Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Comerciantes afirmam que estão sofrendo prejuízos com ponte interditada

Ponte que caiu após chuva em Tatuí continua interditada no bairro Marapé
Prefeitura alega que verba de R$ 670 mil ainda não foi liberada.

Do G1 Itapetininga e Região

A ponte do bairro Marapé em Tatuí, que caiu após forte chuva no dia 10 de março deste ano, permanece interditada e ainda não foi reconstruída. De acordo com os comerciantes do bairro, a interdição prejudica as vendas e causa prejuízos aos lojistas. Em nota, a administração municipal afirmou que a verba para finalizar o serviço ainda não foi liberada pelo governo estadual.

Segundo Luiz Carlos Amado, que é proprietário de uma distribuidora de gás, seu estabelecimento comercial sofreu um prejuízo estimado em R$ 80 mil desde que a ponte caiu. “O movimento na loja, que fica bem em frente da ponte, diminuiu bastante. Tivemos que fazer promoção e diminuir os preços para que pudéssemos atrair mais os clientes”, diz.

Ponte do Marapé, em Tatuí, está interditada há quase dois meses (Foto: Reprodução/TV TEM)

Diante da falta de obras pela ponte, os moradores e lojistas se uniram e fizeram um abaixo-assinado solicitando uma resposta dos órgãos públicos em relação à reconstrução da ponte.

“Tentamos até agendar uma reunião com o prefeito, mas não conseguimos. Então, nos reunimos e fizemos um abaixo-assinado. Conseguimos algumas assinaturas e já fizemos um protocolo na prefeitura e na Câmara. Agora, nós aguardamos uma resposta”, explica Adriano Soares Vieira, proprietário de uma serralheria.

Para o comerciante Arlindo de Jesus, a demora nas obras torna a situação cada vez mais complicada. “Não temos nenhuma posição do que vai ser feito. O comércio já está difícil para todos e a queda da ponte ajudou ainda mais a cair o movimento”, completa.

Em nota, a prefeitura de Tatuí afirmou que aguarda a liberação de R$ 670 mil do governo do estado para terminar a obra. A expectativa é que na próxima semana o prefeito assine o convênio para liberação da verba para que, em seguida, comece o processo de licitação.

Ainda segundo a prefeitura, a ponte é monitorada por engenheiros do município que fizeram a adaptação do projeto original e que seguem as exigências da Defesa Civil e da Casa Militar.
Obras na ponte do bairro Marapé, em Tatuí, estão paradas (Foto: Reprodução/TV TEM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário