Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Notas eleitorais

  • Tatuí elegeu sua segunda prefeita na história. Antes de Maria José, tivemos Chiquinha Rodrigues.
  • O vereador Job dos Passos Miguel resolveu deixar o legislativo após dois mandatos e lançou a candidatura do filho, João Eder Miguel, que se elegeu. Impressionante.
  • Da mesma forma Gonzaga. Barrado pela Lei da Ficha Limpa, lança a mulher no último dia do prazo e faz história.
  • O PT deve manter sua cadeira no legislativo com a eleição de Eduardo Sallum. A impugnação do partido foi anulada pelo TRE. A campanha do partido foi prejudicada pela indefinição eleitoral.
  • Oito candidatas não obtiveram nenhum voto, ou seja, nem o próprio voto. O fato não se repetiu com os homens.
  • O PV surpreendeu. Com grandes votações, elegeu três vereadores. É a primeira vez que a sigla elege representante para o legislativo tatuiano.
  • Maria José Pinto Vieira de Camargo, a próxima prefeita, deve iniciar com uma maioria apertada na Câmara: 9 contra 8 da oposição.
  • Rosana Nocheli Pontes / PP pode ter obtido a maior votação de um candidato não eleito para a Câmara de Tatuí na história: 1.218 votos.
  • A chapa maçônica do PSC disputou com apenas seis candidatos, não se coligou e não conseguiu o quociente eleitoral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário