Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

quinta-feira, 7 de abril de 2016

Camerata de Violões e Grupo de Performance Histórica unem-se para única apresentação

Concerto terá entrada franca no Auditório da Unidade II do Conservatório de Tatuí, dia 13



A Camerata de Violões e o Grupo de Performance Histórica do Conservatório de Tatuí fazem apresentação gratuita no próximo dia 13 de abril (quarta-feira). O concerto será realizado a partir das 17h, no Auditório da Unidade II, à rua São Bento, 415.

Na primeira parte do concerto, apresenta-se o Grupo de Performance Histórica do Conservatório de Tatuí, coordenado por Selma Marino e integrado por ela na flauta doce e pela cravista Maria Eugênia Sacco. O repertório selecionado traz peças do século XVII e XVIII. A Sonata Seconda em Sol menor foi composta pelo Conde U. W. Wassenaer da Holanda, sendo original para flauta doce e baixo contínuo e faz parte de uma coletânea de três sonatas que foram dedicadas ao Duque Friedrich Ludwig von Württemberg por volta de 1714. A Sonata em Sol Maior de W. Croft foi publicada em 1700 por Mr. Walsh & Hare em Londres. A Sonata possui um único andamento – Allegro, que está dividido em seções com variações.

O Grupo de Performance Histórica do Conservatório de Tatuí tem por objetivo a interpretação e a divulgação do repertório dos séculos XVI ao XVIII. É formado por professores e alunos bolsistas de nível avançado e conta também com a participação de músicos convidados conforme o programa a ser apresentado. Dentre seus objetivos está o de resgatar e transmitir não apenas a música, mas a própria visão de mundo do Renascimento e do Barroco. Para tal, busca a maneira mais aproximada ao ideal sonoro da época e utiliza, em suas apresentações, réplicas dos instrumentos utilizados naqueles períodos.

Em seguida, sob coordenação de Edson Lopes, apresenta-se a Camerata de Violões do Conservatório de Tatuí, integrada pelo coordenador e pelos professores Adriano Paes e Ricardo Grion. No repertório, estão obras de Johann Sebastian Bach e Georg Friedrich Händel. O grupo foi formado em 1996 e une professores-monitores e alunos bolsistas, tendo por objetivo fornecer alto aperfeiçoamento artístico aos estudantes.

O primeiro trabalho desenvolvido pela Camerata de Violões do Conservatório de Tatuí foi o projeto “Garoto” e pretendeu difundir as obras deste importante compositor brasileiro, precursor da Bossa Nova. No ano de 1998, o grupo passou a desenvolver frequentemente projetos de pesquisa e divulgação de compositores brasileiros, buscando a promoção da grande diversidade de obras escritas para o universo violonístico.

Sobre o Conservatório de Tatuí – O Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos de Tatuí é uma instituição do Governo do Estado de São Paulo e Secretaria da Cultura do Estado administrado pela Associação de Amigos do Conservatório de Tatuí. Fundado em 1951, é uma das mais importantes ações na área de cultura no país. Oferece formação profissional em música, luteria e artes cênicas. Sua única extensão fora do município de origem é o Polo do Conservatório de Tatuí em São José do Rio Pardo.

Apoio Cultural – No ano de 2016, o Conservatório de Tatuí orgulha-se em receber apoio cultural da Coop e CCR SPVias.

SERVIÇO
Camerata de Violões e Grupo de Performance Histórica do Conservatório de Tatuí
Edson Lopes e Selma Marino, coordenação
Quando: Quarta-feira, 13 de Abril de 2016
Horário: 17h00
Onde: Auditório da Unidade II – Rua São Bento, 808
Grátis!

Nenhum comentário:

Postar um comentário