Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

sábado, 11 de junho de 2016

Conservatório de Tatuí apresenta-se no Festival de Inverno de Campos do Jordão

Orquestra Sinfônica, sob regência de João Maurício Galindo, é atração no dia 3 de julho


A Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí faz, pelo décimo ano seguido, participação especial no Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão, que chega a sua 47ª edição. O evento acontece de 2 a 31 de julho, sob gestão da Fundação Osesp, e alia uma intensa programação pedagógica a uma gama representativa de concertos sinfônicos e de câmara – a maioria gratuitos –, que contam com a participação de renomados artistas nacionais e internacionais.

A Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí, sob regência de João Maurício Galindo, apresenta-se no dia 3 de julho – domingo -, às 12h, na Praça do Capivari.

No programa especialmente selecionado para a ocasião, constam obras de Gioacchino Rossini (“Abertura de O Barbeiro de Sevilha”), Edmundo Villani-Côrtes (“Concerto para vibrafone e orquestra”, com solos de Carlos dos Santos) e Ludwig van Beethoven (“Sinfonia n. 8 em fá maior, Op. 93”).

A Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí foi criada em 1985, como suporte à performance dos estudantes da área de cordas sinfônicas. É formada por professores e alunos bolsistas e recebe regularmente regentes e solistas consagrados. De caráter pedagógico, a orquestra realiza concertos didáticos com objetivo de fomentar a música clássica, principalmente entre crianças. A partir de 2011, tornou-se um dos grupos mais ativos da música clássica brasileira, tendo João Maurício Galindo à frente como regente titular. Em recentes temporadas, fez dezenas de concertos e apresentações marcantes, como os da Sinfonia nº 9 em ré menor, de L. Beethoven, e da cantata cênica “Carmina Burana”, de C. Orff. Este último apresentado na série Tucca, na Sala São Paulo.

João Maurício Galindo está à frente da Orquestra Jazz Sinfônica do Estado de São Paulo há 11 anos e da Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí desde 2011. Foi regente da Orquestra Amazonas Filarmônica, da Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo, e atuou como convidado frente a outras, como a Sinfônica de Campinas, Petrobrás Sinfônica do Rio de Janeiro, Filarmônica de Belgrado, Sinfônica de Bari (Itália) e Sinfônica de Roma. Foi também regente da Orquestra de Alunos dos Festivais de Campos do Jordão em 1998, 2000 e 2002. Mantém dois programas na Rádio Cultura de São Paulo, o “Pergunte ao Maestro”, e o “Encontro com o Maestro”. Na TV Cultura apresentou o “Pré-Estreia”. É Bacharel em Composição e Regência pela UNESP, e mestre em musicologia pela USP.

Em mais de 40 anos de história, o Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão se consolidou como o maior e mais importante festival de música clássica da América Latina.

Conhecido e respeitado internacionalmente, o Festival é passagem obrigatória de conceituados artistas de todo o mundo. Ao longo de sua história, nomes do porte de Eleazar de Carvalho, Magda Tagliaferro, Yehudi Menuhin, Hugh Ross, Mstislav Rostropovich, Michel Philippot, Kurt Masur, Dame Kiri Te Kanawa, Trio Beaux Arts, Ysaÿe Quartet e Le Poème Harmonique, entre muitos outros, brilharam nos palcos e classes do Festival.

Além da apresentação em concertos, grandes artistas também fazem parte da programação pedagógica do Festival, dando aulas e masterclasses a jovens músicos. Anualmente, estudantes de música de diferentes partes do mundo – sobretudo do Brasil, América Latina e América do Norte – escolhem o Festival de Campos do Jordão para se aperfeiçoarem. Renomados artistas brasileiros foram bolsistas do Festival de Campos do Jordão em edições anteriores, e reconhecem a sua importância no caminho para a profissionalização de jovens músicos.

Hoje, o Festival tem público direto de dezenas de milhares de pessoas. Por seus palcos passam mais de 3 mil artistas, e suas aulas são ministradas por mais de uma centena de músicos do primeiro escalão mundial.

Apoio Cultural – No ano de 2016, o Conservatório de Tatuí orgulha-se em receber apoio cultural da Coop e CCR SPVias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário