Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Moradores reclamam de crateras em avenidas com obras paradas em Tatuí


Cratera em avenida se abriu e galera ficou
exposta (Foto: Reprodução/TV TEM)
Avenidas são do Jardim Lucila e do bairro Nova Tatuí.
Locais receberão manutenção no início deste mês, diz prefeitura.


Do G1 Itapetininga e Região

As avenidas Doutor Olavo Ribeiro de Souza, no Jardim Lucila, e Virgílio Montezzo, no bairro Nova Tatuí, estão com obras paradas e trechos com crateras e sem calçadas há um ano, de acordo com os moradores de Tatuí. Segundo eles, as crateras atrapalham o trânsito e as obras paradas levam mau cheiro às casas vizinhas.

O mecânico Márcio Fabiano Chiconato conta que com o passar do tempo a situação do local só piorou. “Faz um ano e seis meses que está aqui. Era para fazer a canalização do esgoto da Avenida Virgílio Montezzo até a rua de baixo, mas está tudo parado. Nessa ligação, começaram a mexer e a cratera foi aumentando até a avenida. O buraco já colocou a população em risco”, afirma.
O mecânico Fábio Amaral Lessi relata que o mau cheiro que vem da cratera atrapalha os negócios e incomoda os clientes. “Quando ameaça chover e o vento vem o cheiro fica forte. Até cliente reclama do cheiro imaginando que é da propriedade, mas não. É do esgoto. A prefeitura ficou de arrumar e não fez nada. E ainda tem o risco de gente passar, cair no buraco e causar até morte, sem que ninguém seja responsabilizado. Quando chove fica ainda pior. Não dá nem para ver”, diz.

No Jardim Lucila, a dona de casa Maria Madalena de Oliveira Campos conta que não consegue fazer a caminhada matinal devido à falta de calçadas. “Tem buraco, bagunça e barro. Os carros, quando passam, jogam barro na gente. E tem um pedaço em que é preciso dividir as ruas com os carros porque está sem calçada”, reclama.

O aposentado João Machado comenta que uma equipe até iniciou a reforma nas ruas do local. Porém, o serviço foi interrompido e não voltou mais. “Pararam tudo. E a chuva veio e levou tudo embora. Agora a gente fica no prejuízo, andando por cima da sujeira e do mau cheiro”, completa.

Em nota, a Secretaria de Infraestrutura afirmou que as duas vias estão no cronograma do programa “Tapa-Buraco” e que as ações devem começar no início deste mês.

A Prefeitura de Tatuí explicou que a construção de galerias de águas pluviais na Avenida Virgílio Montezzo foi interrompida porque precisou alterar o projeto e mudar a localização de alguns postes da rede elétrica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário