Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE


sábado, 6 de maio de 2017

Tatuí sofre goleada na final da Copa TV Tem de Futsal Feminino e fica com o vice

Jogadora de Taquarivaí perdeu o pai na véspera da final, mas entrou em quadra sem contar às colegas a tragédia familiar, para conquistar o hexacampeonato para sua cidade.

Por Caio Gomes Silveira - Itapeva, SP

Fixo Andreia abraça o técnico após triunfo de Taquarivaí: "Joguei para honrar meu pai" (Foto: Caio Gomes Silveira/TV TEM)

As meninas de Taquarivaí golearam Tatuí por 9 a 1 na noite desta sexta-feira e conquistaram o hexacampeonato da Copa TV TEM de Futsal da região Itapetininga. A partida abriu a noite de decisões em Itapeva, no ginásio Ginásio Antonio Queiroz, que recebeu cerca de 1,8 mil torcedores, segundo a organização do evento. Uma das campeãs de Taquarivaí teve um motivo a mais para se dedicar. A fixo Andreia perdeu o pai, que morreu de infarto. Mesmo com a tragédia na família, a jovem quis entrar em quadra porque, segundo ela, era o desejo do pai vê-la jogar.

– É uma emoção muito forte. Depois de erguer a taça, vou para o velório do meu pai, que morreu no Paraná. Mantive a notícia em segredo para não abalar o meu time – diz a atleta que há dois anos joga por Taquarivaí.

O jogo  Desde o primeiro minuto, Taquarivaí se mostrou melhor técnica e fisicamente. O primeiro gol saiu com 40 segundos, no chute de Poliana. Simone ampliou aos 8. O jogo era ataque contra defesa. Tatuí teve a primeira chance só aos 12 minutos. Missiara, goleira das campeãs, defendeu. Rarine fez o terceiro aos 13 minutos. Poliana novamente anotou aos 16 em contra-ataque. E, aos 19, Angélica fez contra para Taquarivaí. Fim do primeiro tempo: 5 a 0.

Mesmo com a partida praticamente liquidada, Taquarivaí voltou com a mesma intensidade. Trocando passes e encurralando Tatuí O sexto gol saiu aos 4 minutos, com Simone, em um chute forte no ângulo para fazer um golaço. Denise fez aos 8 e 9 minutos. Com o 8 a 0, Taquarivaí passou a tocar a bola e esperar. Com gritos de "olé", Tatuí ainda chegou a acertar a trave com Thainara, embaixo do gol.

Não era noite de Tatuí. Um minuto após a trave, aos 15, Poliana fez o nono, de letra. Nos últimos cinco minutos as campeãs esperaram e viram Angélica fazer o gol de honra de Tatuí, já a três minutos para o apito final.

Ginásio em Itapeva ficou lotado para ver a movimentada decisão do torneio feminino (Foto: Caio Gomes Silveira / TV TEM)

Na final masculina, Itapeva venceu pela segunda vez São Miguel Arcanjo, agora por 4 a 0, e também se tornou hexacampeã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário