Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Golpes em comércios da região preocupam lojistas

Loja de Tatuí foi alvo de estelionatários três vezes só este ano. Segundo a polícia, alguns cuidados são necessários para evitar os crimes.
G1 Itapetininga e Região

O aumento dos golpes em estabelecimentos comerciais tem preocupado comerciantes na região de Itapetininga. Em Tatuí, uma loja de sapatos foi alvo de estelionatários três vezes só este ano, segundo o vendedor Inácio Hordonho.

"O cliente veio com documento clonado, abriu o crediário e fez as compras, porém não pagou as prestações. Só ficamos sabendo que caímos em um golpe quando o verdadeiro dono dos documentos veio até a loja querendo explicações da cobrança de algo que não foi ele quem comprou”, explica o vendedor.

Uma loja de eletrodomésticos, em Itapetininga, também foi alvo de golpistas, mas por telefone. Em uma conversa gravada entre um funcionário e um suposto cliente, é possível notar que o criminoso se passa por um cliente, fecha uma compra de R$ 1,6 mil. Porém, ele faz um pagamento de R$ 18 mil e pede o estorno do valor de maneira imediata.

“Começamos a desconfiar, pois o depósito estava descriminado de uma forme diferente no extrato. O valor estava bloqueado, aparecia no extrato, porém não estava disponível. Por ser um valor alto começamos a desconfiar, principalmente porque a pessoa estava com pressa, queria que o estorno fosse feito imediatamente”, conta uma funcionária que não quis ser identificada.

Ainda segundo os responsáveis pela loja, com essa suspeita, acionaram a polícia e um boletim de ocorrência foi registrado. Após o registro, o suposto cliente não ligou mais para fechar a compra.

Estelionatários aplicam golpes por telefone em loja de Itapetininga (Foto: Reprodução/TV TEM)
Orientações

De acordo com o delegado Agnaldo Nogueira Ramos, alguns cuidados básicos são necessários para não cair nas armadilhas de estelionatários.

“Sempre desconfie. Nunca passe informações pessoais por telefone. Os comerciantes devem pesquisar sobre os antecedentes do futuro cliente. É necessário ter muita cautela, pois os estelionatários geralmente usam documentos falsificados, o que dificulta a investigação”, explica o delegado.

De acordo com o gerente de tecnologia da informação Fabiano Barros, também é necessário tomar alguns cuidados com compras online, pois os estelionatários aproveitam as facilidades da internet para criar falsos anúncios e enganar os consumidores.

“É importante sempre desconfiar, principalmente de uma oferta com valor muito abaixo do mercado, pois geralmente é golpe. Com alguns cuidados é possível evitar, como, por exemplo, ter um antivírus ativo, ou até mesmo fazer uma busca pelo navegador da internet para ver se o vendedor é confiável”, explica.

Funcionários desconfiam de golpe e acionaram a polícia (Foto: Reprodução/TV TEM)
Porém, se apesar de todos os cuidados, você acabar sendo vítima de algum golpe, o delegado Agnaldo explica que o primeiro passo é registrar um boletim de ocorrência.

“Se cair em um golpe é necessário reunir o máximo de informações e comparecer até a delegacia para que a Polícia Civil possa iniciar as investigações e chegar ao autor do estelionato”, conclui.

Delegado Agnaldo Nogueira Ramos orienta sobre cuidados para não cair em golpes (Foto: Reprodução/TV TEM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário