Nosso Jornal Online

Tatuí, 


terça-feira, 30 de outubro de 2018

Morre coruja resgatada após se enroscar em linha de pipa na rede elétrica em Itapetininga

Coruja foi resgatada por uma equipe da CPFL e ficou sete dias em uma clínica veterinária.

Por Paola Patriarca, G1 Itapetininga e Região, editado pelo DT

Coruja é resgatada após ficar presa em fio de energia elétrica em Itapetininga — Foto: Arquivo Pessoal/Vinicius Barbieri

29/10/2018 | A coruja-buraqueira, que foi resgatada por uma equipe da Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL) após ficar enroscada em um fio de energia elétrica, morreu nesta segunda-feira (29) após ficar sete dias internada em uma clínica veterinária, em Itapetininga.

O resgate foi no dia 22 de outubro. Os funcionários da CPFL foram até a Rua Monsenhor João Batista Ribeiro, desligaram a energia e retiraram o animal, que estava com uma das asas enroscada em uma linha de pipa.

Segundo Vinícius Barbieri, que foi quem acionou a equipe da CPFL e estava acompanhando o estado de saúde do animal, o grande estresse que a coruja passou pode ter ajudado para que ela não resistisse aos ferimentos.

"Estava acompanhando ela na clínica e no final de semana a coruja se alimentou bem. Tinha previsão de alta para esta semana, já que as feridas estavam se cicatrizando. Mas infelizmente não resistiu. Ainda não sabemos a causa, mas o veterinário explicou que estresse em animais silvestres ajuda com que a recuperação não aconteça e leve à morte", afirmou ao G1.

Foto: Arquivo Pessoal/Vinicius Barbieri

Nenhum comentário:

Postar um comentário