Nosso Jornal Online

Tatuí, 


segunda-feira, 6 de março de 2017

Camerata de Violões do Conservatório de Tatuí apresenta concerto de boas-vindas no dia 29 de março

Um trio e um quarteto de instrumentistas participam da apresentação gratuita



A Camerata de Violões do Conservatório de Tatuí realiza concerto de boas-vindas no dia 29 de março, quarta-feira, às 15h00, no auditório da Unidade 2 (rua São Bento, 808, em Tatuí). A apresentação, coordenada pelo professor Edson Lopes, tem entrada franca e será composta por um trio e um quarteto de instrumentistas.

Na primeira parte, os violonistas Adriano Paes, Edson Lopes e Ricardo Grion executam quatro obras, sendo a primeira de Johann Sebastian Bach: “Prelúdio e Fuga No. 9, BWV 854” (do livro “O Cravo bem temperado”, vol. 1, e com transcrição de Edson Lopes). Na sequência, “Leichtes Trio, Op. 26 – Allegro”, de Leonhard von Call, e “Valseana, da suite “Aquarelle”, de Sérgio Assad (com transcrição de Orlando Fraga). O trio conclui a apresentação com a obra “Tres Canciones Populares Mexicanas – Allegro/Andante/Allegro”, de Manuel Ponce (transcrição de Edson Lopes).

O violonista Guilherme Sparrapan une-se a Adriano Paes, Edson Lopes e Ricardo Grion, formando o quarteto que conduz a segunda parte do espetáculo. “Desprezado (Choro)”, da autoria de Pixinguinha e arranjos de Ricardo Grion, é a primeira obra executada na segunda parte. “Quebra-Cabeças (Tango Brasileiro)”, de Ernesto Nazareth; “Estudo, Op. 10, No. 3 ‘Tristesse’”, de Frédéric Chopin; e “Canção sem Palavras, Op. 19b, No. 1”, de Felix Mendelssohn, todas com transcrição de Edson Lopes, dão sequência ao concerto. A Camerata de Violões se despede com “La Vida Breve”, de Manuel de Falla, também com transcrição de seu coordenador.

A diversidade oferecida por um repertório que varia de Bach a Pixinguinha é o propósito do coordenador Edson Lopes ao elaborar os repertórios da Camerata de Violões. No caso do concerto deste dia 29 a situação não é diferente. “Procuro utilizar um repertório que abrange o gênero clássico e o popular. Atinge melhor o público”, comenta o coordenador.

Camerata de Violões do Conservatório de Tatuí
A Camerata de Violões representa a excelência no ensino de violão clássico do Conservatório de Tatuí. Formado em 1996, o primeiro trabalho desenvolvido pelo grupo é o projeto “Garoto” (apelido de Aníbal Augusto Sardinha), para difundir as obras deste importante compositor brasileiro, precursor da Bossa Nova.

Em 1998 o grupo passou a desenvolver frequentemente projetos de pesquisa e divulgação de compositores brasileiros. Tais projetos culminaram, no ano 2000, no lançamento do CD “Vê Se Te Agrada”, com apresentações em muitas cidades do Estado de São Paulo e no Rio de Janeiro. A partir de 2001, passou a receber solistas convidados, desenvolvendo repertório especialmente adaptado, transcrito ou arranjado, enriquecendo a experiência do grupo.

O coordenador Edson Lopes
É formado pelo Conservatório de Tatuí e pela Trinity College of Music, de Londres. Durante seus estudos participou de vários concursos de violão, obtendo sempre o primeiro lugar. Destacam-se: “II Concurso de Jovens Instrumentistas” promovido pela Rede Globo de Televisão no programa “Concertos para a Juventude”; e “I Concurso Nacional de Violão” promovido pelo Banco do Brasil. Em 1979 frequentou o “XXII Curso de Musica en Compostela” (Espanha), sob a orientação do professor José Tomás (assistente de Andrés Segovia), onde foi considerado o “aluno mais destacado”, o que lhe valeu como prêmio uma nova bolsa de estudos para o ano seguinte.

Apoio Cultural – Para a temporada do ano de 2017, o Conservatório de Tatuí conta com apoio cultural da Coop – Cooperativa de Consumo e Grupo CCR SPVias.



SERVIÇO:
Camerata de Violões do Conservatório de Tatuí
Coordenação: Edson Lopes
Data: 29 de março de 2017, quarta-feira
Horário: 15h00
Local: Auditório da Unidade 2 – Rua São Bento, 808 – Tatuí
Entrada franca
Informações: (15) 3205-8444

Nenhum comentário:

Postar um comentário