimento do Pinheirão, a Casa do Papai Noel, o Natal Musical e a Festa da Padroeira de Tatuí.

Além disso, o presidente do Conselho de Políticas Culturais, Luiz Antônio Galhego Fernandes, e a diretoria do Conselho, apresentaram na Conferência as propostas para a realização da Semana de Artes de Tatuí e a criação de um Festival de Música.

poesia | Ana Moraes


As gavetas



Abrem-se as gavetas

As gavetas fecham-se

Guarda-se tudo no nada

Perde-se nada no tudo



Onde mora o que sinto

Foge como lebre em estância

Se perguntam, logo minto

Viro alma com impedância



Escondo dos olhos alheios

Qualquer coisa de sentir

Os sentidos não permeio

Coloco-os para dormir



Lágrimas secas minhas

Que escorrem, ninguém vê

Sabores, um dia tinha

De sentir algo por você



Hoje, muralha de pedra

Rígida, frígida e inflexível

Sem violar as minhas regras

Me tornei deveras insensível



Dobro meus sentimentos

Guardo-os em gavetas

O mofo consome em pensamentos

A minha paixão perneta



A.M.O.R.
(Ana Moraes de Oliveira Rosa)

Dr. Juliano Teles | Câimbra, quais os motivos?

Família de empresário morto por policiais civis à paisana nega troca de tiros

Segundo a Polícia Civil, sete policiais civis estavam à paisana durante operação, quando abordaram Vicente Antônio Júnior em frente de sua propriedade rural e houve tiroteio. Família nega versão e busca respostas.

Por Artur Vergennes, TV TEM Itapetininga, com edição do DT

06/12/2018 | Dois dias depois do crime, a família ainda busca por respostas pela morte do empresário Vicente Antônio Júnior, de 33 anos, que morreu após ser baleado por policiais civis à paisana perto do seu sítio, no bairro rural Água Branca, em Tatuí.

Segundo a Polícia Civil, sete policiais civis que estavam à paisana, com carros sem identificação, afirmaram durante depoimento que estavam no local para uma investigação e que o empresário morreu em uma troca de tiros, que teria acontecido mesmo depois que os policiais se identificaram.

Homem morre baleado em estrada de terra em Tatuí — Foto: Adolfo Lima/TV TEM
Porém, a família da vítima não acredita nessa versão. Em entrevista à TV TEM, a irmã de Vicente, Mariah Roberta Camargo Elias, afirmou que as testemunhas disseram que não houve troca de tiros. "A versão do que aconteceu realmente pelas testemunhas é totalmente diferente. Não teve troca de tiros. Eles estavam indo para o sítio. Na estrada o Júnior viu três carros seguindo ele e falou que tinham três carros seguindo. A testemunha achou estranho. Chegaram na porteira do sítio. Ele dirigindo. A testemunha saiu do carro para abrir a porteira e nisso aconteceu uma confusão. Ele não ouviu tiro e ele disse que não viu o Junior atirar", diz Mariah.

No carro, junto com o empresário, estavam um prestador de serviços da cerâmica da família e um adolescente, filho desse funcionário. Segundo a irmã, o rapaz que estava com Vicente afirmou que o empresário se assustou e deu ré. Foi então que começaram os tiros. "Ele contou que o carro estava na porteira e eles abordaram o carro. E o Júnior se assustou, deu ré e começaram a atirar nele muito. Aí o carro capotou. Durante toda essa confusão, o Júnior ficou na frente do menino que estava dentro. Ele ainda conseguiu proteger o menino. Ele conseguiu ser o que sempre foi, quis ajudar o menino porque nem levou uma bala. Ele levou um monte de bala no corpo", afirma emocionada.

Família de empresário morto por policiais civis à paisana nega troca de tiros em Tatuí

Ainda segundo Mariah, a arma que ele tinha no veículo era apenas para proteção, já que o empresário havia sido assaltado no local. "Esses últimos meses entraram várias vezes no sitio do meu pai e tinha a arma como proteção. Ele abriu um boletim por estar sendo ameaçado e as pessoas ficavam ameaçando. Ligou várias vezes para a polícia ajudar", diz.

A irmã ainda questiona como os policias não viram que o carro que Vicente dirigia estava identificado com o logo da empresa. Afirma que o prestador de serviços que estava com ele ainda foi agredido pelos policiais e pede por justiça. "O carro era adesivado e dava para ver quem estava dentro. Muita brutalidade. Não tem explicação. Eu estou muito indignada com essa situação.Só não sabemos o motivo disso."

Homicídio

O caso foi registrado na terça-feira (4). O empresário, acompanhado de um funcionário e do filho do empregado, já estava em frente a porteira do sítio que costumava frequentar na estrada do Água Branca quando foi abordado.

Sete policiais civis, entre delegados e investigadores, estavam à paisana realizando uma operação quando se aproximaram em carros não identificados.

Eles teriam avisado que eram da Polícia Civil, mas contaram que foram recebidos com tiros e reagiram.

Empresário morto é enterrado em Tatuí

O motorista Vicente Antonio Elias Júnior, de 33 anos, teria dado ré, atingindo a viatura da polícia e depois capotou. Apenas o empresário foi atingido e acabou morrendo.

O corpo do empresário foi enterrado na quarta-feira (5), em Tatuí. As armas e os carros foram apreendidos e passaram por perícia.

As testemunhas e os policias já prestaram depoimento, e o caso está sendo investigado pela corregedoria da Polícia Civil. A Delegacia Seccional de Itapetininga investiga o caso.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) afirmou que o caso é investigado pela Corregedoria da Polícia Civil e que a ocorrência foi registrada como morte decorrente de oposição à intervenção policial no plantão da Delegacia de Tatuí. Ainda segundo o órgão, todas as circunstâncias do caso estão sendo apuradas.

Paulista de Motocross MX1 MX2 chega a Cesário Lange para a grande final

Prova é neste fim de semana, dias 8 e 9 de dezembro, no mesmo local da terceira etapa da temporada

Redação MotoX.com.br - Foto: Luiz C. Garcia

Cesário Lange recebe final do Campeonato Paulista de Motocross MX1 MX2 FMESP

06/12/2018 | A expectativa dos organizadores é por uma grande final do Campeonato Paulista de Motocross MX1 MX2 neste fim de semana, dias 8 e 9, em Cesário Lange (SP).

Para João Cardeli, presidente da FMESP (Federação de Motociclismo do Estado de São Paulo), entidade responsável pela supervisão da competição, alguns fatores fortalecem tal expectativa. "Temos alguns títulos ainda não definidos, assim como vários vices. Além disso, Cesário Lange é uma cidade com fácil acesso, próxima da capital e que conta com um local de excelente infraestrutura, com box asfaltado banheiros e uma ótima praça de alimentação", explica o dirigente. "Depois do treino de sábado e das corridas no domingo, haverá apresentação de banda para animar o público que sempre prestigia os eventos na região. Em relação a pista, ela tem mil metros de extensão e seis metros de largura em um terreno plano, de terra vermelha, o que ajuda muito a tracionar a moto. Os pulos são seguros e o traçado atraente para qualquer nível de pilotagem", completa Cardeli.

O centro de eventos João Batista da Silva também foi palco da terceira etapa deste ano e, devido ao sucesso, o Vitória Moto Clube e o Cross Sport, organizadores do campeonato, escolheram a cidade para a grande final que terá Sandy Proença como garota da placa.

No total, 14 categorias estarão em disputa. Na MX1, Daniel Caputo já entra na pista com o título e Rodrigo Guimarães com o vice-campeonato. A MX2 já consagrou Pedro Tavernaro, então a disputa é para saber quem é o vice-campeão, entre Heriko Gonçalves e Leonardo Souza. Na MX3, Reginaldo Silva e Vitor Paiotti brigam pelo vice campeonato da classe conquistada antecipadamente por João Vitor Cardeli. 

Quatro pilotos brigam pelo título da MX4: Heriko Gonçalves é o líder com 112 pontos, Rafael Arruda o segundo com 97, Hermínio "Maninho" Oliveira o terceiro com 96 e Edson "Tatu" Costa o quarto com 91. Estão em disputa 25 pontos. Duas categorias que estão com pouca diferença entre os líderes são a MX5, onde Reinaldo "Piu" Pinheiro conta com vantagem de quatro pontos sobre Hermínio Maninho e a MX6, na qual Luiz Moura possui seis pontos a mais que Júlio Maimone.

Na MXN, categoria para motos nacionais, nove pontos separam o líder Marcelo "Buri" Moraes do segundo colocado Gabriel dos Santos. A briga pela Intermediária fica pelo vice-campeonato com cinco pilotos ainda com chances matemáticas. O título é de Leonardo Gaudenzi. A categoria MXN2 tem como líder Fábio Barros que administra uma vantagem de quatorze pontos em relação ao segundo colocado Mateus Vieira. Já nas categorias de base o único título definido é na categoria Júnior, com Thiago Silva já campeão. A 65cc é liderada por Felipe "Burizinho" Moraes e a 50cc por Matheus Godoy.

Serviço
Evento: Final do Campeonato Paulista de Motocross MX1 MX2
Data: 08 e 09 de dezembro 2018
Cidade: Cesário Lange - SP - km 143 da Rodovia Castelo Branco
Local: Centro de eventos João Batista da Silva
Inscrições: No local da prova, a partir das 14h de sábado (R$ 100 a primeira categoria e R$ 50,00 a partir da segunda).
Categorias: MX1, MX2, MX3, MX4, MX5, MX6, MX Gold, Intermediária, MXN. MXN2, MXN Gold, Júnior, 65cc e 50cc
Treinos no Sábado: 14h
Treinos no Domingo: das 9h às 10h30. Primeira largada às 11h00
Realização: Prefeitura Municipal de Cesário Lange
Organização: Vitória Moto Clube - Cross Sport
Supervisão: FMESP (Federação de Motociclismo do Estado de São Paulo)
Apoio: Comércio de Alimentos Hortifruti Ortega (15) 99768-3273; Comércio e Produção de Uvas Finas Segato (15) 99700-0300 ou (15) 3262-9108; Farmácia Avallone 3, especializada em suplementos (15) 99636-8868; Açaí da Dri (14) 99840-1515, o açaí dos grandes eventos; Moura Motos (14) 99615-1515, compra e venda de motos de competição; 31 Motosport (13) 3821-4603, tudo em peças e acessórios para competições
Informações: (15) 3202-7121 - Márcia ou pelo email: vitoriamotoclube@bol.com.br
Cobertura: MotoX

Moradores de Capela do Alto devem continuar sem agência bancária pública

Instituições bancárias não têm previsões de abertura de bancos no município.

Por G1 Sorocaba e Jundiaí, com edição do DT

Falta de bancos é problema que mais incomoda moradores de Capela do Alto

06/12/2018 | Os moradores de Capela do Alto votaram na falta de agências bancárias como o principal problema da cidade durante o projeto 'O Bairro Ideal'. Nesta quinta-feira (6), a TV TEM cobrou esclarecimentos da prefeitura.

Ao todo, foram 550 votos e a falta de bancos públicos no município teve 203 (36,9%). Entretanto, os moradores vão continuar sem agências bancárias na cidade. A resposta do Banco Central do Brasil e da Federação Brasileira de Bancos é que cada instituição define onde vai instalar as agências.

Para ter acesso a serviços bancários, os moradores enfrentam filas quilométricas na única lotérica da cidade. Capela do Alto também conta com uma agência bancária particular e uma cooperativa financeira que oferecem alguns serviços bancários, mas não há bancos oficiais.

O Banco do Brasil tinha uma agência bancária instalada no Centro, que recebeu diversos ataques de bandidos até que fechou e não há previsão para reabrir. A prefeitura informou que pediu ao banco a reabertura da agência, mas o pedido foi negado.

A Caixa Econômica Federal informou que não tem previsão de abertura de agência em Capela do Alto. Clientes do banco devem usar a lotérica da cidade ou de Araçoiaba da Serra, ou ainda vir até a agência mais próxima localizada em Tatuí.

Os moradores da cidade estão com muita dificuldade em ter acesso a serviços bancários e não há previsão de melhora para o cenário. A TV TEM também apurou dados de um ranking do estado sobre reclamações de agências bancárias e levantou que o número chega a 40 mil em 2018.

Outros problemas

Entre os outros problemas apontados pelos moradores estão a fila de espera por cirurgia, com 166 votos (30,2%); condições de estrada, com 146 (26,5%); e esgoto com 35 (6,4%).

Saúde

O TEM Notícias contou a história da costureira Maria do Carmo Machado de Carvalho, que descobriu um cisto no ovário há 13 anos durante uma gravidez. Depois do parto, passou a fazer um tratamento com remédios e, há cerca de 10 anos, espera por uma cirurgia.

A Secretaria Estadual de Saúde informou que Maria do Carmo passou por consulta do Ambulatório Médico de Especialidades (AME) em fevereiro de 2015 e que ela deveria ter voltado para atendimento na rede municipal de saúde.

Já a rede municipal informou que a costureira não deu retorno no AME e não voltou para atendimento na saúde municipal.

Sobre as 900 consultas, 1.300 exames e 780 cirurgias em espera na cidade, a rede municipal informou que são responsabilidade do Estado.

Saneamento

A obra de saneamento que deveria estar resolvendo o problema dos moradores é a estação elevatória de esgoto no Distrito do Porto. Os moradores da região dizem que ninguém tem rede coletora até agora e que a estação está desse jeito há cerca de dois anos.

A prefeitura e a Sabesp disseram que as duas estações elevatórias do Distrito do Porto estão prontas.

Na estação da Rua Avelino, falta a ligação de rede coletora e ligação elétrica, que devem ser feitas até junho de 2019. Já a estação da Rua Dorentino Alves Rodrigues está funcionando normalmente e já atende aos moradores.

Estrada

A Rodovia Dionísio Francisco Lopes, a SP-268, entre Capela do Alto e Alambari (SP), é conhecida como Estrada da Barra e já foi uma das principais ligações entre os estados de São Paulo e Paraná. Boa parte da estrada está em condições razoáveis, mas em alguns pontos há buracos e pequenas valetas.

Não bastassem os problemas provocados pelo uso intenso e causas naturais, os moradores contam que, há cerca de seis anos, o dono de uma área abriu algumas valetas na lateral da rodovia e baixou o nível da pista.

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informou que vai começar a manutenção da SP-268 a partir do dia 17 deste mês e que vai fiscalizar qualquer intervenção na rodovia, que é de responsabilidade do Estado.

Motoristas se arriscam em estrada na área rural de Capela do Alto — Foto: Reprodução/TV TEM