Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

quarta-feira, 6 de julho de 2016

Câmara aprova abertura de processo de cassação do prefeito de Tatuí

(Foto: Reprodução/ TV TEM)

Legislativo aprovou com base em uma decisão da Justiça por improbidade.

Prefeito diz que respeita a decisão, mas que se trata de manobra política.

Do G1 Itapetininga e Região

A Câmara de Tatuí aprovou, durante sessão nesta terça-feira (5), um pedido de abertura de processo de cassação do prefeito José Manoel Correa Coelho, Manu (PMDB). A aprovação teve como base uma decisão da Justiça que condenou o líder do Executivo, em primeira instância, por improbidade administrativa no contrato entre a prefeitura e uma empresa contratada para fazer filmagens e coberturas jornalísticas.

De acordo com o processo, ficaram provadas irregularidades no contrato firmado entre a prefeitura e a empresa Nesh Fotos e Vídeos Tatuí. A empresa foi contratada por R$ 78.700 mil para filmagens e coberturas jornalísticas entre fevereiro de 2013 e fevereiro de 2014 e depois teve o contrato prorrogado até 2015.

A decisão destaca três irregularidades: a falta de concorrência ou explicação para o processo licitatório, o uso de uma auxiliar de gabinete do prefeito como repórter da empresa Nesh e uso dos serviços da empresa para promoção pessoal do prefeito.

Segundo a direção da empresa Nesh Fotos e Vídeos, o contrato foi cumprido sem nenhuma irregularidade. Já o prefeito José Manoel afirma que respeita a decisão, mas diz que se trata de uma manobra política, apresentada e votada no mesmo dia, sem comunicação prévia dos vereadores durante o período de recesso legislativo e antes mesmo de votar projetos importantes, como a Lei de Diretrizes Orçamentárias.

Ainda segundo o prefeito, o caso está sob análise da Justiça em primeira instância e afirmou que está confiante de que a decisão será favorável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário