Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE


terça-feira, 13 de junho de 2017

Sem previsão do nível do rio baixar, inundação do bairro Cachoeirinha entra no terceiro dia

Mais de 50 chácaras estão alagadas no bairro, que pertence a Boituva, desde sábado (10). Nível do Rio Sorocaba subiu após forte chuva.

Por G1 Itapetininga e Região
Chácaras ficaram alagadas neste sábado (10) (Foto: Reprodução/TV TEM)

Inundação entra no terceiro dia

O bairro Cachoeirinha, pertencente a Boituva, na divisa com Tatuí, continua inundado nesta segunda-feira (12) após o nível do Rio Sorocaba subir quase dois metros com a forte chuva que atingiu Sorocaba na terça-feira (6). Devido à inundação no sábado (10), quatro comportas de uma usina, em Tatuí, foram abertas e moradores precisaram abandonar os imóveis.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil Ivanilson Ferreira Barbosa, não há previsão do nível do Rio Sorocaba baixar. "Se não chover, o nível pode baixar nos próximos dias. Mas não temos previsão de quando isso pode acontecer. No momento, a situação é a mesma de sábado. Há quatro comportas de uma usina abertas e as famílias do bairro continuam nas casas dos parentes", afirma.

Comportas de hidrelétrica são abertas e água alaga bairros em Boituva

Bairro rural de Boituva fica inundado após nível do Rio Sorocaba subir com chuva (Foto: Reprodução/TV TEM)

Alagamento Segundo a Defesa Civil, a água que inundou o bairro é de Sorocaba (SP) e Votorantim (SP). “Essa água vem do Rio Sorocaba, em Sorocaba, desce de Votorantim e pega a cabeceira do rio Sarapuí. Certamente é da chuva que foi registrada durante a semana”, afirma.

Carlos Eduardo de Oliveira é supervisor de operações da usina que precisou abrir as comportas e explica que a chuva na bacia do rio Sorocaba demora cerca de 72 horas para chegar na região de Boituva e Tatuí (SP). Por isso, a inundação aconteceu apenas neste sábado (10). "O rio Sorocaba está com 2,20 metros acima do nível normal e com 370 metros cúbicos de água por segundo passando pelas comportas. Já em dias normais, são apenas 40 metros cúbicos. Das 11 comportas, quatro estão abertas, quatro parcialmente abertas e três fechadas", explica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário