PUBLICIDADE

Boletim de informações COVID-19 n° 187 Tatuí, 02 de agosto de 2020 - 18h

1196 CONFIRMADOS
1135 RECUPERADOS
38 ÓBITOS
83 SUSPEITOS
11 HOSPITALIZADOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

terça-feira, 31 de maio de 2016

O Museu Paulo Setúbal exibe o filme "O Começo da Vida" neste sábado, dia 04, às 15h.

O Museu Histórico Paulo Setúbal convida todos para a exibição do filme "O Começo da Vida"! É neste sábado, dia 04, às 15h.

Para reservar sua vaga entre em contato pelo telefone (15) 3251-6586 ou por email: mhpstatui@gmail.com.

"O COMEÇO DA VIDA"

Direção: Estela Renner

"O Começo da Vida" é um filme que percorre os quatro cantos do mundo para mostrar a importância dos primeiros anos de vida na formação de cada pessoa. A "Casa de Mães" em parceria com a Secretaria da Cultura de Tatuí organiza uma sessão aberta a todos os interessados neste assunto de caráter global. O evento contará com uma roda de debate realizado com a parceira da Terapeuta Ocupacional Ana Paula de Camargo Orsi e com a psicóloga Laís Campos.

Mais informações:

Embaixador de Tatuí: amigos e família contam a história de superação de Rodinei

Lateral-direito do Flamengo é natural de Tatuí

A contagiante alegria de Rodinei, lateral-direito do Flamengo, reflete a personalidade de um jovem dedicado, lutador e que faz questão de "contaminar" todos a sua volta com otimismo e disposição. Natural de Tatuí, interior de São Paulo, o camisa 2 rubro-negro carrega uma história de superação e muita luta. Aos 24 anos, conserva dois grandes orgulhos: a cidade natal e o Mais Querido.

Não há vídeo da Fla TV que Rodinei não fale com carinho de suas origens ou do privilégio de ser jogador do Flamengo. Ao "colocar" Tatuí no mapa do futebol brasileiro, o lateral conquistou uma legião de fãs do seu humor, futebol e raça, além da curiosidade. Por isso, o Mengão foi até o município de 115 mil habitantes contar essa história.

Superação 
O local é o gramado do XI de Agosto, clube local, berço do camisa 2. Adillsinho, Biel e Baratinha, amigos do lateral, autor dos apelidos, relembram orgulhosos e emocionados o caminho do parceiro. Rodinei perdeu o pai assim que nasceu. Pouco tempo depois, a mãe do jogador faleceu. O sofrimento de criança não parou. Aos 10, Rodinei perdeu a avó que o criava até ali. Morando com tios ou tias, se criou ao lado dos amigos, sempre pelo bom caminho.

"O Rodinei poderia ter escolhido o caminho ruim, mas sempre fez questão não só de escolher bons rumos, como contagiar os amigos. Sempre me convidava para ir à igreja nas sextas-feiras. Ele vivia dormindo em casa ou nos meus primos", conta orgulhoso Adilsinho.

Bom aluno e "amigo da onça"
O sorriso, a camaradagem e a brincadeira sempre fizeram parte da vida de Rodinei. Baratinha, amigo próximo, revela que, no colégio, o lateral sempre entregava os colegas que "matavam aula" quando ele não conseguia, mas que era poupado nas ocasiões que ia para quadra jogar bola ao invés de prestar atenção nas matérias. Mesmo assim, focado e bom aluno, Rodinei foi até o final e formou-se no Ensino Médio. Depois, foi correr atrás do sonho: jogar futebol profissionalmente.

Família
Rodinei é adorado pela família da mulher. Obviamente, deu apelido para todos, incluindo os sogros Fábio e Vanessa, conhecidos por ele como "Fabunxo" e "Vanessão". Chegou de mansinho na família, à época ainda lutando para se tornar um jogador bem sucedido. Fábio, o sogro, revela que o genro é bagunceiro e não "perdoa" ninguém.

"Bagunceiro! No final do ano, fomos para um chácara e quando todos dormiam ele passou maquiagem, pasta de dente, em todo mundo. Mas ele é isso, humildade em pessoa", destaca.

Solidariedade e humildade
Farid, amigo da família e do atleta, revela aspectos de Rodinei que são possíveis de imaginar, mas ainda desconhecidos. No final do ano (foto acima), o lateral organizou uma partida de futebol na cidade e arrecadou 600 kg de alimentos. Além disso, faz questão de atender a todos quando está em Tatuí.

"Para os tatuianos é um orgulho ter o Rodinei no Flamengo. Ele leva o nome da cidade a todos. Quando está por aqui, atende todos com humildade e atenção", conta.

A "vingança" dos apelidos
Para Rodinei não sair "impune" na matéria, os amigos revelaram alguns de seus apelidos: "Canela cinza" é o preferido de todos. Adilsino, para finalizar, revela: "Tinha um monte de furúnculo nas pernas", conta aos risos.

Rodinei e toda a equipe do Flamengo seguem em preparação para encarar Vitória e Palmeiras pelo Brasileirão. O Mais Querido enfrenta o time baiano na quinta-feira, 21h, em Volta Redonda. Já o duelo contra os paulistas acontece domingo, 16h, no Mané Garrincha, em Brasília.

Fonte: Site Oficial

Jogo de basquete do XI de Agosto no dia 5 tem entrada franca


Vereador acusado de assassinato em Tatuí é absolvido por júri popular

Márcio de Camargo (PSDB) foi absolvido de crime ocorrido em 2003.
Júri entendeu que não houve provas suficientes contra o parlamentar.

Do G1 Itapetininga e Região

O vereador de Tatuí Márcio Antônio de Camargo (PSDB), de 39 anos, foi absolvido por júri popular nesta terça-feira (31) da acusação de um homicídio registrado no ano de 2003, no qual ele foi apontado como o responsável por ter assassinado Cláudio Bueno de Campos. A sessão foi presidida pelo juiz Rubens Petersen Neto e durou mais de quatro horas.

O julgamento começou na manhã desta terça-feira. De acordo com a acusação, testemunhas informaram que a vítima Cláudio Bueno estava discutindo com outra pessoa durante uma festa no mês de fevereiro, quando foi baleado.

Ainda segundo a acusação, testemunhas disseram na época do crime que viram o vereador sair do recinto da festa portando uma arma de fogo depois que a vítima foi baleada.

O vereador foi ouvido no período da manhã e negou todas as afirmações. Ele alegou que trabalhava em uma barraca na festa. Segundo o parlamentar, ele ouviu uma discussão, mas não sabia o que era e não tem envolvimento.

Ainda no julgamento, cinco testemunhas de defesa deram suas versões. Já as duas testemunhas de acusação não compareceram.

A sentença aconteceu no período da tarde e, de acordo com a promotoria, não havia provas suficientes para condenar o parlamentar.

Vereador de Tatuí é julgado por homicídio nesta terça-feira

Márcio de Camargo (PSDB) é apontado como autor do crime.
Assassinato aconteceu em 2003. Advogado de defesa nega acusações.

Do G1 Itapetininga e Região

O vereador de Tatuí Márcio Antônio de Camargo (PSDB), de 39 anos, está sendo julgado nesta terça-feira (31) por um homicídio registrado no ano de 2003, no qual ele é apontado como o responsável por ter assassinado Cláudio Bueno de Campos. O advogado de defesa do vereador nega as acusações e afirma que há desencontros na versão da promotoria.

Vereador é julgado por júri popular nesta terça-feira, 31 (Foto: Cláudio Nascimento/ TV TEM)

O julgamento é por júri popular e começou na manhã desta terça-feira. De acordo com a acusação, testemunhas informaram que Cláudio Bueno estava discutindo com outra pessoa durante uma festa no mês de fevereiro, quando foi baleado.

Ainda segundo a acusação, testemunhas disseram na época do crime que viram o vereador sair do recinto da festa portando uma arma de fogo depois que a vítima foi baleada.

O vereador foi ouvido no período da manhã e negou todas as afirmações. Ele alegou que trabalhava em uma barraca na festa. Segundo o parlamentar, ele ouviu uma discussão, mas não sabia o que era e não tem envolvimento.

Ainda no julgamento, cinco testemunhas de defesa já deram suas versões. Já as duas testemunhas de acusações não compareceram.

O vereador Márcio do Santa Rita foi eleito pela primeira vez em 2012 pelo PSDB, com 1.263 votos. Caso ele seja condenado, continuará na Câmara, afirma o setor jurídico da Casa. Já caso ele seja julgado em segunda instância, o parlamentar pode ser afastado, de acordo com o setor jurídico. Atualmente não há nenhum processo na Câmara pedindo o afastamento do vereador.

Caso é julgado no Fórum de Tatuí após 13 anos de espera (Foto: Cláudio Nascimento/ TV TEM)

Cultura do Amapá em Tatuí

Nesta terça-feira, dia 31 de maio, o Conservatório de Tatuí apresentará show de Marabaixo, com as cantoras Patrícia Bastos e Oneide Bastos e Paulinho Bastos, este último, integrante do grupo Banzeiro do Brilho de Fogo do Amapá. A direção e os arranjos são de Paulo Flores.

Associado às festividades de devoção a santos católicos, o Marabaixo, manifestação que congrega dança, música e canto, é, na atualidade, relacionado à identidade social do estado do Amapá. O show, que contará com atuação dos alunos do Conservatório, terá ingressos vendidos a R$ 12 (R$ 6 meia entrada) e acontece no teatro Procópio Ferreira. No show, serão apresentadas, entre outras, obras como Mei Mei (Val Milhomem e J. Gomes), Demônio de Batom (Dante Ozzetti e J. Gomes), Jeito Tucuju (Val Milhomem e J. Gomes) e Último Chá (Paulinho Bastos).

O marabaixo é uma festividade folclórica de origem africana, realizada pelas comunidades negras do estado do Amapá. Consiste em homenagear o Divino Espírito Santo e a Santíssima Trindade com missas, novenas, ladainhas (parte sagrada dos festejos) e danças de roda (parte profana dos festejos) puxada pela batida de tambores chamados de “caixas de marabaixo”.

Ontem, segunda-feira, Paulinho Bastos coordenou uma oficina de Marabaixo, baseada no projeto Banzeiro, criado em 2014, com as oficinas de percussão no quilombo do Curiaú, e as itinerantes, em praças, associações, faculdades e escolas do centro e periferia de Macapá, orientadas por instrutores com conhecimento musical. Também foram oferecidas oficinas de confecção de tambores e produção de adereços, abertos para a população. O projeto é coordenado pelos músicos Adelson Preto, Paulinho Bastos e Alan Gomes. Com aceitação da população e adesão de músicos e outros artistas, o Banzeiro é reconhecido como a primeira orquestra de percussão do Amapá formada por pessoas de todas as faixas etárias, que através da música e arte, aprendem a importância da valorização das tradições regionais, impressas em canções e dança. “Tiramos o marabaixo e batuque dos barracões e levamos para outros espaços públicos, onde os alunos aprenderam a tirar o som das caixas, e se arrumar com flores, chapéus de palha, saia rodada e outros adereços da nossa cultura”, explica Paulinho Bastos.

Dia a Dia

2 - É nesta terça-feira, 31, às 10h30, a reinauguração do Centro de Saúde Dr. Aniz Boneder, o Postão.

1 - A Festa Junina do Colégio Anglo de Tatuí acontece no sábado dia 18 de junho, das 12h30 às 21h30. O colégio estásituadona Avenida Firo Vieirade Camargo,835, fone 15 3251-1013.

Vera Holtz mostra mais uma de suas fotos criativas


Vera Holtz mostra foto de seu novo ensaio – Foto: Reprodução/Instagram

AB Colinas registra 613 mil veículos no feriado de Corpus Christi

por Vitória Caleffo

As rodovias administradas pela AB Colinas receberam 613 mil veículos durante o feriado prolongado de Corpus Christi, entre os dias 25 e 29 de maio. Neste mesmo período foram registrados 22 acidentes com 16 pessoas feridas. Não houve acidente fatal.

Castello Branco / A Rodovia Castello Branco (SP-280), cujo trecho de concessão vai do km 79 (Itu) ao km 129 (Tatuí), recebeu 189 mil veículos. Nela foram registrados cinco acidentes com uma pessoa ferida.

SP-127 / A SP-127 (Rodovias Fausto Santomauro, Cornélio Pires e Antônio Romano Schincariol), entre os municípios de Rio Claro e Tatuí, recebeu cerca de 62 mil veículos e foi registrado um acidente com uma pessoa ferida.

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Alunos de oboé apresentam-se em recital nesta sexta, 3

Apresentação será no Salão Villa-Lobos, a partir das 17h


Alunos da classe de oboé do Conservatório de Tatuí fazem apresentação especial na próxima sexta-feira, 3, às 17h. O recital acontece no Salão Villa-Lobos, à rua São Bento, 415.

Sob coordenação de Otávio Blóes e orientação da professora Valquíria Porciúncula, os alunos apresentam-se após o masterclass do professor Alexandre Ficarelli, que acontecerá na mesma data, a partir das 14h.

No recital, apresentam-se os alunos Isaque C. Alves de Almeida, Emanuelle M. V. Pinheiro, Francisca Lara G. Pinheiro, Vitor Mantovani Feketé, Ana Laura Q. de Souza, Alysson Cesar M. dos Santos, Gabriel Augusto Pinto, Gabriel Viegas Dantas, Robson de Araújo, José Luiz Silveira Teixeira, Bobiana Mescouto Alves, Fernando A. Alves, Rafael Rodrigues Lopes, Luis Gustavo Gonçalves, Maria Clara Teles, Ivan de Oliveira Cleto, Victor G. Arena Correa, Saulo Franciscon P. de Oliveira, Daniel G. D’Avila, Carlos Eufrazino Fernandes e Vitor G. Germano Alves. Os alunos serão acompanhados pelos pianistas Luis Gustavo Bueno, Francine Dias e Milena Lopes.

No repertório, estão as obras Melodias 1 a 4 (Abracadabra), Duetos 12 e 17 (Abracadabra), Ecossaise (F. Schubert), Air 1689 (John Bloon), Pavane, qua la bela fransceschina (L. de Milán), Air Allemand (C. Czerny), Oh mio babino caro (G. Puccini), Young Terence MacDonough (T. O’Carolan), Minueto nº 20 (J.S. Bach), Mazurka in F (F. Chopin), Orientale (Cesar Cui), Duetos 26, 27 e 40 (Abracadabra), Minuet (N. Amani), On Wings of Song (F. Mendelssohn), Solvejg’s Song (E. Grieg), Bourrée (G.F. Handel), Indian Canzonetta (A. Dvorák), entre outras.

Apoio Cultural – No ano de 2016, o Conservatório de Tatuí orgulha-se em receber apoio cultural da Coop e CCR SPVias.

SERVIÇO
Recital dos Alunos da Classe de Oboé
Quando: 3 de junho de 2016 . Sexta-feira
Horário: 17h00
Local: Salão Villa-Lobos – Rua São Bento, 415
Entrada franca

Mostra de Canto Coral 2016 . Programação Completa

Confira programação completa da Mostra de Canto Coral, que começa neste dia 6

Mostra de Canto Coral 2016 – 1° semestre

06/06/2015 – Segunda-feira

Professor Responsável – Ester Freire e Sueli Poppi
HORACLASSEPROFESSOR
9hCoral Infantil (8:20)Karin Vercellino
 Coral Adulto Nível 3(8:20)Ester Freire
   
11hCoral Infanto-juvenil(10:20)Ester Freire
 Coral Adulto Nível 4(10:20)Karin Vercellino
 Coral Adulto Nível 5, 6 (10:20)Sueli Poppi
   
14hCoral infantil (13:20)Karin Vercellino
 Coral Adulto Nível 6 (13:20)Ester Freire
   
16hCoral infantil (15:20)Ester Freire
 Coral Adulto Nível 1, 2(15:20)Karin Vercellino
   
17hCoral Adulto Nível 3 (18:00)Sueli Poppi

Mostra de Canto Coral 2016 – 1° semestre

07/06/2016 – Terça-feira

Professor Responsável – Edmo Guimarães e Ester Freire
HoraClasseProfessor Regente
9hCoral Infantil (8:20)Ester Freire
 Coral Adulto Nível 5 (8:20)Edmo Guimarães
   
11hCoral Adulto Nível 1, 2 (10:20)Ester Freire
 Coral Adulto Nível 6 (10:20)Edmo Guimarães
   
14hCoral infantil (13:20)Ester Freire
 Coral Adulto Nível 2 (13:20)Edmo Guimarães
   
16hCoral Infanto-juvenil (15:20)Sueli Poppi
 Coral Adulto Nível 4, 5(15:20)Ester Freire
 Coral Adulto Nível 3(15:20)Edmo Guimarães
   
18hCoral Adulto Nível 1, 2 (18:00)Sueli Poppi

Mostra de Canto Coral 2016 – 1° semestre

08/06/2016 – Quarta-feira

Professor Responsável – Karin Vercellino e Mirtes Emilia Paes
HoraClasseProfessor Regente
9hCoral Adulto Nível 1(8:20)Karin Vercellino
 Coral Adulto Nível 5, 6(8:20)Cibele Sabioni
 Coral Adulto Nível 2, 3Edmo Guimarães
   
11hCoral Infantil(10:20)Karin Vercellino
 Coral Adulto Nível 5Mirtes Emilia L. Paes
   
14hCoral Infanto-Juvenil(13:20)Karin Vercellino
 Coral Adulto Nível 2, 3 (13:20)Cibele Sabioni
 Coral Adulto Nível 4, 5 (13:20)Sueli Poppi
 Coral Adulto Nível 3Mirtes Emilia L. Paes
   
16hCoral Adulto Nível 1(15:20)Karin Vercellino
 Coral Adulto Nível 2 (15:20)Cibele Sabioni
 Coral Adulto Nível 4(15:20)Sueli Poppi

Mostra de Canto Coral 2016 – 1° semestre
09/06/2016 – Quinta-feira

Professor Responsável – Sueli Poppi e Cibele Sabione
HoraClasseProfessor Regente
9hCoral Infantil (8:20)Karin Vercellino
 Coral Adulto Nível 4, 5, 6 (8:20)Cibele Sabioni
 Coral Adulto Nível 2, 3 (8:20)Sueli Poppi
   
11hCoral Infantil(10:20)Karin Vercellino
 Coral Adulto Nível 1 (10:20)Sueli Poppi
 Coral Adulto Nível 3 (10:20)Cibele Sabioni
   
14hCoral infantil (13:20)Cibele Sabioni
 Coral Adulto Nível 2, 3, 4 (13:20)Karin Vercellino
 Coral Adulto Nível  5, 6(13:20)Edmo Guimarães
   
16hCoral Infantil(15:20)Karin Vercellino
 Coral Adulto Nível 1, 2, 3 (15:20)Cibele Sabioni
 Coral Adulto Nível 5(15:20)Mirtes Emilia L. Paes
   
18hCoral Adulto(18:00)Sueli Poppi

Mostra de Canto Coral 2016 – 1° semestre

10/06/2016 – Sexta-feira

Professor Responsável – Cibele Sabioni e Karin Vercellino
HoraClasseProfessor Regente
9hCoral Infantil (8:20)Karin Vercellino
 Coral Adulto Nível 4, 5(8:20)Cibele Sabioni
   
11hCoral Infantil(10:20)Karin Vercellino
 Coral Adulto Nível 1, 3(10:20)Cibele Sabioni
   
14hCoral Infanto-Juvenil(13:20)Karin Vercellino
 Coral Adulto Nível 3(13:20)Edmo Guimarães
   
16hCoral Infanto-Juvenil(15:20)Karin Vercellino
 Coral Adulto Nível 6(15:20)Edmo Guimarães

Recital gratuito de piano é atração nesta quinta-feira, 2

Apresentação de alunos da classe de aperfeiçoamento será no Salão Villa-Lobos
O Salão Villa-Lobos, equipamento do Conservatório de Tatuí, sedia nesta quinta-feira, 2, recital gratuito de piano. A apresentação será a partir das 19h, à rua São Bento, 415.

O recital reúne alunos do curso de aperfeiçoamento em piano clássico. Sob orientação da professora Marina Camargo, o aluno Daniel Ferreira Duarte apresenta obras de F. Chopin (Estudo op 10 n.1) e Rachmaninoff (Prelúdio op 23 n. 5).

Já Francine Dias, orientada por Cristiane Bloes, apresenta obras de Mouquet (La Flute de Pan – 1 mov), Ronaldo Miranda (Frevo) e Darius Milhaud (Scaramouche / Brasileira) e Khachaturian (Sabre Dance). Fazem participações especiais Milene Dias (piano) e Abner Américo (flauta).

Apoio Cultural – No ano de 2016, o Conservatório de Tatuí orgulha-se em receber apoio cultural da Coop e CCR SPVias.

SERVIÇO
Recital de Piano
Quando: 2 de junho de 2016 . Quinta-feira
Horário: 19h00
Local: Salão Villa-Lobos – Rua São Bento, 415
Entrada franca

Cia. de Teatro destaca texto de Aldomar Conrado em leitura dramática

Atividade gratuita será nesta sexta-feira, 3, na Sala Preta do Conservatório de Tatuí
A Sala Preta do Setor de Artes Cênicas do Conservatório de Tatuí sedia nesta sexta-feira, 3, às 10h, uma leitura dramática. A ação abre temporada do projeto “Realismo Fantástico” da Cia. de Teatro do Conservatório de Tatuí, marcando o início dos preparativos para apresentação do espetáculo “O Apocalipse ou o Capeta de Caruaru”, de Aldomar Conrado.

A leitura dramática reúne atores da Cia. de Teatro do Conservatório de Tatuí e alunos do setor de artes cênicas, sob direção de Dalila Ribeiro e coordenação de Rogério Vianna. A indicação é para maiores de 12 anos. A atividade será à rua 15 de Novembro, 63/65.

A realização da Leitura Dramática busca fomentar a compreensão do texto dramático. Trata-se da primeira fase do projeto “Realismo Fantástico”, objeto de trabalho da companhia, que escolheu esse título diante da pesquisa realizada por meio da obra de Aldomar Conrado na qual a fusão entre a realidade narrativa se mistura com elementos fantásticos e fabulosos, não tanto para reconciliá-los como para exagerar sua aparente discordância. A segunda etapa do projeto será realizada por meio de sarau (agendado para o dia 29 de junho) e a terceira e última, terá início em 23 de setembro com a estreia do espetáculo.

A Cia. de Teatro é integrada por quatro atores e por 15 alunos convidados. No ano passado, o grupo desenvolveu trabalho com obras de Plínio Marcos, que apresentam personagens que se mostram à margem da sociedade. “Em 2016, a pesquisa em torno da temática proposta pela Cia supõe uma noção comum de ‘realidade’, trazendo implícito um questionamento da ‘verdade’”, destaca o coordenador Vianna.

“A ideia da Cia é que, após ter acesso aos personagens marginalizados de Plínio Marcos, agora aprofunde a verdade e o fantástico, não se esquecendo da profissão do ator que busca a reflexão do público e de si mesmo, dentro da coletividade”, afirma ele.

O Realismo Fantástico sempre esteve presente na literatura, mas foi desenvolvida com esplendor na literatura latinoamericana dos anos 60 e 70. Desta forma, o realismo fantástico surge como uma forma de reação, utilizando o elemento mágico como reforço das palavras contrárias aos regimes dos ditadores. Outro aspecto que influenciou o realismo mágico foi a discrepância entre cultura da tecnologia e cultura da superstição que havia na América Latina naquela época.

O texto faz alusão à crítica social política brasileira escrita por Conrado entre os anos de 1967/68, que se apresenta recente no cenário político nacional, porém, a obra do dramaturgo homenageia a cultura nordestina, riquíssima em imaginação e na cultura popular. A obra foi inspirada em dois livros de William Shakespeare: “A Comédia dos Erros” e Macbeth”.