Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

terça-feira, 12 de abril de 2016

Réu é condenado por tentativa de homicídio no Senna Ville em 2015

Mulher é absolvida.

Mauro Fernandes Neto foi condenado à pena de cinco anos e quatro meses de reclusão em regime inicial fechado pela tentativa de homicídio contra Fredes Ferrante, episódio ocorrido no Senna Ville, em Tatuí,  no dia 1 de março de 2015. O julgamento ocorreu nesta terça-feira, 12, pelo Tribunal do Juri da Comarca.

O certo é que Mauro intentou contra a vida de Fredes, desferindo golpes de faca em seu abdômen. Embora tenha o agravante de usar meio que dificultou a defesa da vítima, o réu teve reconhecida a violenta emoção, uma vez que a vítima teria agredido violentamente a cabeça de sua mulher com um pedaço de caibro, tese defendida por sua advogada, Ranuzia Coutinho Martins. A mulher de Mauro, Viviane Cristina de Brito, também foi submetida a julgamento, mas acabou absolvida. Havia a acusação de que ela teria participado das agressões à vítima, fato que negou. Em sua defesa, atuou a advogada Marlene Maria Garcia.  

O motivo do imbróglio é controverso. Mauro e Fredes eram vizinhos e estariam bebendo cerveja e usando drogas minutos antes do acontecido. A versão da acusação diz que a vítima foi agredida por se recusar a acompanhar o réu até uma 'biqueira' para comprar mais entorpecentes. Para a defesa, porém, Mauro agiu para proteger sua mulher Viviane, que estaria sendo agredida por tentar impedir que seu marido saísse para comprar mais bebidas.

A sessão foi presidida pela juíza Mariana Teixeira Salviano da Rocha, auxiliada pela escrevente Vanilda Bastos de Barros e pelos oficiais de justiça Rubens Antônio da Silva e Vilma Domingues de Albuquerque Bueno. A acusação coube ao promotor de justiça Carlos Eduardo Pozzi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário