Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Elektro investe em modernização de subestações. Tatuí será beneficiada.

As obras serão realizadas ao longo do ano e irão melhorar o fornecimento de energia elétrica

A Elektro entregará até dezembro deste ano a modernização de cinco Subestações com a aplicação da mais alta tecnologia em instalação de novos equipamentos e sistemas de automação que permitem a operação a distância. O investimento, que ultrapassa os R$ 6 milhões, refletirá em benefícios para mais de 71 mil clientes. As subestações beneficiadas pela digitalização são: Tatuí 02. Mirandópolis 01, Pereira Barreto 01, Cabreúva 02 e Tambaú 01.

Para os clientes, reduz-se a probabilidade de falta de energia e o tempo de reestabelecimento da energia elétrica em caso de interrupções acidentais, pois as novas funcionalidades trazem maior confiabilidade ao sistema e permitem direcionamento de ações em tempo real para correção de eventuais falhas na Subestação. “Na Elektro priorizamos um alto patamar de investimento focado em melhorar o fornecimento de energia para milhares de famílias”, destaca Jader Carneiro, Gerente de Subestações e Linhas de Transmissão.

A digitalização dos equipamentos conta com o conceito de rede inteligente que na prática representa a operação remota dos sistemas, ou seja: do Centro de Operação da Distribuição, em Campinas, é possível realizar manobras e recompor a rede de distribuição de energia elétrica em um curtíssimo espaço de tempo.

Sobre a Elektro

Reconhecida por sete vezes nos últimos 9 anos como a Melhor Distribuidora de Energia Elétrica do País, por seis vezes como a Melhor Empresa para Trabalhar do Brasil e duas vezes da América Latina, a Elektro é uma empresa do Grupo Iberdrola, 5º maior grupo de energia elétrica do mundo. Com atuação em 228 municípios, sendo 223 no Estado de São Paulo e cinco no Mato Grosso do Sul, atende mais de 2,5 milhões de clientes, mais de 6 milhões de pessoas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário