Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Museu de Tatuí é o mais frequentado do interior de São Paulo

Cidade registrou a visita de mais de 46 mil pessoas em 2015

Tatuí é uma cidade que respira cultura. A tradição da música e outras expressões artistas estão cada vez mais atraindo visitantes ao Museu Histórico “Paulo Setúbal”. Uma recente pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha e pela J. Leiva Cultura e Esporte revelou que o museu é o mais visitado do interior paulista.

Entre as principais cidades que possuem museu, 15 foram destacadas. Dessas, Tatuí liderou a freqüência com 36% no último ano. O Museu local fica atrás apenas dos museus da cidade de São Paulo, como o MASP, MAM, Museu do Futebol, Museu da Língua Portuguesa e Museu de Artes Sacras.

A evolução se mostra ao longo dos anos. Em 2012, o registro de visitas ao Museu de Tatuí era de 19 mil pessoas no ano. Já em 2015, veio o recorde histórico de 46.800 visitantes. Em alguns finais de semana cerca de 200 pessoas chegam a passar pelo local. A pesquisa revelou ainda que 20% dos entrevistados assistiram concertos e ainda que 19% realizam atividades culturais no tempo livre, durante a visitação.

De acordo com a coordenadora do Museu Histórico “Paulo Setúbal” e representante na região administrativa de Sorocaba do Sisem (Sistema Estadual de Museus), Raquel Fayad, o objetivo da pesquisa foi identificar como a população se relaciona com atividades culturais e com isso gerar informações capazes de contribuir com o trabalho dos gestores. “Infelizmente, a sondagem identificou que 43% das pessoas ainda não se interessam por museus e é para conquistar esse público que vamos buscar atividades diferenciadas, para que sintam-se em casa e possam trazer suas críticas, sua história, suas vivencias, para que possamos juntos continuar a construir a historia da nossa cidade”, concluiu.

Para atrair cada vez mais um público maior, o Museu conta com diversas parcerias para manter o espaço sempre em movimento. A cada mês, a sala de exposições itinerantes recebe trabalhos de artistas plásticos. Antes da abertura da exposição sempre há uma apresentação musical, fazendo com que diferentes expressões artistas se encontrem no mesmo espaço. Além disso, os grupos de teatro Nossa Trupe Teatral e Cia Teatral Êxodos realizam ensaios no auditório, também promovem apresentações ao público. Já a parceria com o Museu da Imagem e Som proporciona oficinas de vídeo e fotografia além de sessões de cinema.

Todos esses atrativos fazem com que o Museu se torne referencia na região. “Recentemente, o espaço recebeu a visita do prefeito de Araras, Nelson Dimas Brambilla, acompanhado da arquiteta Adriana Corsini Menegolli e da secretária da Cultura Kelly Cristine Ignacio de Moraes. Eles vieram conhecer o museu e as atividades propostas à população para que possam seguir o mesmo caminho na Casa da Memória, que será inaugurada em breve, em Araras”, comenta o diretor de Cultura e Desenvolvimento Turístico, Jorge Rizek.

Nenhum comentário:

Postar um comentário