Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Ponte do bairro Colina Verde é interditada após chuva em Tatuí

Ponte foi interditada após queda do muro de
contenção (Foto: Reprodução/TV TEM)
Desvio pode ser feito pela ponte da rua Caridade Terceira, afirma a Defesa Civil.

Do G1 Itapetininga e Região

A Secretaria de Obras e Infraestrutura de Tatuí interditou a ponte que dá acesso ao Bairro Colina Verde, nesta terça-feira (31). Segundo o secretário Marco Luís Rezende, o muro de contenção que estava sendo construído não suportou a força da água da chuva e cedeu.

Ainda de acordo com o secretário, a ponte estava parcialmente interditada desde 2014 e, devido à queda do muro, ele decidiu interditar a ponte como medida de segurança.

“A estrutura está firme. O problema está na ala que faz parte do aterro, por isso achamos melhor interditar para que engenheiros façam uma análise", afirma.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil João Batista Alves, em janeiro choveu mais do que o esperado para o mês e, se a chuva continuar, aumenta o risco de enchentes. “A chuva pode causar uma cheia repentina e é um perigo para a população, principalmente em lugares onde os barrancos estão sem as alas de proteção", explica.

Ainda segundo o coordenador, o desvio está sendo realizado pela ponte da rua Caridade Terceira, que fica cerca de 200 metros da ponte que foi interditada.

Muro de contenção não suportou forte chuva e caiu
(Foto: Reprodução/TV TEM)
Pontes interditadas
Das sete pontes que ligam o centro aos bairros da zona norte de Tatuí, seis delas então com problemas. Duas já desabaram, a primeira foi em março de 2016 e a outra foi no início de janeiro de 2017. A última ponte a apresentar problemas foi à ponte do Jardim Paulista, onde uma ponte de madeira está sendo construída como passagem alternativa. Com isso, a cidade possui apenas a ponte do Jardim Lírio liberado para carros, caminhões e ônibus.

Outros pontos que estão com problemas são: ponte do Bairro Marapé, interditada desde março de 2016 após cair; ponte do Residencial Bosque dos Junqueiras, só utilizada por moradores do condomínio; e ponte da Rua Alfredo Oliveira, proibida para caminhões e ônibus.

Emergência decretada
Depois da queda da ponte do Jardim Junqueira, a prefeitura decretou estado de emergência em 5 de janeiro. O decreto foi publicado pelo governo estadual em 20 de janeiro, e a situação de emergência tem duração de 180 dias.

A ponte que caiu este ano ficou parcialmente interditada desde dezembro do ano passado com acesso liberado apenas para veículos. Mas com o temporal que aconteceu no início desse ano, o acesso não resistiu e caiu. O trecho era um dos principais acessos da cidade após a queda da ponte do Bairro Marapé, em março de 2016.
Ponte do Jardim Junqueira era uma das principais vias de acesso a Tatuí (Foto: Vander Maques Junior/TV TEM)
Ponte do Jardim Paulista ficou totalmente interditada (Foto: Thiago Vasconcelos/TV TEM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário